Em um nível elevado, o GitHub é um site e serviço baseado em nuvem que ajuda os desenvolvedores a armazenar e gerenciar o seu código, rastreando e controlando também as alterações nos seus códigos. Para saber exatamente o que é o GitHub, você precisa conhecer dois princípios interligados: 

  • Controle de versão 
  • Git 

Nesse artigo, iremos explicar esses dois princípios. Depois iremos analisar com mais detalhe o GitHub e como pode usar o GitHub para trabalhar com o WordPress e/ou a Kinsta. 

O que é Controle de Versão?

O controle de versão ajuda os desenvolvedores a rastrear e gerenciar alterações no código de um projeto de software. Quando um projeto de software cresce, o controle de versão se torna essencial. Por exemplo, esse é o caso do WordPress… 

No momento atual, o WordPress é um projeto muito grande. Se um desenvolvedor core quisesse trabalhar em uma parte específica da base de código WordPress, não seria seguro ou eficiente fazer com que esse desenvolvedor editasse diretamente o código-fonte “oficial”. 

Em vez disso, o controle de versão permite aos desenvolvedores trabalharem com segurança através do branching e merging. 

Com o branching, um desenvolvedor duplica parte do código-fonte (conhecido como repositório). O desenvolvedor pode depois fazer alterações com segurança nessa parte do código sem afetar o restante do projeto. 

Depois, quando o desenvolvedor conseguir que a sua parte do código funcione corretamente, poderá fazer o merge desse código no código-fonte principal para o oficializar. 

Todas essas alterações são rastreadas e podem ser revertidas caos seja necessário. 

O que é Git?

O Git é um sistema específico open-source de controle de versão criado por Linus Torvalds em 2005. 

De forma específica, o Git é um sistema de controle de versões distribuído, ou seja, toda a base de código e histórico fica disponível no computador de todos os desenvolvedores, o que permite um branching e merging simples. 

Segunda uma investigação de desenvolvedores da Stack Overflow, mais de 87% dos desenvolvedores usam o Git. 

Então, O Que é GitHub?

Página inicial do GitHub

Página inicial do GitHub

O GitHub é uma empresa com fins lucrativos que disponibiliza um serviço de hospedagem de repositório Git baseado em nuvem. De forma sucinta, faz com que pessoas singulares e equipes usem de forma muito mais simples o Git para o controle de versão e colaboração. 

A interface do GitHub é bastante intuitiva, até mesmo codificadores novatos podem aproveitar o Git. Sem o GitHub, usar o Git normalmente exige um pouco mais de conhecimento técnico e uso da linha de comando. 

O GitHub é tão fácil de usar que algumas pessoas utilizam o GitHub para gerenciar outros tipos de projetos – por exemplo, para escreverem livros. 

Além disso, qualquer pessoa pode se registrar e hospedar gratuitamente um repositório de código público, o que faz com que o GitHub seja particularmente utilizado em projetos open-source. 

Enquanto empresa, o GitHub ganha dinheiro com a venda de repositórios hospedados de código privado, além de outros planos empresariais, que permitem às organizações gerenciar mais facilmente os membros da equipe e a segurança. Nós utilizamos bastante o Github na Kinsta para gerenciar e desenvolver projetos internos. 

Explorando a Interface do GitHub

Para que você tenha um entendimento básico de como é a interface do GitHub, aqui fica o código-fonte do WordPress hospedado em um repositório do GitHub: 

O código WordPress no GitHub

O código WordPress no GitHub

Aqui, você pode ver os vários branches que estão sendo trabalhados, assim como quando alguém faz um commit (isso é semelhante a “salvar” um arquivo). Dependendo da configuração de um repositório, você poderá também criar seu próprio branch e fazer seus commits. 

E, após fazer algumas alterações, você pode sempre enviar esse código de volta para um branch fazendo um pull request. Um pull request é basicamente pedir à pessoa responsável pelo branch que inclua o seu código. E ajuda também a pessoa a ver exatamente o que você alterou no código. 

Se quiser editar alguns ou todos os códigos-fonte WordPress na sua conta de forma permanente, também poderá fazer o fork ao clicar no botão Fork (um fork tem um conceito semelhante a um branch, mas um fork é mais permanente): 

Um exemplo de um código com fork

Um exemplo de um código com fork

O WordPress era originalmente um fork do b2/cafelog. Se quiser mais informações sobre como usar o GitHub, o guia Hello World para GitHub tem um tutorial para iniciantes. 

Como usar o Git e o GitHub na Kinsta

Kinsta disponibiliza um cliente Git para que você possa usar o SSH para baixar seu próprio repositório Git do GitHub (ou outros serviços semelhantes). 

Se estiver interessado em usar o Git ou o GitHub na Kinsta, leia esse artigo de ajuda para obter instruções completas. 

Outras Formas de Usar o Git E o Github Com o WordPress

Muitos desenvolvedores de temas e plugins do WordPress hospedam o código-fonte dos seus projetos no GitHub. Por exemplo, você pode visualizar o código do construtor de páginas Elementor, o código-fonte do tema Zerif Lite e muito mais. 

Mas existem também plugins WordPress que ajudam você a usar o Git de forma mais direta. 

Por exemplo, o VersionPress tem como objetivo usar o Git para regular as ações do WordPress, como por exemplo atualizar um artigo ou instalar um plugin. O VersionPress adiciona o controle de versão para seus arquivos e base de dados do WordPress. 

VersionPress

VersionPress

O WP Pusher é outro plugin baseado no Git que permite a você implementar temas e plugins diretamente do GitHub para seu site WordPress. 

Como Começar a Usar o GitHub

Para começar a usar o GitHub: 

17
Shares