Em 2011, os estudantes Evan Spiegel, Bobby Murphy e Reggie Brown, da Universidade de Stanford, criaram o Snapchat como uma nova forma para as pessoas enviarem fotos e vídeos. O crescimento do Snapchat como uma das plataformas de mídia social mais influentes pode ser acompanhado com o crescimento de números do Snapchat, usuários do Snapchat e algumas estatísticas esquisitas do Snapchat.

Brown apresentou a ideia do Snapchat para Spiegel, que tinha experiência empresarial, e Murphy, que tinha experiência com codificação. Como resultado, a startup passou por problemas comerciais similares ao Facebook no que dizia respeito ao direito de propriedade e todas as pilhas de dinheiro que a empresa passou a valer.

Os três criadores do Snapchat

Os três criadores do Snapchat (Fonte da imagem: TechCrunch)

Em 2013, Brown, que havia sido deposto, tentou renegociar sua participação como proprietário da empresa, mas não recebeu ações. Ao invés disso, ele aceitou US$157,5 milhões e foi creditado como um dos fundadores originais do Snapchat.

Quando o Snapchat foi lançado em julho de 2011, recebeu inicialmente o adorável nome de Picaboo. No entanto, em setembro, a plataforma de mídia social creditada pela introdução do conteúdo efêmero (que desaparecia) ao mundo foi renomeada como Snapchat.

No começo, os usuários do Snapchat conseguiam apenas enviar e receber fotos e mensagens em vídeo por até 10 segundos, pois após esse tempo o conteúdo desaparecia. Em outubro de 2013, o Snapchat introduziu o Stories (cujo Facebook, Instagram e muitas outras redes sociais eventualmente implementaram em suas plataformas), que ficava disponível por 24 horas. Diferentemente do recurso de mensagens padrão, qualquer usuário que seguisse a pessoa podia visualizar o Story no Snapchat (se ele fosse compartilhado publicamente).

Entretanto, talvez o maior avanço do Snapchat e que foi além de seu conceito original foram os filtros. Tais filtros introduziram objetos de realidade aumentada em imagens, permitindo que usuários do Snapchat se exibissem com bigodes ou chapéus (ou diversos outros ajustes peculiares e divertidos).

Quem nunca se viu com uma coroa de flores ou orelhas de cachorro no Snapchat?

Filtros do Snapchat

Filtros do Snapchat (Fonte da imagem: US Magazine)

“O Snapchat não se trata de capturar o tradicional momento Kodak. Ele é voltado a se comunicar com o espectro completo das emoções humanas – não só aquilo que parece ser bonito ou perfeito”, explicou o CEO Evan Spiegel. Esse posicionamento mostra um contraste gritante ao Instagram, que possui a reputação de ser o recurso que os usuários recorrem para criar registros de momentos de destaque que mostram apenas o melhor de si.

Além disso, Spiegel aponta que o conteúdo que desaparece foi uma resposta ao estresse causado pelo conteúdo que fica permanentemente na Internet. Mesmo se você se desmarca de uma foto no Facebook, o fato de ela continuar on-line faz com que possa ser redescoberta.

As estatísticas do Snapchat, no entanto, são ainda mais reveladoras que a declaração de missão da empresa.

Quem Tira Fotos no Snapchat? Um Olhar para os usuários do Snapchat

Até o primeiro trimestre de 2014, o Snapchat tinha 46 milhões de usuários ativos e no quarto trimestre de 2018, esse número era de 186 milhões de usuários ativos. Esse é um crescimento bastante expressivo!

Usuários ativos diariamente no Snapchat

Usuários ativos diariamente no Snapchat (Fonte da imagem: Statista)

Embora o aumento de usuários possa parecer grande, atualmente o crescimento do Snapchat desacelerou (como você pode ver acima) desde o lançamento dos Stories no Instagram – uma cópia quase exata do conceito do My Stories do Snapchat. Os usuários do Instagram agora publicam duas vezes mais stories que os usuários do Snapchat.

Instagram vs Snapchat

Instagram vs Snapchat (Fonte da imagem: Recode)

Embora as estatísticas exatas do Snapchat para a demografia da plataforma sejam diferentes de uma fonte para outra, todas concordam que o Snapchat é dominado por usuários com menos de 25 anos. De acordo com a Pew Research, 78% de todos os americanos entre 18 e 24 anos usam a plataforma.

Idades no Snapchat e no Instagram

Idades no Snapchat e no Instagram (Fonte da imagem: Pew Research Center)

Nessa faixa etária, o Snapchat fica atrás do Facebook, mas na frente do Instagram.

Uso de aplicativos de mídias sociais por faixa etária

Uso de aplicativos de mídias sociais por faixa etária (Fonte da imagem: Business Insider)

Ao contrário do Facebook, cujo eMarketer prevê que apresentará um declínio entre a faixa dos 12 aos 17 anos de idade de 3,4% (a primeira vez que a empresa prevê um declínio nos usuários do Facebook em qualquer grupo etário), espera-se que o uso do Snapchat assuma tal posto juntamente com o Instagram.

Embora o Facebook permaneça como o gigante incontestável do mundo das redes sociais, alguns acreditam que se não ocorrerem mudanças adicionais na plataforma, ela pode perder a chance de capturar a próxima geração de usuários da Internet, já que a maioria dos millenials e a Geração Z se comunicam principalmente de forma visual.

O Snapchat tem mais de 186 milhões de usuários ativos diariamente! 😮 Veja algumas estatísticas e fatos sobre essa rede social gigante.Click to Tweet

Estatísticas do Snapchat Sobre o Uso do Snapchat

De acordo com a Pew Research, 63% dos usuários do Snapchat visitam o site diariamente. Esse valor é basicamente o mesmo do Instagram, mas fica bem atrás do Facebook, que vê cerca de 75% dos seus usuários visitarem o site todos os dias.

Novamente, há uma forte atuação dos jovens entre 18 e 24 anos, sendo que 82% verifica o Snapchat diariamente e 71% deles entra no aplicativo diversas vezes durante o dia. Quando você amplia um pouco a faixa etária para incluir todos os millenials, descobre que tais usuários do Snapchat passam até 40 minutos por dia na plataforma.

Para ajudar a estimular interações diárias na plataforma, o Snapchat introduziu os “snapstreaks”. Quando dois usuários do Snapchat trocam mensagens diretas por pelo menos três dias consecutivos, uma insígnia de fogo e um número aparecem ao lado de seus nomes de usuário. Dessa forma, o Snapchat adicionou um elemento de gameficação para encorajar os usuários a continuaram entrando e usando o aplicativo.

No entanto, quando se fala de utilização, os Stories do Instagram continuam triunfando sobre o Snapchat, com mais influenciadores preferindo a primeira opção ao invés da segunda. O Instagram continua lançando novas atualizações para os Stories, como permitir que contas com mais de 10 mil seguidores publiquem links em seus Stories, tornando a plataforma uma alternativa melhor para anunciantes e influenciadores. Os últimos publicam duas vezes mais Stories no Instagram que no Snapchat.

Desde que os Stories foram lançados no Instagram, o número de usuários e engajamento no Snapchat caíram 15-40%.

Receita do Snapchat? Está Mais para Estatísticas do Snapchat Sobre a Queda Financeira

Snapchat pode ter perdido sua oportunidade de lucrar muito em 2013, quando o Facebook alegadamente se ofereceu a comprar a empresa por US$3 bilhões. Em maio de 2018 as ações da empresa caíram para US$10,95 em relação ao seu valor original de US$27,09 por ação.

Aqui está o desempenho de suas ações desde a oferta pública inicial até a data de publicação deste artigo:

Ações da Snap Inc

Ações da Snap Inc

É claro que houve uma grande escalada antes da queda da Snap no mercado, começando com a Snapchat, Inc. que passou por uma reformulação da marca, quando renomearam a empresa para Snap, Inc. em 2016, como parte de um esforço para se reposicionar como uma empresa de câmeras.

A receita da Snap alcançou US$825 milhões em 2017, mais que o dobro do valor de 2016. Em fevereiro daquele ano, a Snap, Inc. se registrou para realizar seu IPO. No entanto, a oferta pública inicial não alcançou as metas da empresa. Na verdade, apesar da receita de US$149,6 milhões, de acordo com a Forbes, a Snap relatou um prejuízo líquido de US$2,2 bilhões no primeiro trimestre de 2017. Eles perderam quase US$40 milhões em Spectacles não vendidos que foram rapidamente fabricados sem levar em conta a demanda correspondente.

No primeiro trimestre de 2018, a receita da Snap cresceu para US$230,7 milhões, um aumento de 54% graças aos Snap Ads. Mas caiu 19% na sequência, devido à rejeição dos usuários por seu redesign.

Então, será que a Snap perdeu sua chance de ser vendida ao Facebook ou ela continuará a lucrar com uma geração mais jovem de usuários da Internet? Difícil dizer.

O Que Está Acontecendo com o Conteúdo do Snapchat?

Um ponto positivo no portfólio do Snapchat é essa estatística: 92% das pessoas que veem um Snap de um Story de uma marca assistem ao vídeo inteiro.

Atualmente, 57% do conteúdo de marcas no Snapchat é em vídeo. E, no alto de sua popularidade, o Snapchat alcançou a marca de 10 bilhões de visualizações de vídeo diárias, com mais de três bilhões de Snaps enviados todos os dias.

3 Bilhões de Snaps

3 Bilhões de Snaps (Fonte da imagem: Statista)

A empresa também continua a desenvolver aspectos de gameficação no aplicativo, como a capacidade de usuários do Snapchat desbloquearem troféus quando usam certos filtros, completam determinadas tarefas, enviam snaps criativos ou têm seus vídeos publicados na página Live. Os troféus são apresentados na forma de emojis, como o do sol se você enviou um Snap em um local com a temperatura acima de 100° F (38° C).

Mas essa não é a extensão completa do interesse do Snapchat em gameficar a plataforma – eles também lançaram recentemente novos jogos de RA com selfie, conhecidos como “Snappables”.

Crescimento do Snapchat: Publicidade no Snapchat Enfrenta Adversidades

A premissa do conteúdo efêmero do Snapchat criou uma barreira para os anunciantes desde que a plataforma começou a exibir anúncios aos usuários em 2014.

Conteúdo que desaparece significa que os influenciadores e profissionais de marketing precisam constantemente criar conteúdo novo, ao contrário do Facebook e do Instagram, onde ele pode ser facilmente reaproveitado. E se um anunciante quiser chegar à página Descubra do Snapchat, ele precisa provar que consegue criar vídeos de alta qualidade constantemente, o que significa que é necessário submeter o equivalente a um mês de conteúdo para que seja aprovado com antecedência!

Além disso, o Snapchat dificultou para os anunciantes determinarem a efetividade dos anúncios, porque a empresa não oferece analytics detalhado. Ao invés disso, usa ferramentas terceirizadas de analytics, que oferecem informações muito básicas, como número de espectadores e por quanto tempo visualizaram a publicação.

Informações similares (ou a falta delas) estão disponíveis quando os anunciantes usam os Filtros Geográficos – filtros especiais disponíveis para todos os usuários com base na receptação de localização.

Filtros do Snapchat

Filtros do Snapchat

Independentemente disso, espera-se que os profissionais de marketing invistam US$1,5 bilhão em 2019 nos anúncios do Snapchat. No topo da lista das marcas mais populares para os anúncios do Snapchat estão BuzzFeed, Comedy Central e iHeartRadio.

Receita de anúncios no Snapchat

Receita de anúncios no Snapchat (Fonte da imagem: Statista)

Em maio de 2018, o Snapchat introduziu anúncios que não podem ser pulados para persuadir mais anunciantes. No entanto, esses anúncios aparecem apenas em programas produzidos profissionalmente na seção Descubra do Snapchat. Isso significa que somente os principais parceiros de publicação, como Disney e Viacom, serão capazes de utilizá-los.

E os Influenciadores do Snapchat?

Embora existam muitos influenciadores no Snapchat, ela provavelmente é a plataforma favorita de apenas alguns deles. As desavenças entre influenciadores e o Snapchat possivelmente ocorrem até mesmo antes de um incidente em que um executivo da empresa disse a um influenciador que estava reclamando sobre o Snapchat que “o Snapchat é um aplicativo para amigos, não para criadores”.

Lutando com tempo de inatividade e problemas no WordPress? Kinsta é a solução de hospedagem projetada para economizar seu tempo! Confira nossos recursos

No entanto, o Snapchat parece ter amenizado sua postura rígida agora que está se deparando com o declínio em sua utilização. Recentemente, a empresa introduziu os influenciadores verificados. Os influenciadores verificados têm acesso aos Stories Oficiais, que antes só eram disponibilizados para figuras públicas, como Rihanna e Kylie Jenner.

Recursos-chave do Snapchat

Recursos-chave do Snapchat

Por muito tempo, os influenciadores foram tratados como qualquer outro usuário no Snapchat, o que significava que só conseguiam ver quantas pessoas estavam assistindo seus Stories quando estavam fazendo transmissões ao vivo.

Mas agora o Snapchat também oferece aos influenciadores acesso a dados de analytics, que incluem:

Uma atitude de mudança em relação aos influenciadores é um bom sinal de que o Snapchat está dando alguns passos para se adaptar. Após um crescimento menor que o esperado de usuários e um prejuízo de US$2,2 bilhões, foi necessário realmente tomar ações se a empresa quisesse sobreviver à guerra contínua entre as plataformas de mídias sociais.

A conclusão é que eles precisam de influenciadores para criar conteúdo e manter a audiência engajada, o que, por sua vez, poderia atrair mais anunciantes.

Saiba O Que Há de Novo no Snapchat

O Snapchat está fazendo o seu melhor para continuar inovando, com algumas ideias recebendo maior aceitação que outras.

Ninguém Está Usando os Spectacles do Snapchat

Para continuar com sua transformação como empresa de câmeras, a Snap lançou os Spectacles by Snap, que facilitam aos usuários a gravação de vídeos para publicar no Snapchat.

Basicamente, os óculos podem ser vinculados a uma conta no Snapchat ao virá-los para o Snapcode do usuário e pressionar um botão em sua armação ou através de uma conexão via Bluetooth. Os vídeos são armazenados na memória interna da câmera e podem ser visualizados e carregados na seção “Memórias” do Snapchat.

O produto foi anunciado ao mesmo tempo em que o Snapchat foi renomeado para Snap. Os Spectacles foram disponibilizados pela primeira vez para venda em 10 de novembro de 2016 através do Snapbot, uma máquina de vendas própria localizada próxima ao QG do Snapchat.

As vendas do produto ficaram muito aquém das expectativas da empresa, forçando a Snap a se desfazer de mais de US$40 milhões em partes e produtos não utilizados. Até maio de 2018, apenas 220 mil unidades haviam sido vendidas.

Aparentemente, a empresa não desanimou com a resposta abaixo do esperado, pois a Snap lançou recentemente os Snapchat Spectacles 2.0, que trazem novos recursos como suporte para fotos (a primeira versão suportava apenas vídeos), lentes mais leves, armações mais finas, opções com prescrição, mais opções de cores de classe e recursos subaquáticos (entre outros).

Snapchat Spectacles

Snapchat Spectacles

Os Snapchat Spectacles 2.0 estão disponíveis para venda on-line em 17 países.

Snapcash

Em 2014, o Snapchat formou uma parceria com a Square para oferecer o Snapcash, que permitia aos usuários enviar e receber dinheiro. Tudo o que os usuários precisavam fazer era vincular um cartão de crédito ou débito. A única desvantagem é que as duas contas do Snapchat precisavam ter um cartão de débito atrelado a elas, ao contrário dos demais aplicativos, que permitem que você mantenha o dinheiro em uma “carteira” própria deles. Os usuários também precisavam ter pelo menos 18 anos de idade para usar esse recurso.

Mas tudo indica que o Snapcash foi outro fracasso para a Snap. De acordo com o Suporte do Snapchat, o Snapcash não ficou mais disponível após 30 de agosto de 2018.

Redesign do Snapchat

No último ano, a Snap lançou uma nova atualização do aplicativo, que não melhorou em nada sua popularidade. Na verdade, as mudanças incomodaram tanto os usuários do Snapchat que mais de um milhão deles fez uma petição contra elas no Change.org.

Atualização ruim no Snapchat

Atualização ruim no Snapchat

O foco do redesign envolveu uma combinação entre os Stories e a página de Amigos, que acabou dificultando para os usuários assistirem novamente os Stories ou encontrarem seus amigos. A empresa também separou a página Descubra para exibir melhor o conteúdo produzido profissionalmente.

A ideia por trás do redesign era melhorar as estatísticas de anunciantes do Snapchat, o que realmente aconteceu. Na verdade, o Snapchat relatou que os Stories de anunciantes cresceram 40% desde o redesign e que usuários acima de 35 anos se engajaram mais com o aplicativo.

Pensamentos Finais: Estatísticas e Fatos Malucos e Interessantes do Snapchat

Da ascensão do Snapchat nascida através da combinação das mentes e habilidades de três universitários de Stanford até ofertas de bilhões de dólares, as estatísticas e os fatos do Snapchat oferecem muitos insights sobre a empresa, sua trajetória e seus usuários.

É claro que existem muitos fatos divertidos que não foram incluídos no restante dessa lista de estatísticas do Snapchat, como o fato de o mascote do Snapchat “Ghostface Chillah” (cujo nome foi inspirado em Ghostface Killah do grupo Wu-Tang Clan) foi desenhado por Brown. Ou o fato de que a mais longa snapstreak do Snapchat (até julho de 2018) foi de 1.286 dias.

Não viu sua estatística favorita sobre o Snapchat aqui? Compartilhe-a conosco na seção de comentários abaixo!


Economize tempo, custos e otimize o desempenho do seu site com:

  • Ajuda instantânea de especialistas em hospedagem do WordPress, 24/7.
  • Integração do Cloudflare Enterprise.
  • Alcance global com 28 centros de dados em todo o mundo.
  • Otimização com nosso monitoramento integrado de desempenho de aplicativos.

Tudo isso e muito mais em um plano sem contratos de longo prazo, migrações assistidas e uma garantia de 30 dias de devolução do dinheiro. Confira nossos planos ou entre em contato com as vendas com as vendas para encontrar o plano certo para você.