Algumas pessoas podem preferir migrar seus sites por conta própria, seja por questões de dados sensíveis ou por querer que isso seja feito instantaneamente, ao invés de coordenar uma migração conosco. Para migrar seu site para Kinsta, recomendamos que utilize o plugin WordPress gratuito Duplicator e é por isso que criamos esse guia detalhado para você.

Entretanto, note que o Duplicator pode não ser totalmente compatível com alguns sites WordPress. Nossa equipe de suporte está sempre à disposição para ajudar com dúvidas sobre migrações, mas não poderá auxiliar em uma migração malsucedida após ela ocorrer, pois isso está fora do escopo de nosso suporte.

Todos os nossos planos incluem uma ou mais migrações gratuitas. Se você está preocupado com a integridade de seus dados, recomendamos que use nossa equipe profissional de migração. Migrações adicionais podem ser adquiridas por uma taxa de US$100 e também oferecemos opções de valores para migrações em massa.

Visão Geral da Migração com Duplicator

O Duplicator gera dois arquivos: um zip que contém todos os arquivos + banco de dados e o installer.php, que pode ser usado para restaurar o site a partir do conjunto de arquivos.

Após ter gerado o conjunto e feito o download do arquivo zip e do installer.php, basta fazer o upload de ambos para o seu novo site na Kinsta e executar o installer.php, acessando-o através da sua URL Kinsta temporária.

Em seguida, o Duplicator conduzirá você pelo processo de restauração. Durante esse procedimento, você será questionado sobre as informações de conexão ao novo banco de dados. Copie e cole os detalhes de acesso do banco de dados que podem ser encontrados na aba Informação (Info) do site em seu painel MyKinsta.

O Duplicator atualizará seu arquivo wp-config.php e substituirá as URLs presentes no banco de dados com sua URL Kinsta temporária (como exemplo.kinsta.com). Substituir as URLs permitirá que você teste seu site hospedado na Kinsta sem realmente apontar seu site para nós. (Faremos isso no final do processo, quando você tiver confirmado que o site foi migrado sem nenhum problema e poderemos reverter a substituição da URL temporária por sua URL real no banco de dados).

Preparando-se Para a Migração

Migrando um Multisite

Se você estiver migrando uma rede WordPress Multisite, existem alguns detalhes que devem ser levados em consideração. Se a migração for de um multisite em um subdiretório, precisará entrar em contato com o suporte da Kinsta para que a configuração Nginx necessária seja habilitada.

Também recomendamos que revise a documentação do plugin WordPress Duplicator para fazer a migração de um Multisite WordPress. Além das etapas adicionais observadas na documentação do Duplicator, os passos abaixo também são aplicados.

Crie um Backup em sua Hospedagem Atual

Se sua empresa atual de hospedagem na web oferece uma forma de criar um backup completo do site, faça-o antes de prosseguir com a migração. O processo em si não deve ter nenhum efeito sobre seu site que está no ar, mas não custa nada criar um backup antecipadamente, afinal ser precavido é sempre uma boa ideia.

Se a sua empresa atual de hospedagem na web não oferece uma opção de criar um backup completo do site, ignore esse passo e prossiga.

Crie o Site na Kinsta

Crie um novo site em sua conta na Kinsta para essa migração. No painel MyKinsta, selecione Sites → Adicionar Site (Add Site) e certifique-se de escolher a opção “Não instalar WordPress” (“Don’t install WordPress”). (Migraremos seu site que já existe em WordPress, portanto não há necessidade de fazer a instalação do WordPress novamente).

Importante: Não selecione a opção “Domínio personalizado” (“Custom domain”).

Crie um site na Kinsta

Crie um site na Kinsta

Criando o Conjunto de Arquivos

O próximo passo é criar um conjunto de arquivos do seu site atual usando o plugin Duplicator. Nesta seção, instalaremos o plugin WordPress Duplicator em seu site, criaremos um pacote que incluirá todos os seus arquivos e banco de dados e faremos seu download juntamente com o arquivo installer.php.

Desabilite os Plugins de Cache

Cache pode causar problemas durante as migrações, portanto é melhor desabilitar todos os plugins de cache (como Autoptimize, W3 Total Cache, entre outros) antes de criar o conjunto de arquivos que você transferirá para a Kinsta. Temos uma lista de plugins banidos que você pode analisar.

Instale e Ative o Plugin Duplicator

No painel WordPress do website que você deseja migrar, vá até Plugins → Adicionar novo e pesquise por “Duplicator”. Instale e ative o “Duplicator – WordPress Migration Plugin”.

Instale o plugin WordPress Duplicator

Instale o plugin WordPress Duplicator

Crie o Conjunto de Arquivos do Site

Após ativar o plugin Duplicator, vá até Duplicator → Pacotes (Packages) e clique no botão Criar Novo (Create New) para criar um pacote de conjunto de arquivos.

Siga as instruções ao longo das três etapas para criar o pacote. Na maioria dos casos, basta usar as configurações padrão.

Crie um novo pacote com o Duplicator no WordPress

Crie um novo pacote com o Duplicator no WordPress

Faça o Download do Conjunto e do Arquivo de Instalação

Após o pacote de conjunto de arquivos ser criado, faça o download dele e do arquivo de instalação para o seu computador local. Você precisará fazer o upload de ambos para o seu novo site na Kinsta no próximo passo.

Faça o download do conjunto de arquivos e do arquivo de instalação

Faça o download do conjunto de arquivos e do arquivo de instalação

Restaurando o Conjunto de Arquivos

Transfira o Conjunto de Arquivos e o Arquivo de Instalação Para a Kinsta

O próximo passo é fazer o upload do pacote do conjunto de arquivos e o arquivo de instalação para seu novo site na Kinsta através de SFTP (veja como usar SFTP). Carregue ambos no diretório public/. O diretório public/ deve estar vazio. Se ele não estiver, talvez você já possua uma instalação WordPress neste site e deverá removê-la antes de fazer o upload e restaurar o conjunto de arquivos.

Upload do conjunto de arquivos e do arquivo de instalação para o servidor (via SFTP)

Upload do conjunto de arquivos e do arquivo de instalação para o servidor (via SFTP)

Restaure o Conjunto de Arquivos

Após fazer o upload do conjunto de arquivos e do arquivo de instalação, você poderá executar o instalador do Duplicator, acessando o arquivo installer.php em seu navegador, usando a URL Kinsta temporária. Você encontrará sua URL Kinsta temporária na aba Domínios (Domains) do seu site, no painel MyKinsta.

Neste exemplo, a URL temporária é exemplo.kinsta.com, portanto a URL do arquivo de instalação que precisamos visitar é http://exemplo.kinsta.com/installer-php.

Plugin WordPress Duplicator: instalação

Plugin WordPress Duplicator: instalação

No passo 2 do processo do Duplicator, assegure-se de inserir as informações do banco de dados para o seu novo site na Kinsta. Você encontrará os detalhes de acesso ao banco de dados para o seu site na Kinsta na aba Informação (Info) em seu painel MyKinsta.

Detalhes de acesso ao banco de dados na Kinsta

Detalhes de acesso ao banco de dados na Kinsta

Use o botão Testar Conexão (Test Connection) para confirmar que você inseriu as informações corretas de acesso ao banco de dados no formulário do Duplicator antes de prosseguir com a restauração, clicando no botão Próximo (Next).

Plugin WordPress Duplicator: instalação do banco de dados

Plugin WordPress Duplicator: instalação do banco de dados

No passo 3 do processo do Duplicator, o plugin atualizará o banco de dados para usar a URL Kinsta temporária. Essa etapa garante que você consiga fazer login e testar o site quando a migração estiver concluída. Se seu site existente estiver usando SSL (HTTPS), certifique-se de que a URL temporária no campo URL seja atualizada para incluir https://.

Plugin WordPress Duplicator: atualização de dados

Plugin WordPress Duplicator: atualização de dados

Após finalizar o processo do Duplicator, clique no botão Site Login para entrar em seu site.

Plugin WordPress Duplicator: testar site

Plugin WordPress Duplicator: testar site

Importante: Certifique-se de que a página de login que você será redirecionado inclua a URL Kinsta temporária, não a URL real do seu site. Se ela apresentar a URL do site que está no ar, é provável que seu banco de dados migrado contenha referências ao site real que deverão ser substituídas manualmente.

Login na URL Kinsta temporária

Login na URL Kinsta temporária

Se tudo foi feito corretamente, você deverá visualizar uma mensagem que indica o sucesso na migração quando fizer login no painel.

Migração bem-sucedida com o Duplicator no WordPress

Migração bem-sucedida com o Duplicator no WordPress

Limpe o Conjunto de Arquivos

Após finalizar a restauração do site na Kinsta, é recomendável remover o conjunto de arquivos e o arquivo de instalação gerados pelo Duplicator, por questões de segurança. Se você preferir não excluí-los, pode movê-los do diretório public/ para o diretório private/. Os seguintes arquivos devem ser excluídos ou retirados do diretório public:

  • installer-backup.php
  • php
  • sql
  • installer-data.sql
  • *_archive.zip

Visualizando Seu Site Antes de Atualizar o DNS

Até este momento do processo de migração, você deve ser capaz de navegar e testar seu site usando a URL Kinsta temporária (como http://exemplo.kinsta.com/).

O próximo passo será testar seu site usando o domínio real (como http://exemplo.com/). Isso envolve duas etapas: adicionar as versões www e sem www do domínio do site no painel MyKinsta e apontá-lo para o IP da Kinsta em seus arquivos de hospedagem locais.

Passo 1: Adicionar Domínios na Kinsta

Para que o servidor web Nginx reconheça seus domínios, você deve adicioná-los na aba de domínios do site. Se você visualizar uma mensagem sobre “Nenhum site para este domínio” (“No site for this domain”), saiba que este é um indicativo de que o servidor não reconhece o domínio em questão.

Na aba Domínios (Domains) do site, adicione tanto a versão com www quanto a sem www do domínio na lista (por exemplo, tanto www.exemplo.com quanto exemplo.com) e defina a que preferir como Domínio Primário.

Domínios na Kinsta

Domínios na Kinsta

Passo 2: Atualize as URLs no Banco de Dados

Em seguida, você precisará fazer uma busca e substituição no seu banco de dados do WordPress para garantir que o domínio real seja utilizado para seu site, não o domínio Kinsta temporário.

Existem várias formas de fazer uma Busca e Substituição no banco de dados do WordPress, mas recomendamos que utilize a ferramenta Busca e Substituição (Search and Replace) disponível no painel MyKinsta, na aba de Ferramentas (Tools) do site. Para obter instruções, veja como realizar uma busca e substituição no WordPress

Busca e substituição no WordPress

Busca e substituição no WordPress

Passo 3: Se Seu Site Usa SSL (HTTPS)

Se seu site está usando SSL (HTTPS), é importante notar que não será possível visualizá-lo em HTTPS através do domínio real até que você instale um certificado SSL Personalizado no site que está na Kinsta ou aponte o DNS do domínio para o endereço IP da Kinsta, para que você possa gerar um certificado SSL Let’s Encrypt gratuito. Criar um certificado SSL Let’s Encrypt gratuito requer que seu domínio esteja apontando para o endereço IP da Kinsta.

Se você possui um certificado SSL Personalizado com os arquivos .crt e .key, poderá fazer sua instalação na aba de Ferramentas (Tools), na opção Habilitar HTTPS (Enable HTTPS), e isso permitirá que você visualize o site em SSL através do método descrito na próximo passo.

Se seu site atual utiliza um certificado Let’s Encrypt, você precisará gerar um certificado Let’s Encrypt junto à Kinsta. Entretanto, para fazer sua criação, é necessário que seu domínio esteja apontando para o endereço IP da Kinsta, o que não poderá ser feito até que você tenha testado seu site.

Se você não possui um certificado SSL Personalizado e não pode gerar um certificado SSL Let’s Encrypt, há duas opções. A primeira é seguir em frente e atualizar o DNS para que aponte para o endereço IP da Kinsta. Entretanto, note que após atualizar o DNS, os visitantes receberão um aviso SSL até que o DNS tenha se propagado e o certificado Let’s Encrypt tenha sido gerado.

Se o seu site possui um serviço de proxy ou WAF como Cloudflare ou Sucuri, você também deverá seguir os passos adicionais recomendados para emitir um certificado Let’s Encrypt.

A segunda opção é executar uma busca e substituição para atualizar as URLs no banco de dados para que utilizem http:// no carregamento do site, ao invés de https://. Assim, você pode atualizar o DNS, gerar o certificado SSL Let’s Encrypt e, por fim, executar uma segunda busca e substituição para trocar novamente os domínios para https://.

Passo 4: Atualizando Seu Arquivo de Hospedagem Local

Após seu banco de dados do WordPress ser atualizado com o domínio correto, você pode apontar o domínio para o endereço IP da Kinsta para o site que estiver usando seu arquivo de hospedagem local.

If after updating your local hosts file you’re still seeing the domain pointing to the original web host, please try clearing your local DNS cache and your browser cache:

Atualizando o DNS

Quando você estiver pronto para apontar seu domínio para Kinsta, precisará atualizar seu DNS para que ele aponte para o endereço IP da Kinsta. Veja este artigo:

Instalando o MU-Plugin da Kinsta

Nosso Kinsta MU-plugin da Kinsta é automaticamente instalado em novas instalações WordPress realizadas aqui na Kinsta. Entretanto, como você migrou seu site por conta própria, precisará fazer o download e instalação do MU-plugin da Kinsta manualmente. Isso inclui nosso cache de página inteira e outras funcionalidades, como a capacidade de implementar a CDN da Kinsta.

Passo 1: Faça o Download e Descompacte o Plugin

Primeiro, faça o download do MU-Plugin da Kinsta e o descompacte.

Passo 2: Faça o Upload Para o Site

Em seguida, você precisará se conectar ao seu site via SFTP e fazer o upload da pasta  kinsta-mu-plugins e kinsta-mu-plugins.php para o diretorio /wp-content/mu-plugins/.

Pasta mu-plugins

Pasta mu-plugins

Se o diretorio /wp-content/mu-plugins/ não existir, crie-o primeiro e depois solte o arquivo e a pasta acima.

pasta mu-plugins

pasta mu-plugins

5
Shares