O DNS (Domain Name System – Sistema de Nomes de Domínio) é parecido com uma lista telefónica para a world wide web. Cada website e domínio é mapeado como um endereço IP. Quando você digita o Google.com na sua barra de endereços, o DNS executa o mapeamento para você nos bastidores. Sem o DNS, você teria de digitar algo como 216.58.217.206 para chegar no Google. Seria bem divertido, não é mesmo!

Depois temos o cache do DNS. À semelhança do cache no seu site WordPress, o cache do DNS armazena os endereços IP (ou localizações) que você visitou recentemente no seu computador. Se os registros DNS ficarem desatualizados, ou se as coisas forem alteradas no servidor web, talvez seja necessário limpar o cache DNS para ter os registros mais atualizados.

Exemplo do Cache do DNS

Vamos usar um cenário que realmente aconteceu recentemente connosco no site de um cliente. O cliente subitamente reclamou que as suas imagens e CSS/Javascript não estavam sendo carregados no site. Com a gente, o site estava carregando normalmente e eles nos garantiram que não haviam feito qualquer mudança recentemente. Quando inspecionámos o site com o ChromeDevtools, notámos que tudo no subdomínio CDN (cdn.domain.com) não estava carregando corretamente, mas sim reportando o erro 404.

Então, primeiro fizemos ping ao subdomínio do CDN para ver se ele estava acessível para nós. A resposta foi positiva. Depois, corremos o URL do CDN através da ferramenta gratuita whatsmydns. Isso permite que você rapidamente verifique a resolução nos registros DNS (como o CDN CNAME) a partir de várias localizações geográficas. Queríamos garantir que tudo estava certo, para lá da nossa localização física, e que o problema apontava para o provedor de CDN. E, sim, apontava.

Resolução do CNAME do whatsmydns

Resolução do CNAME do whatsmydns

Depois de investigarmos, confirmámos a existência de uma pequena alteração no provedor DNS, cujo cache estava ainda do lado do cliente Então, sabendo disso, o cliente limpou o cache DNS localmente no computador, atualizou a página e tudo começou a ser carregado novamente no seu site WordPress. Verifique as etapas abaixo para limpar o cache DNS no seu computador.

Limpar o Cache do DNS do Windows

Para limpar o cache do DNS no Windows, siga as etapas abaixo.

Passo 1

Inicie o menu Iniciar carregando na tecla Windows, procurando por “CMD”. Isso deve abrir a linha de comando.

Linha de comando do Windows

Linha de comando do Windows

Passo 2

Na linha de comando, execute o seguinte comando:

ipconfig /flushdns
ipconfig flush dns

ipconfig /flushdns

Passo 3

Depois verá uma confirmação de que ele limpou com êxito o cache de resolvedor de DNS.

flushed dns resolver cache

Flushed DNS resolver cache

Limpar Cache do DNS no Mac

Para limpar o cache do DNS em um Mac, siga as etapas abaixo.

Passo 1

Clique em “Ir” na barra de ferramentas e depois em “Utilitários”. (Shift-Command-U)

Utilitários Mac

Utilitários Mac

Passo 2

Abra o terminal.

Lutando com tempo de inatividade e problemas no WordPress? Kinsta é a solução de hospedagem projetada para economizar seu tempo! Confira nossos recursos
Terminal Mac

Terminal Mac

Passo 3

Execute o seguinte comando. Você necessitará de permissões de acesso de administrador para fazer isso.

sudo killall -HUP mDNSResponder && echo macOS DNS Cache Reset
Limpar cache do DNS no Mac

Limpar cache do DNS no Mac

Após limpar o cache do DNS, pode tentar entrar novamente no domínio ou site que estava tendo problemas.

Limpar Cache do DNS no Chrome

Se continuar tendo problemas com uma resolução de domínio ou IP, poderá também tentar limpar o cache DNS no Chrome, que é diferente do cache do DNS local.

Passo 1

Introduza isso na barra de endereço do Chrome e clique “Enter”.

chrome://net-internals/#dns
Rede interna do CHrome

Rede interna do CHrome

Passo 2

Clique em “Limpar cache do host”.

Limpar o cache do host no Chrome

Limpar o cache do host no Chrome

Tutorial recomendado: Como Limpar o Cache do Navegador para Todos os Principais Navegadores

9
Shares