Está tendo dificuldade para responder à pergunta “o que é uma taxonomia” e como ela se aplica ao seu site WordPress? As taxonomias são uma parte importante da categorização do conteúdo do seu site WordPress, mas muitas vezes esse termo confunde quem está começando, já que “taxonomia” não é uma palavra que a maioria ouça no dia-a-dia. Então… o que é uma taxonomia? E, melhor ainda, por que você deve se preocupar com taxonomias no seu site WordPres? Bom, vamos descobrir…

O Que É Uma Taxonomia?

Está tendo dificuldade para responder à pergunta “o que é taxonomia” e como ela se aplica ao seu site WordPress? As taxonomias são uma parte importante da categorização do conteúdo do seu site WordPress, mas muitas vezes esse termo confunde quem está começando, já que “taxonomia” não é uma palavra que a maioria ouça no dia-a-dia. Então… o que é taxonomia? E, melhor ainda, por que você deve se preocupar com taxonomias no seu site WordPres? Bom, vamos descobrir…

O que é Taxonomia? As Taxonomias São Úteis

Da forma mais lata, as taxonomias WordPress são somente uma forma de agrupar publicações relacionadas (ou outras partes do conteúdo). E pronto! Embora seja uma palavra grande, não é tão complicada quanto parece.

Por exemplo, se tiver um blog sobre esportes, poderá criar taxonomias para diferentes esportes (futebol, basquete, críquete, etc.) e atribuir publicações relevantes a cada taxonomia.

As taxonomias são úteis já que torna mais fácil para os leitores encontrar conteúdo relacionado (e fornecem também algum contexto ao seu conteúdo, apesar de essa ser uma vantagem secundária).

Pense nessa possibilidade – se alguém que visita o site de esportes do exemplo acima estiver somente interessado em conteúdo sobre basquete, não será muito útil permitir que eles cliquem rapidamente em uma taxonomia para exibir apenas conteúdo relacionado com basquete? Isso é muito melhor do que ser obrigado a navegar toneladas de conteúdo sobre críquete, certo?

Se pensar sobre isso, verá que encontra taxonomias em toda a sua vida digital, mesmo que não as conheça por esse nome. Por exemplo, se visitar a Amazon, você vai achar útil clicar rapidamente na taxonomia Televisão & Vídeo em vez de pesquisar milhões de produtos diferentes na Amazon.

Que Tipos de Taxonomias o WordPress Oferece por Padrão?

O WordPress normalmente inclui dois tipos de taxonomias viradas para o público:

  • Categorias
  • Tags

Encontrará essas taxonomias no lado direito do Editor WordPress:

Taxonomias no Editor WordPress

Taxonomias no Editor WordPress

Pode adicionar taxonomias diretamente no Editor WordPress. Ou pode sempre adicionar ou editar taxonomias (incluindo links permanentes), passando o mouse sobre a opção Publicações na barra lateral do painel, selecionando Categorias ou Tags.

Como gerenciar taxonomias

Como gerenciar taxonomias

Qual é a Diferença Entre Categorias e Tags?

Acima, se olhar para a tela do WordPress Editor, verá que a interface para adicionar categorias e tags é ligeiramente diferente.

Com as categorias, o WordPress lista todas as categorias que você usou, enquanto a interface de tags inclui apenas uma caixa para adicionar tags.

Aliás, existem algumas razões que justificam haver uma interface diferente para cada opção. Vejamos isso em maior detalhe…

Primeiro, cada publicação que você escreve precisa de uma categoria. As tags, por outro lado, são totalmente opcionais. Uma vez mais:

  • Categoria – Obrigatória
  • Tag – Opcional

As categorias são hierárquicas e as tags não. Hierarquia apenas significa que você pode adicionar subcategorias dentro de categorias-pai. Assim, pode colocar categorias dentro de outras, mas não pode fazer isso para tags.

Quando Deve Usar Categorias vs Tags?

Usar categorias ou tags depende principalmente do âmbito pretendido para a taxonomia. As categorias têm como objetivo agrupar amplamente o conteúdo. É bastante comum ter menos de 10 categorias principais em todo o site. Muitos sites usam até menos de 5 categorias!

Por outro lado, as tags podem ser muito limitadas, sendo aplicadas apenas a uma publicação específica. Encontrará muitos sites usando centenas de tags diferentes em todas as suas publicações.

Regressemos ao website de esportes para ilustrar esse conceito. Vamos partir do princípio que você escreveu um artigo sobre o Michael Jordan. Aqui fica um exemplo de algumas taxonomias que poderia usar:

  • Categoria: Basquete (amplo)
  • Tags: Michael Jordan, Chicago Bulls (limitada e específica para a publicação)

Pode Atribuir Múltiplas Categorias a uma Publicação?

Sim, pode atribuir várias categorias a uma publicação. Por isso, essa é uma melhor pergunta, “deve atribuir várias categorias a uma publicação?”. A resposta é um pouco mais obscura …

Encontrará argumentos nas duas vertentes da questão.

Desde que seja algo ocasional, é improvável que o uso de várias categorias para uma publicação provoque danos graves. Mas, se precisar de atribuir várias categorias a quase todas as publicações, talvez deve considerar se o sistema de categorias está sendo excessivamente restrito.

As possíveis soluções incluem a mudança de categorias mais restritas para subcategorias de uma categoria ou tags mais amplas (dependendo de quão restrita é a categoria).

Como Exibir Taxonomias do WordPress No Seu Site

Devido aos widgets WordPress, é fácil exibir suas tags e categorias no front-end de seu site.

Para fazer isso, só precisa ir em Aparência → Widgets e arrastar os widgets Categorias e Nuvem de Tags:

Utilizando widgets para mostrar suas taxonomias

Utilizando widgets para mostrar suas taxonomias

Melhorar a Categorização com Taxonomias Personalizadas

Apesar de a instalação padrão do WordPress configurar duas taxonomias diferentes, você não está limitado a usar apenas categorias e tags. Através da magia de algo conhecido como taxonomias personalizadas, pode criar um número ilimitado com suas próprias taxonomias.

Pode estruturar suas taxonomias personalizadas, como categorias ou tags. Saiba que a principal diferença é que as categorias são hierárquicas (também podem ter subcategorias), enquanto as tags não.

As suas taxonomias personalizadas podem ter qualquer justificação. Por exemplo, se tiver um site WordPress sobre livros, pode criar taxonomias personalizadas para:

  • Autor
  • Gênero

Assim, os seus leitores poderão encontrar facilmente conteúdo relacionado com seus autores e gêneros favoritos.

Como Criar Sua Própria Taxonomia Personalizada no WordPress

Criar sua própria taxonomia é mais fácil do que imagina. Como acontece normalmente com o WordPress, pode fazer isso:

  • Com a ajuda de um plugin
  • Manualmente, com seu próprio código

Em relação ao plugin, existem várias opções diferentes, e algumas das mais conhecidas são:

Criando uma taxonomia personalizada com o Custom Post Type UI

Criando uma taxonomia personalizada com o Custom Post Type UI

Na opção manual, pode usar a função register_taxonomy(). Para analisar detalhadamente essa função, pode ler a página detalhada do WordPress Codex.

Normalmente, um webmaster casual tem muito mais facilidade em usar um dos plugins mencionados. Todos os três plugins são conhecidos, com bom suporte e são fáceis de usar.

Após adicionar uma taxonomia personalizada através de um dos métodos supracitados, verá ela como uma nova caixa no editor WordPress:

Como a taxonomia personalizada é exibida no back-end

Como a taxonomia personalizada é exibida no back-end

13
Shares