A infraestrutura baseada em contêineres da Kinsta significa que cada site funcione em um contêiner privado com sua própria crontab. Isto significa que na Kinsta permitimos que nossos usuários adicionem cron jobs reais no servidor para cada site de contêineres.

Se preferir usar o sistema cron integrado no WordPress, veja o nosso artigo sobre como criar e alterar um cron job WordPress.

Como escrever um cron no servidor

Uma tarefa adicionada ao crontab consiste em duas partes:

  1. Uma série de números e asteriscos que definem a frequência com que o cron deve funcionar.
  2. Um comando para ser executado no servidor.

Ao escrever um cron, terá de determinar esses dois fatores: o comando que precisa ser executado e com que frequência ele deve ser agendado.

Se quiser descobrir a sintaxe do crontab, a documentação do crontab do The Open Group é um ótimo lugar para aprender sobre crons e ver alguns exemplos práticos.

Se você tiver escrito o comando que deseja adicionar e preferir usar uma ferramenta gratuita para gerar a sintaxe completa da crontab, há uma variedade de ferramentas on-line que você pode usar para gerar o comando completo na sintaxe adequada da crontab. O Crontab Generator é uma das nossas ferramentas favoritas que podem ser usadas gratuitamente para esse fim.

Como adicionar um cron no servidor

Uma vez que você tenha o cron job pronto para adicionar ao contêiner, você tem duas opções:

  • Adicione você mesmo o trabalho ao crontab.
  • Peça à equipe de suporte da Kinsta para fazer o upload do trabalho para a crontab para você.

Para carregar o trabalho você mesmo, basta acessar seu contêiner do site através do SSH e executar este comando crontab -e. Em seguida, selecione seu editor de texto da sua escolha (selecione nano se você não tiver certeza).

Executar o crontab -e e selecionar seu editor de texto preferido.
Execute crontab -e e depois selecione seu editor de texto preferido.

Por último, cole o comando no final da lista.

Em seguida, feche o arquivo. Ao fechar o arquivo, você verá uma mensagem como esta confirmando que a crontab foi atualizado:

crontab: installing new crontab

Se não se sentir confortável em usar o SSH, só precisa de abrir um ticket de suporte e pedir à equipe de suporte da Kinsta para adicionar o trabalho ao crontab do seu site.

Políticas da Kinsta sobre cron jobs no servidor

    • O suporte da Kinsta para crons no servidor limita-se a enviar o cron job exatamente como você o fornece para o contêiner crontab ou editar os cron jobs de acordo com suas instruções. Se você precisar de assistência para escrever o comando que será executado pela crontab, você precisará trabalhar com um desenvolvedor qualificado para escrever o cron job.
    • O suporte da Kinsta aos crons de servidor se limita ao upload do trabalho cron exatamente como ele é apresentado por você ao container do crontab ou à edição de tarefas agendadas por si estabelecidas. Se você precisar de ajuda para escrever o comando que será executado pela crontab, você precisará trabalhar com um desenvolvedor qualificado para escrever o cron job.
    • O intervalo mínimo para um cron job é de 5 minutos. Por favor, não carregue crons de servidor que funcionarão com mais freqüência do que a cada 5 minutos. Se você pedir a nossa equipe de suporte para adicionar um cron que funcione com mais freqüência do que a cada 5 minutos, sugerimos que você aumente o intervalo para 5 minutos
    • Por favor, não edite ou mova tarefas para a parte superior da crontab. Estas tarefas são acrescentadas por nossa equipe de engenheiros de sistemas e devem permanecer no topo do arquivo.
    • Por favor, adicione seus trabalhos personalizados de cron no servidor ao final do arquivo crontab. Se você adicionar seus trabalhos personalizados de cron no servidor ao topo do arquivo, nossos scripts de manutenção, sistema de atualização ou sistema de backup podem sobrescrever seus trabalhos personalizados de cron no servidor.