Rafal Funchal é desenvolvedor Back End e Front End com mais de 10 anos de experiência no desenvolvimento de projetos web como: sites, e-commerces, blogs, landing pages, portais, banners, e-mails marketing e SEO.

Pode entrar em contato com ele via Twitter.

Se você gosta de entrevistas, não deixe de conferir nossa série Kinsta Olá para mais!

P1: Qual é o seu histórico, e como você se envolveu com o WordPress?

Tenho um histórico com formação bem diversa. Sou técnico em Contabilidade e Mecatrônica e graduado em Publicidade e Propaganda, porém, acabei migrando para TI por gostar de tecnologia e desenvolvimento.

Trabalho com WordPress desde meados de 2008 quando comecei a migrar alguns sites da agência em que trabalhava de ASP para PHP e decidi usar o WordPress como gerenciador de conteúdo. Na época meu foco ainda era maior em Design já que eu vinha de diagramação de revistas e fiquei bem impressionado com a facilidade de edição que o WordPress já proporcionava.

Rafael Funchal

P2: O que os leitores devem saber sobre todas as coisas que você faz no WordPress atualmente?

Atualmente trabalho com suporte na Automattic (empresa por trás do WordPress.com, WooCommerce, Jetpack e outras). Além disso, gosto de dedicar uma parte do dia para traduzir temas, plugins e aplicativos do WordPress para Português para facilitar o uso de todos.

P3: Quais desafios você enfrentou para chegar onde está agora profissionalmente?

Não lembro exatamente o mês mas, no começo de 2011, eu estava voltando a pé da Avenida Paulista depois de uma reunião até em casa (cerca de 23 Km) por estar sem dinheiro para pagar a passagem de volta. Usei essas 3:30h de caminhada para repensar minha carreira.

P4: Alguma coisa te surpreendeu ao entrar no mundo WordPress?

O que mais me impressionou foi a facilidade para gerenciar conteúdo.

Na época – lá em 2008 –  a agência em que eu trabalhava era refem de um CMS desenvolvido por outra empresa e cada pedido de alteração era uma burocracia tremenda. Depois de migrar os sites para o WordPress, tudo ficou mais simples.

P5: Como é o futuro para você no mundo WordPress?

O futuro do WordPress é grandioso em minha opinião. Acredito que veremos cada vez mais sistemas (não apenas sites) usando o WordPress como gerenciador de conteúdo e consumindo o conteúdo por APIs.

O editor de blocos – lançado em Dezembro de 2018 com a versão 5.0 do WordPress –  também é algo que me anima bastante.

site do rafael

P6: O que você procura em um host do WordPress?

Facilidade de configuração seja com painéis ou com acesso SSH é algo bem importante. Assim você consegue configurar o servidor da maneira que quiser para acompanhar os requisitos do WordPress ou outro projeto que esteja usando.

Outros pontos bem interessantes para analisar também são velocidade de resposta do servidor e em quanto tempo problemas enviados à equipe de suporte são solucionados.

P7: O que você gosta de fazer quando está longe do seu laptop/notebook?

Ciclismo e música estão no topo da minha lista 🙂

P8: Quem devemos entrevistar em seguida e por quê?

O Daniel Kossmann tem uma bagagem bem legal para compartilhar e , há alguns meses atrás, iniciou o projeto (Painel WP) para compartilhar novidades do mundo WordPress.

0
Shares