Infelizmente, à medida que a internet cresce, o roubo de imagens se torna cada vez mais comum. Como criadores de conteúdo que somos, temos que lidar com esse problema recorrente aqui na Kinsta. Não há nada pior que ver todo o seu trabalho duro simplesmente ser copiado por outro site, seja de forma intencional ou não. Isso não é justo com o criador, mas também há situações em que vemos tal ação causar problemas na pesquisa de imagens do Google (o que é ainda mais importante). Isso pode ser especialmente ruim para algumas indústrias, como é o caso dos fotógrafos, uma vez que as imagens podem ser sua principal fonte de renda. Hoje, vamos nos aprofundar nas formas com as quais você pode proteger suas imagens, como encontrar imagens roubadas e o que fazer se elas são usadas sem sua permissão.

Por Que Roubo de Imagens É Ruim?

Primeiramente, vamos compreender por que o roubo de imagens é ruim. Além do fato de que você está roubando o criador, em muitos casos isso é algo ilegal. Vamos tomar a Kinsta como exemplo. Nós pagamos pelos ícones que usamos em muitas imagens em nosso blog. Somos grandes fãs da Iconfinder e isso nos ajuda a acelerar a criação de nossas artes gráficas. Se alguém copia e usa nossa imagem em destaque, a pessoa na verdade está quebrando o contrato de licença da Iconfinder, que informa:

A licença padrão garante a você, o Comprador, um direito não-exclusivo e não-transferível de usar o Material Licenciado… (fonte)

Como pagamos pelo ícone, somente nós temos o direito de usá-lo. O mesmo vale para muitos sites de arquivos de fotos. Todos eles operam no mesmo modelo de licenciamento. É por isso que você nunca deve obter suas imagens diretamente na Pesquisa de Imagens do Google. Muitas imagens que foram adquiridas com o pagamento de uma licença são exibidas na pesquisa de imagens do Google. Se você copia e usa uma delas, está quebrando a lei. E isso pode causar problemas sérios a você. Getty Images é um site de arquivos de fotos conhecido por ameaçar usuários com ações judiciais quando descobre que estão usando uma de suas fotos sem permissão.

Existem muitos locais na rede onde você pode encontrar imagens sem royalties para usar em seus sites e projetos. Portanto, faça tudo da maneira certa e evite todo o estresse de se colocar em uma situação complicada.

Como Encontrar Fotos Roubadas

Antes de avançarmos até as instruções de como proteger as imagens, vamos abordar algumas formas diferentes de encontrar fotos roubadas. É importante lembrar que nem todo roubo é intencional. Mesmo que isso pareça senso comum para algumas pessoas, já observamos diversas situações onde o blogueiro ou criador de conteúdo talvez não saiba que fez algo errado. Além disso, uma grande porção dos sites contrata autores terceirizados e simplesmente aprova/publica os posts conforme eles ficam prontos. Muitas vezes, o editor simplesmente não verifica as imagens, mas confia no autor para fornecê-las.

1. Se Deparar com Ela

Uma das primeiras formas de encontrar imagens roubadas é simplesmente se deparar com elas. Isso pode parecer improvável, mas na realidade acontece bastante conosco aqui na Kinsta. Algumas vezes, elas podem estar na pesquisa de imagens do Google, em uma newsletter, tweet ou simplesmente as encontramos em um artigo enquanto fazemos uma pesquisa. Quanto mais imagens e conteúdo você publica, maiores as chances de isso acontecer. Não vamos dar nomes, mas já vimos nossas imagens em destaque e capturas de tela em muitos sites de alta autoridade ao redor da rede. Compartilharemos com você mais adiante o que fazemos nesses casos.

2. Pesquisa de Imagem Reversa

Uma forma fácil de encontrar pessoas que copiaram suas imagens é utilizar uma ferramenta que realize uma pesquisa de imagem reversa. TinEye possui uma ótima ferramenta que permite que você faça pesquisas por imagem e descubra onde elas aparecem on-line.

Pesquisa de imagem reversa

Pesquisa de imagem reversa

Fizemos um teste rápido na ferramenta, colocando uma imagem de um dos posts mais populares do nosso blog. Em nossa primeira pesquisa, encontramos um site de terceiros (que permanecerá anônimo) que tem copiado todos os nossos artigos, incluindo nossas imagens! Foi muito rápido e fácil. É claro, a ferramenta nem sempre encontrará tudo, mas é uma boa forma de começar. Observação: TinEye é gratuito apenas para uso pessoal, não para uso comercial.

Descobrindo imagens copiadas

Descobrindo imagens copiadas

Você também pode fazer uma pesquisa no Google Image e digitar o nome do arquivo. Às vezes, se os sites copiam a imagem, eles não se incomodam em renomeá-la, e você pode facilmente encontrá-la dessa maneira. Como você pode ver abaixo em nosso exemplo, ele retornou um site de terceiros usando nossa imagem em destaque da Lista de Verificação de SEO. No entanto, neste caso, estava tudo bem, pois é um site de compartilhamento social com links para o nosso artigo.

Pesquisa de imagens no Google por nome do arquivo

Pesquisa de imagens no Google por nome do arquivo

Você também pode carregar uma imagem ao clicar no pequeno ícone de câmera. Uma pesquisa será realizada para tentar encontrar imagens semelhantes a ela.

Pesquisa por imagem

Pesquisa por imagem

3. Utilize Uma Ferramenta de Monitoramento de Backlinks

A forma número um que usamos para identificar imagens copiadas ou roubadas é utilizar uma ferramenta de monitoramento de backlinks. Adoramos o Ahrefs aqui na Kinsta, que é uma ferramenta SEO (veja mais aqui: Melhores Plugins SEO para WordPress e Ferramentas SEO Obrigatórias) que você pode usar para realizar pesquisa de palavras-chave, desenvolver uma análise de competidores, monitorar backlinks e muito mais. Ele possui um dos maiores bancos de dados na rede e confiamos em seus dados para fazermos diversas ações.

Com frequência, sites deixarão um link no lugar da imagem ou apontarão diretamente para ela. Isso é o que chamamos de hotlinking, que será melhor explicado abaixo. Mas, conforme você pode observar neste exemplo, encontramos um domínio de spam que estava compilando todos os tipos de arquivos PDF e copiando nossas imagens para eles. Isso provavelmente está sendo feito por uma ferramenta de scraping.

Backlinks no Ahrefs para imagens copiadas

Backlinks no Ahrefs para imagens copiadas

Isso pode afetar negativamente seu SEO. Saiba mais sobre SEO negativo e como rejeitar esse tipo de links. Foi o que acabamos fazendo no caso acima.

Como Proteger Imagens

Agora é hora de explorar como proteger imagens em seu site WordPress. Implementar algumas ou todas as sugestões a seguir pode ajudar você a prevenir roubos e cópias.

Habilitar Proteção de Hotlinks

A primeira ação que recomendamos é habilitar a proteção de hotlinks. O conceito de hotlinking é muito simples. Você encontra uma imagem na internet em algum lugar e usa sua URL diretamente em seu site. Esta imagem será exibida em seu website, mas será servida a partir da localização original. Isso é muito conveniente para quem faz o hotlink, mas na verdade se trata de roubo, uma vez que está usando os recursos do site que sofreu o hotlink. É como se estivéssemos dirigindo um carro com a gasolina que tiramos do carro de nosso vizinho.

[easy-tweet tweet=”Hotlinking é como dirigir um carro com a gasolina que tiramos do carro de nosso vizinho. 🚗” user=”kinsta_pt” hashtags=”webdev”]

Hotlinking é ruim pelos seguintes motivos:

    1. Hotlinking custa dinheiro ao proprietário do website original
    2. Hotlinking, na maioria dos casos, é ilegal
    3. Hotlinking consome os recursos do servidor do proprietário do website original
    4. Hotlinking é sinal de preguiça

Dê uma olhada em nosso post aprofundado sobre como habilitar a proteção de hotlinks.

Desabilitar Clique com o Botão Direito em Imagens

Outra tática que você pode usar é desabilitar o clique com o botão direito em suas imagens. Muitos usuários simplesmente clicam com o botão direito sobre uma imagem que gostam, a salvam em sua área de trabalho e a carregam para seu próprio site WordPress. Existe um ótimo plugin gratuito chamado Prevent Content Theft que o ajudará a impedir que isso ocorra. Ele possui, atualmente, mais de 4 mil instalações ativas e uma avaliação de 4,5 estrelas entre cinco possíveis. Você pode fazer seu download no repositório do WordPress ou procurar por ele em seu painel do WordPress, na opção “Adicionar novo” na aba de plugins. Não há configurações a serem feitas, basta instalar e usar.

Plugin WordPress Prevent Content Theft

Plugin WordPress Prevent Content Theft

Este plugin não desabilita a função de clique com o botão direito apenas sobre suas imagens, mas na página inteira, protegendo também seu conteúdo. Isso não impedirá todas as cópias, especialmente para aqueles que são um pouco mais conhecedores em tecnologia. Mas descobrimos que a maioria dos usuários que copia imagens são aqueles que não têm muito conhecimento. Instalamos e testamos essa opção em nosso site de teste e você pode ver um exemplo abaixo do que acontece quando um usuário tenta clicar com o botão direito em uma imagem. Ele recebe uma notificação que informa que a função está desabilitada.

Desabilitar clique com o botão direito no WordPress

Desabilitar clique com o botão direito no WordPress

Ou você pode adotar outra abordagem com o novo plugin gratuito Shrinkwrap images. Ao invés de fazer algo com os prompts, ele simplesmente adiciona uma pequena imagem invisível sobre todas as imagens eu seu site. Se um visitante clica com o botão direito sobre uma delas, ele faz o download dessa pequena imagem ao invés da opção original.

Exemplo do Shrinkwrap images

(Fonte da imagem: Meme Generator)

Imagens com Marca d’Água

Outra abordagem que você poderia tomar é adicionar uma marca d’água em suas imagens. Isso é especialmente importante para fotógrafos. Ao adicionar seu logo ou uma marca sobre suas imagens, você pode impedir pessoas de quererem copiá-las. E se mesmo assim copiarem, farão publicidade gratuita para você! Marcas d’água podem ser uma boa opção para situações em que as pessoas compartilham suas imagens nas mídias sociais.

O plugin gratuito Image Watermark permite que você insira uma marca d’água automaticamente nas imagens carregadas para a biblioteca de mídia do WordPress, bem como adicioná-la em imagens carregadas previamente. Atualmente, ele possui mais de 30 mil instalações ativas, com uma avaliação de 4 estrelas entre 5 possíveis. Você pode fazer seu download no repositório do WordPress ou pesquisar por ele no painel do WordPress, na opção “Adicionar novo” na aba de plugins.

Plugin WordPress Image Watermark

Plugin WordPress Image Watermark

Após fazer a instalação, você pode habilitar a adição de marca d’água nas configurações do plugin (veja um exemplo de nossas configurações abaixo). É possível escolher onde deseja que sua marca d’água apareça, carregar a imagem da marca d’água, definir a escala, selecionar a transparência e até mesmo fazer um backup da imagem original. Este plugin também oferece uma proteção básica para as imagens, ao desabilitar o clique com o botão direito. Se você deseja desabilitar o clique com o botão direito e implementar marcas d’água simultaneamente, este plugin pode ser uma boa combinação.

Configurações de marca d’água

Configurações de marca d’água

Abaixo está um exemplo de nosso site de teste com uma imagem e nosso logo da Kinsta como marca d’água. Ele foi aplicado automaticamente à imagem quando a carregamos para a biblioteca de mídia. Não é legal?

Marca d’água da Kinsta

Marca d’água da Kinsta

Adicionar a Insígnia DMCA

DMCA (Digital Millennium Copyright Act) é uma lei de direitos autorais dos Estados Unidos focada em meios digitais que ajuda os proprietários de conteúdo a remover seu conteúdo roubado (incluindo imagens) de forma rápida e eficiente. Isso se estende a locais como Provedores de Serviços de Internet (ISP), provedores de hospedagem na web e mecanismos de pesquisa. Uma notificação DMCA takedown se aplica aos locais onde o conteúdo está hospedado fisicamente. Portanto, pessoas fora dos EUA ainda assim podem registrar reclamações tomando como base a DMCA.

Proteção DMCA

Proteção DMCA

Você pode adicionar uma insígnia DMCA ao seu site WordPress gratuitamente, apesar de também oferecerem serviços premium. Pense nisso como se estivesse colocando câmeras de segurança desligadas em sua cas. Talvez as pessoas pensem duas vezes antes de tentar copiar seu conteúdo e suas imagens. Também há um plugin WordPress DMCA.

Adicionar Aviso de Direitos Autorais

Por fim, é sempre uma boa ideia ter um aviso de direitos autorais em seu site WordPress. Tecnicamente, isso não é algo obrigatório, já que tudo o que você publica é automaticamente de direito e propriedade sua. Entretanto, é algo recomendável. Em geral, avisos de direitos autorais são colocados no rodapé de um site. Você pode ver nosso exemplo abaixo.

Lutando com tempo de inatividade e problemas no WordPress? Kinsta é a solução de hospedagem projetada para economizar seu tempo! Confira nossos recursos
Aviso de direitos autorais

Aviso de direitos autorais

Para adicionar um aviso de direitos autorais ao seu site, recomendamos verificar a documentação do seu tema WordPress. A maioria deles possui uma forma fácil de alterar as informações de direitos autorais. Mas caso seu tema não possua, insira o código a seguir em um widget no rodapé.

<p>Copyright © 2017 Site Title</p>

Você também poderia adicionar um aviso de direitos autorais dinâmico ao rodapé do seu site WordPress, adicionando o seguinte código ao arquivo footer.php de seu tema.

Copyright ©
<?php $the_year = date("Y"); echo $the_year; ?>
<?php bloginfo('name'); ?>
Todos os direitos reservados.

O Que Fazer com Imagens Roubadas

Agora que você conhece um pouco mais sobre proteção de imagens em seu site, vamos explorar as opções sobre o que fazer após o fato ser constatado. E acredite, isso acontecerá com você em algum momento. Abaixo está a abordagem que usamos aqui na Kinsta e que funciona bem.

1. Primeiro, Analise a Imagem Copiada

A primeira ação que recomendamos que seja tomada quando descobrir que alguém roubou ou copiou suas imagens é verificar e se certificar que ela esteja hospedada no servidor da pessoa. Isso garante que ela não esteja fazendo hotlinking e usando a largura de banda do seu servidor. No Chrome, você pode clicar com o botão direito sobre uma imagem, selecionar a opção “Inspecionar” e a URL da hospedagem será destacada.

Inspecionar imagem

Inspecionar imagem

Se ela estiver sendo carregada a partir do servidor da pessoa, verifique se ela está atribuindo um backlink para seu site (fazendo uma referência a você como a fonte). Se isso ocorrer, talvez você queira deixar tudo como está. Se a pessoa não estiver fazendo uma referência ao seu site, enviar um e-mail pedindo para que o faça pode ser uma boa maneira de obter um backlink gratuito, o que pode ser ótimo para propósitos de SEO. Abaixo está um modelo de exemplo:

Olá,

Eu trabalho na _____ e notamos que você usou uma de nossas imagens em seu artigo aqui: [link para o post]

Você pode ver que somos os proprietários da imagem aqui: [link para seu post original]

Estamos de acordo que você use nossa imagem, desde que faça uma referência a nós. Por favor, adicione um link a [termo/frase] em seu artigo para [link para seu site].

Caso não queira adicionar um link, compreendemos. Entretanto, pediremos que você remova a imagem, pois é um conteúdo criado por nós.
Obrigado e caso tenha alguma pergunta, sinta-se à vontade para nos questionar.

Nome
[link para seu site]

Lembre-se, no entanto, que isso só pode ser aplicado com imagens que você criou, não com imagens licenciadas. Estas ainda precisariam ser retiradas do ar, pois a pessoa não teria permissão para usá-las.

2. Enviar um E-mail Educado de Retirada do Ar

Se a imagem for licenciada ou se você não deseja um backlink e simplesmente prefere que a removam, recomendamos que primeiro envie um e-mail educado pedindo sua retirada do ar. Defina essa tarefa e volte a verificar em alguns dias ou semanas. Observação: Em nossas experiências, esse e-mail educado resolveu 90% dos casos.

Olá,

Eu trabalho na _____ e notamos que você usou uma de nossas imagens em seu artigo aqui: [link para o post]
Você pode ver que somos os proprietários da imagem aqui: [link para seu post original]

Gostaríamos de pedir a gentileza de remover ou substituir essa imagem.
Obrigado e caso tenha alguma pergunta, sinta-se à vontade para nos questionar.

Nome
[link para seu site]

3. Enviar um E-mail Mais Agressivo de Retirada do Ar

Se você não receber uma resposta do proprietário do website após a primeira tentativa, pode enviar um e-mail um pouco mais agressivo pedindo que a imagem seja retirada do ar. Em nossas experiências, isso costuma resolver os 10% dos casos restantes daqueles que não te respondem inicialmente.

Olá,

Eu trabalho na _____ e não recebi uma resposta sua em meu primeiro e-mail.

Notamos que você usou uma de nossas imagens em seu artigo aqui: [link para o post]
Você pode ver que somos os proprietários da imagem aqui: [link para seu post original]

Gostaríamos de pedir a gentileza de remover ou substituir essa imagem. Se não recebermos uma resposta sua dentro das próximas duas semanas, teremos que solicitar uma reclamação DMCA.

Nome
[link para seu site]

4. Solicitar uma Notificação DMCA Takedown

Por fim, caso chegue até aqui, você pode solicitar uma notificação DMCA takedown. Essa pode ser uma forma rápida de garantir que o conteúdo seja retirado do ar. Além disso, temos um artigo relacionado sobre esse tema: Cópia de Conteúdo no WordPress (Enfrentar ou Ignorar?) (Comparação com Exemplos).

Resumo

Como criador de conteúdo, é importante proteger as imagens em seu site. Se você trabalhou duro para criá-las ou pagou por elas, não há motivo para um terceiro usá-las. Na verdade, na maioria dos casos, isso é ilegal. Esperamos que você tenha entendido algumas formas de prevenir que isso aconteça e como proceder caso algo assim ocorra.

Qual é sua experiência com roubo de imagens? Você já teve que enviar e-mails pedindo para que fossem removidas? Compartilhe conosco na área de comentários abaixo.


Se você gostou deste artigo, então você vai adorar a plataforma de hospedagem WordPress da Kinsta. Turbine seu site e obtenha suporte 24/7 de nossa experiente equipe de WordPress. Nossa infraestrutura baseada no Google Cloud se concentra em escalabilidade automática, desempenho e segurança. Deixe-nos mostrar-lhe a diferença Kinsta! Confira nossos planos