Nas redes de computadores, “localhost” diz respeito ao computador em que um determinado programa está sendo executado. Por exemplo, se você estiver executando um programa no seu próprio computador (como um navegador web ou um ambiente de desenvolvimento web local), seu computador será o “localhost”. Por outro lado, se estivermos falando sobre uma base de dados MySQL que se situa no servidor web do seu host, então o servidor web do seu host é o “localhost”.
Dito de uma forma mais simples, pode encarar o localhost como “esse computador”. Você só precisa lembrar que “esse computador” se aplica ao programa, não necessariamente ao computador que você está usando fisicamente.

De um ponto de vista mais técnico, o localhost geralmente resolve o endereço IP 127.0.0.1, conhecido como endereço loopback. Devido à sua importância, o termo “localhost” é um nome de domínio reservado. Isso significa que, para evitar confusões, é impossível registrar um nome de domínio que contenha “localhost” no nível superior ou no segundo nível.

2 Situações Comuns Onde Encontrará o Localhost Com o WordPress

Existem duas áreas onde provavelmente encontrará o termo localhost associado ao WordPress:

  • Desenvolvendo/testando sites WordPress em um ambiente local
  • Estruturando/configurando o acesso à base de dados do seu site WordPress

Primeiramente, muitos desenvolvedores WordPress criam algo conhecido como “ambiente de teste local” para construir sites WordPress. De uma forma simples, esse ambiente imita um site ao vivo, mas fica apenas limitado ao próprio computador do usuário.

Tendo em conta que o site apenas existe no localhost, é fácil para os desenvolvedores testarem as coisas sem receio de quebrar algo em um site ao vivo que possa estar recebendo tráfego externo. Quando o site estiver concluído, os desenvolvedores poderão mover o site do ambiente localhost para um ambiente de servidor ativo.

Além do desenvolvimento e testes WordPress, também pode encontrar o termo localhost se estiver inserindo ou editando manualmente as credenciais da base de dados do site WordPress. Isso pode acontecer quando você está editando seu arquivo wp-config.php ou trabalhando com um plugin.

Abaixo saberá um pouco mais sobre cada situação…

Como Instalar Localmente o WordPress (Seu “Localhost”)

Existem várias ferramentas gerais e específicas WordPress que pode usar para criar um ambiente de desenvolvimento WordPress local. Com qualquer uma, basicamente você cria um servidor web independente no seu próprio computador. Eis algumas das ferramentas de desenvolvimento local mais comuns para WordPress:

Com todas essas ferramentas, primeiro terá de instalar e configurar a ferramenta para criar seu ambiente local. De forma simples, isso é um servidor web localhost (ou seja, é um servidor web em execução no “seu computador”). Assim que o ambiente do seu servidor local estiver em execução, pode instalar o WordPress nele como se estivesse em seu host. Algumas ferramentas, como o DesktopServer, incluem também mecanismos internos para instalar rapidamente o WordPress.
Poderá entrar no seu site WordPress local ao digitar “localhost” na barra de endereços do seu navegador:

Um exemplo de um ambiente de desenvolvimento local

Um exemplo de um ambiente de desenvolvimento local

Qual A Razão Para A Sua Base de Dados WordPress estar no Localhost na Maioria das Situações

Como aprendeu no início desse artigo, “localhost” simplesmente significa o computador no qual um programa está sendo executado.

Eis a razão pela qual isso é importante para a base de dados do seu site WordPress:

Em 99% das situações, a base de dados do seu site WordPress estará localizado no mesmo servidor que o resto dos arquivos do seu site WordPress. Como consequência, sempre que estiver editando seu arquivo wp-config.php ou quando um plugin solicitar seu “nome de host MySQL” ou “host MySQL”, você pode simplesmente digitar “localhost”.

Por exemplo, eis o aspeto da entrada DB_HOST no arquivo wp-config.php para uma instalação WordPress na Kinsta:

Localhost no seu arquivo wp-config.php

Localhost no seu arquivo wp-config.php

De forma semelhante, se você estiver usando um plugin como o Duplicator, a fim de migrar seu site WordPress, só precisará digitar “localhost” quando o plugin solicitar o valor do Host para sua base de dados:

Utilização do localhost no plugin Duplicator

Utilização do localhost no plugin Duplicator

Nessas situações, você está basicamente dizendo ao WordPress (ou a um plugin WordPress) para procurar pela base de dados no mesmo servidor onde o WordPress está localizado. Apesar de ser improvável que você encontre o termo localhost diariamente, a menos que seja desenvolvedor, ele é útil para saber como o localhost está relacionado com o WordPress.

Lembre-se – para lembrar facilmente o que é o localhost, pense em frases como “esse computador” ou “o computador em que esse programa está sendo executado”. É bem simples!

10
Shares