Quando se trata de desempenho do WordPress, esta questão surge muito pouco que é como remover “query strings” de recursos estáticos. Seus arquivos CSS e JavaScript geralmente têm a versão do arquivo no final das suas URLs, como domain.com/style.css?ver=4.6. Alguns servidores e servidores proxy são incapazes de colocar query strings em cache, mesmo se o cabeçalho cache-control:public estiver presente. Então, removendo-os, você pode melhorar seu cache. Isso irá corrigir aqueles avisos que você vê no Pingdom e GTMetrix chamado de ” Remove query strings from static resources.”

Remover query strings de recursos estáticos

Remover query strings de recursos estáticos

Importante: lembre-se de que as strings de consulta geralmente estão lá por um motivo. O controle de versão em arquivos é usado por desenvolvedores do WordPress para solucionar problemas de armazenamento em cache. Por exemplo, se eles enviarem uma atualização e alterarem style.css de? Ver = 4.6 para? Ver = 4.7, ela será tratada como um URL completamente novo e não será armazenada em cache. Se você remover as strings de consulta e atualizar um plug-in, isso poderá fazer com que a versão em cache continue sendo veiculada. Em alguns casos, isso pode interromper seu site até que o recurso em cache expire ou o cache seja completamente liberado.

Strings de consulta também usadas para organização em fluxos de trabalho de desenvolvimento.

Remover Query String de Recursos Estáticos

Existem muitas maneiras diferentes que você pode remover Query Strings. A primeira é com um plugin WordPress e outro é via código. Se você está usando um CDN para entregar seus recursos, isso pode não ser necessário, pois um provedor CDN na verdade tem a capacidade de colocar query strings em cache. Verifique com o seu provedor de hospedagem e com o provedor CDN antes de implementar o seguinte e ver se eles podem colcar query strings em cache. O CDN do Kinsta armazena em cache as cadeias de consulta.

  1. Removendo Query String de Recursos Estáticos Usando Plugin
  2. Removendo Query Strings de Recursos Estáticos Usando Código

1. Removendo Query String de Recursos Estáticos Usando Plugin

Uma das maneiras mais fáceis de remover strings de consulta de recursos estáticos no WordPress é usar o plugin gratuito Remove Query Strings From Static Resources.

Remove Query Strings From Static Resources

Remove Query Strings From Static Resources

Até o momento o plugin tem mais de 10.000 instalações ativas com uma classificação de 4.5 de 5. O plugin remove query strings, tal como “?” ou “&” em seus URLs de todos os seus recursos estáticos, como CSS e JavaScript. Você pode baixar o Remove Query Strings From Static Resources direto do site WordPress ou pesquisar em seu painel do WordPress em plugins, “Add New”. O melhor de tudo é que não há configuração necessária, basta somente instalar. Certifique-se de limpar o seu cache após a instalação para ver as alterações. Você pode ver antes e depois abaixo.

Com Query Strings (Antes do plugin)

Aqui está um exemplo de scripts que carregam com strings de consulta.

Solicitações com Query strings

Solicitações com Query strings

Sem Query Strings (após o plugin)

Aqui está um exemplo de scripts depois de ter removido as strings de consulta.

Solicitações sem query strings

Solicitações sem query strings

Outra alternativa de plugin que também é popular é o plugin grátis Remove Query Strings From Static Resources. Até o momento o plugin tem mais de 90.000 de instalações ativas com uma classificação 4,6, numa escala que vai até 5. Você não precisa executar tanto o plugin citado acima quanto este, apenas um ou outro, pois eles fazem praticamente a mesma coisa.

E uma alternativa final seria usar o plugin premium perfmatters  (desenvolvido por um membro da equipe da Kinsta), que permite remover query strings de recursos estáticos com um clique. Ele também permite a você implementar facilmente outras otimizações para seu site WordPress que funciona juntamente com seu plugin de cache atual.

Remover query strings com o plugin perfmatters

Remover query strings com o plugin perfmatters

2. Removendo Query Strings de Recursos Estáticos Usando Código

Uma das maneiras mais fáceis de remover Query Strings de recursos estáticos no WordPress é usando o plugin Query Strings Remover.

Importante! Editar o código-fonte de um tema do WordPress pode quebrar seu site se não for feito corretamente. Se você não estiver confortável fazendo isso, por favor, verifique com um desenvolvedor primeiro.
function _remove_script_version( $src ){ 
$parts = explode( '?', $src ); 	
return $parts[0]; 
} 
add_filter( 'script_loader_src', '_remove_script_version', 15, 1 ); 
add_filter( 'style_loader_src', '_remove_script_version', 15, 1 );

E se tudo correr bem, você não deve mais ver um aviso sobre as strings de consulta nas ferramentas de teste de velocidade do site, como o Pingdom (como visto abaixo).

Aviso de query strings em recursos estáticos removido

Aviso de query strings em recursos estáticos removido

269
Shares