David Ogilvy, conhecido como o Pai da Publicidade, foi um dos melhores copywriters que já viveram. O que ele tinha a dizer sobre a importância dos títulos?

“Em média, cinco vezes mais pessoas leem o título do que o texto. Quando se escreve um título, você investe oitenta centavos de cada dólar que possui”.

Até hoje, os autores não investem tempo suficiente em seus títulos. Provavelmente, essa é a principal razão pela qual ninguém lê seu conteúdo. Mas você não precisa mais cometer esse erro.

Veremos por que os títulos são tão importantes, como você pode criar alguns tão atrativos que as pessoas não resistirão em clicar neles e testaremos as melhores ferramentas de análise de títulos do mercado.

Como @buzzfeed e @upworthy chamam sua atenção? Com seus títulos cativantes! 🎣 Analisamos como os melhores criam seus títulos e testamos as melhores ferramentas de análise de títulos para você!Click to Tweet

Por Que os Títulos São Tão Importantes?

David Ogilvy foi um homem do século XX. Ele nasceu em 1911 e faleceu em 1999.

Ogilvy viveu durante o período que compreendeu o nascimento e o colapso da União Soviética, a lenta queda do Império Britânico e duas guerras mundiais.

O século XX também apresentou impressionantes inovações tecnológicas, em que aviões evoluíram de uma tecnologia recém-criada para um meio de transporte comum, os computadores se tornaram um produto de consumo e o mundo se conectou através da Internet.

No entanto, apesar de toda a turbulência política, violência sem precedentes e avanços tecnológicos impressionantes, essa foi também uma época muito quieta.

Pense nisso. Durante a maior parte da vida de Ogilvy, a mídia consistia de jornais, revistas, rádio e televisão.

Você consegue se lembrar como era o mundo antes da Internet, das mídias sociais e dos smartphones? O mundo de Ogilvy era assim.

E agora esse mundo se foi. Todos nós temos acesso à socialização, entretenimento e conhecimento ilimitados em nossos bolsos. E cada vez que acessamos a Internet, somos bombardeados com tentativas de alguém querendo chamar nossa atenção.

Tem o e-mail de um amigo na caixa de entrada, um primo que deixou um comentário em sua foto das férias, três posts em blogs que você deseja ler, um novo episódio de um podcast que acompanha, dois dos seus YouTubers favoritos acabaram de se envolver em uma disputa

E junto com isso tudo temos anúncios no Google, Facebook, Instagram, YouTube e podcasts.

Agora, pense só nisso: se os títulos eram tão importantes nos tempos de Ogilvy, você não acha que eles são ainda mais importantes agora, num momento em que estamos sendo empurrados para várias direções?

No mundo atual, o que não falta é conteúdo. A função de um bom título é fazer uma promessa, conforme Andy Cristodina, cofundador e CMO da Orbit Media, explica para esclarecer:

“Antes de clicarmos em qualquer coisa, fazemos um cálculo de custo-benefício muito rápido. […] O trabalho do título é indicar o benefício e fazer uma promessa ao visitante de que o clique vale a pena. E é preciso fazer isso em menos de um segundo. Quanto mais específico é o benefício, maior a probabilidade de o visitante clicar nele. Bons títulos fazem promessas específicas”.

Aqui está o conceito ilustrado:

O que está acontecendo no cérebro do seu visitante quando ele se depara com um título

O que está acontecendo no cérebro do seu visitante quando ele se depara com um título (Fonte da imagem: orbitmedia.com)

imagem: orbitmedia.com)

Se você não captura a atenção do leitor, ou seja, se o cálculo de custo-benefício não é satisfatório, irá perdê-lo, porque ele buscará algo que seja mais atrativo em questão de segundos.

Seu título é o primeiro fator que as pessoas enxergam quando visitam seu blog, veem seu conteúdo nas mídias sociais ou chegam ao seu website através de uma página de resultados em um mecanismo de pesquisa.

Tenha em mente que, se você aparecer com um título fraco, não importará o quão bom é seu conteúdo: ninguém vai querer ler.

E então, como é possível escrever um bom título?

Entenda Seu Público-Alvo

Você sabe qual é a fundação por trás do copywriting persuasivo? Pesquisa de mercado.

Provavelmente não era a resposta que você esperava. As pessoas costumam imaginar que os melhores textos são escritos durante uma faísca de genialidade criativa. Mas a realidade é muito mais mundana que isso.

Os melhores textos são escritos por copywriters que entendem seu público-alvo melhor que esse público entende a si mesmo.

E você não chega até lá apenas sentado, sonhando com algo que leve as pessoas até onde você deseja.

Não, isso não é suficiente. Você precisa ir atrás e obter as informações diretamente da fonte. E como é possível fazer isso?

Digamos que você tem um blog sobre a dieta cetogênica. Se esse for o caso, provavelmente já possui alguma experiência com esse tipo de dieta e entende por que as pessoas se sentem atraídas por ela. Mas você pode levar seu copywriting ao próximo nível, através de pesquisa de mercado.

Reddit

Reddit é o fórum online mais popular que existe e apresenta subtópicos (subreddits) para basicamente tudo o que você pode imaginar.

O subtópico r/keto tem 1,3 milhões de membros que estão interessados na dieta cetogênica.

Você pode aprender muito sobre seu público-alvo simplesmente visitando esse subtópico todos os dias, observando quais posts recebem mais votos positivos, quais questões são as mais comuns, etc.

Subreddit sobre Dieta Cetogênica (Keto)

Subreddit sobre Dieta Cetogênica (Keto)

YouTube

YouTube é o site de hospedagem de vídeos mais popular do mundo, além de ser o segundo maior mecanismo de pesquisa.

Por que não verificar o que os YouTubers mais populares em seu nicho têm a dizer?

Por exemplo, Tristan Haggard tem o canal Primal Edge Health, com mais de 120 mil inscritos.

Canal Primal Hedge Health no YouTube

Canal Primal Hedge Health no YouTube

Se você visitar a seção “Vídeos”, clicar em “Classificar por” e escolher “Mais populares”, verá que todos os vídeos dele serão organizados dos mais vistos para os menos vistos.

Vídeos do canal Primal Hedge Health

Vídeos do canal Primal Hedge Health

Isso permitirá que você veja quais assuntos mais se adequam com seu público-alvo e quais títulos funcionam bem.

E se clicar em um dos vídeos, poderá ver os comentários e terá acesso a ainda mais ideias que se passam na mente do seu público-alvo.

Comentários no canal Primal Hedge Health

Comentários no canal Primal Hedge Health

Apenas tenha em mente que os comentários do YouTube costumam ter muitas pessoas usando memes, por isso se prepare para ler muitos comentários inúteis.

Analisar canais populares no YouTube que englobam seu nicho é uma boa maneira de te ajudar a melhorar seu entendimento sobre o público-alvo.

Blogs

E, é claro, se quiser criar um blog sobre algo, você deve olhar para seus concorrentes.

Por exemplo, ruled.me é um blog popular sobre dieta cetogênica com mais de 115 mil inscritos e é repleto de recursos sobre o tema.

Você pode analisar o conteúdo, ver o que está sendo bem feito, o que está faltando e, então, produzir algo que seja ainda melhor.

Blog ruled.me

Blog ruled.me

A dieta cetogênica é um exemplo fácil de pesquisa de mercado, porque é um tópico muito popular. Mas você também pode fazer o mesmo com basicamente qualquer tema.

Lembre-se: os melhores copywriters são aqueles que entendem seu público-alvo e que conduzem pesquisas aprofundadas sobre os clientes.

Quando se trata de copywriting, nunca há pesquisa demais. Apenas de menos.

Use Fórmulas de Títulos

Você conhece o ditado “Bons artistas copiam, grandes artistas roubam”?

Bem, “roubar” títulos é uma prática padrão no mundo do copywriting, porque já sabemos o que funciona e o que não funciona. Portanto, não tente reinventar a roda. Use fórmulas de títulos.

Uma das melhores fontes de fórmulas de títulos é o livro “52 Headline Hacks” de Jon Morrow, que pode ser baixado de graça.

Em seu livro, Morrow cobre:

Fórmulas de Títulos sobre “Como Fazer”

Fórmulas de Títulos sobre “Como Fazer”

Fórmula de Títulos de Listas

Fórmula de Títulos de Listas

Dicas Bônus de Títulos

Dicas Bônus de Títulos

Também há dois apêndices:

Escrever títulos usando essas fórmulas pode parecer algo sem inspiração e um tanto robótico, mas copywriting se trata de resultados, não de criatividade.

Após aprender essas formulas, você começará a vê-las em todo lugar. Elas são usadas pelos jornais, revistas e blogs de maior sucesso. Por quê?

Porque elas funcionam.

É claro que, se você quiser levar seu copywriting ao próximo nível, não basta simplesmente mudar algo nesses modelos, você precisa praticar sua utilização até que as fórmulas se tornem arraigadas em sua mente a ponto de não precisar mais consultá-las.

Por exemplo, quando Justin Blackman decidiu melhorar seus títulos, ele escreveu 10.211 títulos em 106 dias.

Ele se comprometeu a escrever 100 títulos por dia durante 100 dias e acabou indo mais além, apesar do fato de as pessoas serem céticas quanto sua capacidade de realizar isso.

Como resultado, ele se tornou muito mais rápido para escrever títulos, a ponto de ser capaz de criar mais de 80 títulos sem consultar as fórmulas e criar 100 títulos durante a pausa para o almoço.

Além disso, ele não só ficou mais rápido, como também ficou melhor. É possível observar como seus títulos foram aprimorados à medida que ele progrediu no desafio.

Justin compartilhou 16 conclusões sobre títulos que aprendeu com o trabalho duro. Quer saber qual delas está no topo da lista?

“Faça o trabalho.
Nenhuma dica, artigo ou modelo se compara a colocar a mão na massa. Chega um momento que você precisa parar de ler e começar a fazer. A prática se torna permanente. É a única forma de fazer as coisas durarem”.

Você não precisa fazer tudo o que Justin fez, mas se deseja aprender a escrever títulos melhores, precisa praticar essa arte. Não há como contornar isso.

Obviamente, 100 títulos diariamente é maluquice… Mas será que você consegue criar 10 por dia?

Use Palavras Fortes

Palavras fortes são aquelas que incitam uma emoção específica.

Por exemplo, as palavras “Animador” e “Inspirador” são positivas, enquanto “Alarmante” e “Devastador” te deixam em estado de alerta e na defensiva.

Você pode usar palavras fortes para apimentar seus títulos e atrair a atenção do leitor.

Dê uma olhada neste título da Cosmopolitan, que a Sumo apresenta em seu artigo “401+ Palavras Fortes Extremamente Úteis Para Aumentar Conversões”:

Título da Cosmopolitan

Título da Cosmopolitan

A Cosmopolitan poderia ter usado o título “Ariana Grande Estreou uma Nova Cor de Cabelo Prata”. Mas seria interessante? Ok, ela tingiu o cabelo. E daí?

No entanto, “Ariana Grande Estreou uma Nova Cor de Cabelo Prata Escandalosa” imediatamente faz com que você queira saber mais sobre o assunto. O que há de tão escandaloso nela? O que Ariana fez agora?

Como você pode ver, palavras forte podem tornar um título muito mais persuasivo.

Por isso, acesse a lista da Sumo de 401+ palavras fortes e comece a usá-las em seus títulos ainda hoje.

Aprenda com os Melhores

Não basta aprender as fórmulas, usar palavras fortes e criar seus próprios títulos.

Você também precisa estudar os mestres do copywriting, analisando as fontes com os melhores títulos:

BuzzFeed

BuzzFeed foi fundado por Jonah Peretti e John S. Johnson III em 2006.

Desde o começo, a empresa se focou em conteúdo viral. Eles começaram a agregar conteúdo e também passaram a produzi-lo. Hoje, são muito conhecidos por suas listas e quizzes.

Títulos do BuzzFeed

Títulos do BuzzFeed

Embora não seja correto dizer que o BuzzFeed foi o pioneiro em títulos “clickbait”, a empresa com certeza os levou a um nível completamente novo, a ponto de inspirar a criação de um website de paródia chamado ClickHole.

Bassim Eledath analisou títulos do BuzzFeed usando técnicas de dados científicos. O que ele descobriu?

Aparentemente, o comprimento médio dos títulos do BuzzFeed é de 11,85 palavras.

Comprimento Médio de Títulos do BuzzFeed

Comprimento Médio de Títulos do BuzzFeed

Em seguida, ele limitou seu foco aos títulos de 11 palavras e descobriu a estrutura de títulos mais comum do BuzzFeed:

Estrutura Comum de Títulos no BuzzFeed

Estrutura Comum de Títulos no BuzzFeed

De acordo com a pesquisa de Bassim, a sequência mais popular seguiu um padrão CD, NNS, WDT e VBP.

Na verdade, 16% de todos os títulos começam com um número, algo que não é surpresa, considerando o papel que as listas desempenham para o sucesso do BuzzFeed:

Títulos que começam com números

Títulos que começam com números

O que quer que você pense sobre o BuzzFedd, é preciso admitir que seus títulos funcionam. Por isso, faz sentido estudá-los.

UpWorthy

UpWorthy foi fundado em 2012 por Eli Pariser e Peter Koechley.

A missão deles é “mudar o que o foco do mundo”, o que significa que querem produzir conteúdo viral com uma perspectiva “progressista”.

Upworthy.com

Upworthy.com

Eles são uma fonte mais séria que o BuzzFeed e seus títulos são mais longos e com menos caráter “clickbait”.

Cosmopolitan

Cosmopolitan foi criada pela primeira vez em 1886 como uma revista familiar, que depois se tornou uma revista literária e, por fim, transformou-se em uma revista feminina em 1965.

Cosmopolitan.com

Cosmopolitan.com

Com tanta experiência em sua história, a Cosmopolitan realmente dominou a arte de escrever títulos atrativos e é um bom exemplo de como criar um título que as pessoas vão querer clicar sem se tornar um “clickbait” completo.

Daily Mail

Daily Mail é um tabloide britânico que foi fundado com 1896.

Ele é amplamente criticado por sua falta de confiabilidade e sensacionalismo, mas continua sendo extremamente popular (é o segundo maior jornal no Reino Unido).

O Daily Mail pode não ser a melhor fonte de informações, mas você sabe o que os tabloides fazem muito bem? Títulos.

Dailymail.co.uk

Dailymail.co.uk

Talvez você seja um pouco cético quanto a estudar os títulos de locais como BuzzFeed, UpWorthy, Cosmopolitan e Daily Mail, porque não são exatamente publicações que concorrem ao prêmio Pulitzer.

Entretanto, é preciso deixar o jornalista que existe em você de lado por um segundo e observar de perto esses títulos que são irresistíveis para os leitores. Afinal, você não deseja aprender a fazer o mesmo?

Realize Testes A/B em Seus Títulos

Nos velhos tempos, você gastaria muito tempo desenvolvendo o melhor título possível e quando ele estivesse nas prensas, não seria mais possível alterá-lo. Quanta pressão, não é?

E isso continua valendo ainda hoje quando falamos sobre a mídia impressa.

Entretanto, se você publicar um artigo em seu website, o título não ficará gravado em uma pedra para sempre.

Na verdade, você pode testar diversas variáveis para ele e escolher a melhor. Mas como exatamente isso funciona?

Tudo se resume a um método de otimização de taxa de conversão chamado de teste A/B.

Ao conduzir um teste A/B, você cria duas variáveis do mesmo website, sendo uma delas a versão de controle (A) e a outra a versão experimental (B).

Em seguida, você divide seu tráfego em dois grupos, enviando metade para visualizar a versão A e a outra metade para a versão B.

O teste é realizado até que se alcance significância estatística e seja possível visualizar os resultados para determinar qual variável venceu e deverá ser mantida em seu site.

Teste A/B explicado

Teste A/B explicado

Portanto, se estiver testando títulos, você precisa criar duas variáveis do mesmo post no blog e a única diferença entre ambas deverá ser o título de cada uma.

Em seguida, você conduz o teste para determinar qual título foi o mais adequado para seu público.

Em relação aos softwares para testes A/B, existem muitas opções no mercado, mas aqui estão as quatro principais que você deveria considerar:

No entanto, tenha em mente que, para que um teste funcione, é necessário obter significância estatística. O que isso significa?

Isso significa que você precisa enviar uma determinada quantidade de tráfego para cada variável, para ter certeza que o padrão observado não é acidental.

Probabilidade e significância estatística explicadas

Probabilidade e significância estatística explicadas

Por exemplo, se você envia apenas um visitante para a página A e um visitante para a página B, os resultados seriam inúteis. Por quê?

Porque não é possível saber se o fato de o website B ter melhor desempenho foi decorrente do título.

E se aquela pessoa em específico estivesse de bom humor naquele dia e por isso adotou a ação desejada?

No entanto, quanto mais visitantes você envia para cada variável, maior é a probabilidade de que o resultado não tenha ruído estatístico.

Portanto, se você envia 10 visitantes para cada website, o resultado se torna mais confiável. Essa confiabilidade aumenta com 100 visitantes, cresce ainda mais com 1.000 visitantes e assim por diante.

Em algum momento, o resultado alcança 95% de significância estatística (probabilidade de não existir ruído estatístico) e será considerado confiável o suficiente para basear suas decisões nele.

Tudo isso significa que, se você quiser conduzir testes A/B, será necessário ter tráfego (aqui estão tácticas comprovadas para conduzir mais tráfego para o seu site) e, quanto mais tiver, mais valioso será o teste A/B.

Por isso, se estiver apenas começando, não se preocupe em fazer testes A/B, mas considere-o uma opção interessante se já estiver recebendo muitos visitantes mensais.

As Melhores Ferramentas de Análise de Títulos

Se toda essa conversa sobre pesquisa de mercado, fórmulas de títulos e testes A/B não acabaram com sua visão romantizada sobre copywriting, então se prepare para o golpe final: ferramentas de análise de títulos.

Sim, você pode usar softwares para analisar seus títulos e determinar como eles podem ser melhorados.

Vamos dar uma olhada nas soluções mais populares do mercado:

1. Advanced Marketing Institute Headline Analyzer

Ok, o Advanced Marketing Institute Headline Analyzer pode te fazer se sentir nostálgico com o início dos anos 2000, mas não se deixe enganar por sua aparência, pois ele pode ser muito útil.

Advanced Marketing Institute Headline Analyzer

Advanced Marketing Institute Headline Analyzer

Digite seu título no campo de texto, selecione uma categoria e pressione o botão “Submeter para análise” (“Submit for Analysis”).

Lutando com problemas de tempo de inatividade e WordPress? Kinsta é a solução de hospedagem projetada com desempenho e segurança em mente! Confira nossos planos

Então, você receberá a análise do seu título, com a seguinte aparência:

Resultados do Advanced Marketing Institute Headline Analyzer

Resultados do Advanced Marketing Institute Headline Analyzer

Como você pode observar, nosso título está quase com a pontuação de um “copywriter profissional”, o que não é nada mal.

Este analisador de títulos gratuito é uma ótima forma de medir rapidamente o quão atraente é seu título.

2. Sharethrough Headline Analyzer

Sharethrough Headlines Analyzer é um analisador mais sofisticado que não apenas informa como você se compara aos demais copywriters, como também oferece sugestões para melhorar seu título.

Sharethrough Headline Analyzer

Sharethrough Headline Analyzer

Simplesmente digite seu título no campo de texto, pressione “Descobrir” (“Find Out”) e você receberá uma análise como esta:

Análise de Títulos no Sharethrough

Análise de Títulos no Sharethrough

Como você pode observar, é possível ver seus pontos fortes. Mas mais importante ainda, você recebe sugestões com formas de melhorar que podem ser implementadas imediatamente para executar o analisador novamente com o título atualizado.

Você também recebe a pontuação de engajamento e a pontuação de impressões do seu título:

Resultados da Análise de Títulos no Sharethrough

Resultados da Análise de Títulos no Sharethrough

Em geral, o Sharethrough Headline Analyzer é uma ótima ferramenta gratuita e é especialmente útil quando o usuário estiver apenas começando a aprender a escrever títulos atrativos.

3. CoSchedule Headline Analyzer

CoSchedule Headline Analyzer é o analisador de títulos mais popular do mercado.

CoSchedule Headline Analyzer

CoSchedule Headline Analyzer

Tudo o que você precisa fazer é digitar seu título no campo de texto e clicar em “Analisar Agora” (“Analyze Now”).

No entanto, para receber o resultado da análise do seu título, você precisará fornecer algumas informações pessoais:

Informações solicitadas pelo CoSchedule Headline Analyzer

Informações solicitadas pelo CoSchedule Headline Analyzer

Também serão feitas algumas perguntas sobre seu negócio:

Você também precisará responder algumas perguntas sobre seu negócio

Você também precisará responder algumas perguntas sobre seu negócio

Após enviar as informações solicitadas, você receberá a análise do título, que inclui sua pontuação geral, análise de comprimento, prévia de pesquisa no Google, entre outros detalhes.

Pontuação do Título no CoSchedule

Pontuação do Título no CoSchedule

Nosso título ficou abaixo da média e a sugestão é aumentar o número de palavras incomuns nele.

Análise de Comprimento do Título no CoSchedule

Análise de Comprimento do Título no CoSchedule

Ao que parece, nosso título precisa ser mais curto.

Isso é interessante, porque o Sharethrough havia informado que o comprimento era um dos pontos fortes.

Entretanto, quando observamos a prévia na pesquisa do Google, se torna claro qual é o problema.

Prévia de pesquisa do Google no CoSchedule Headline Analyzer

Prévia de pesquisa do Google no CoSchedule Headline Analyzer

Como pode ser observado, esse título não funciona bem no Google. E isso seria algo ruim se você estivesse escrevendo um artigo cujo foco é o tráfego vindo de mecanismos de pesquisa.

Parece que teremos que criar um título mais curto!

O CoSchedule Headline Analyzer é, sem dúvidas, a melhor destas ferramentas, porque oferece uma análise rigorosa e muitas informações adicionais.

Obviamente, você precisa ter em mente que, embora os analisadores de títulos sejam ferramentas valiosas, não deve tratar as análises deles como verdades absolutas.

Por isso, não fique obsessivo com sua pontuação. O que importa é entender a ideia geral de como seu título se compara aos demais e observar se você pode implementar alguma das sugestões apresentadas.

Encare a análise que você recebe como uma diretriz geral a ser considerada, não como instruções exatas que devem ser seguidas.

Além disso, usar analisadores de títulos é uma ótima forma de desenvolver uma intuição para o copywriting: quanto mais você usa, menos precisa delas e, eventualmente, começa a se sentir confiante o suficiente para escrever títulos por conta própria.

E se Você Não Conseguir Criar Ideias de Títulos?

Se estiver com dificuldades para escrever um título, não perca seu tempo olhando para uma página em branco, porque isso não ajudará em nada.

Leia “52 Headline Hacks” de Jon Morrow para buscar inspiração. E se isso também não te ajudar?

Então é hora de usar geradores de títulos!

4. Sumo Kickass Headline Generator

Sumo Kickass Headline Generator pede que você inicie o processo ao selecionar para qual tipo de conteúdo deseja criar um título.

Sumo Kickass Headline Generator

Sumo Kickass Headline Generator

Em seguida, você é levado para uma página com campos de texto que devem ser preenchidos para que veja as sugestões de títulos.

As sugestões de títulos são geradas imediatamente.

Sugestões de Títulos no Sumo Kickass Headline Generator

Sugestões de Títulos no Sumo Kickass Headline Generator

Como você pode ver, a ferramenta não funcionou muito bem para este tópico em particular, mas pode funcionar com outros temas.

Além disso, explorar essa ferramenta é uma boa forma de memorizar modelos de títulos!

5. Inbound Now Blog Title Idea Generator

Inbound Now Blog Title Idea Generator é uma ferramenta simples, mas divertida que você pode usar para gerar ideias de títulos.

Inbound Now Blog Title Idea Generator

Inbound Now Blog Title Idea Generator

Tudo o que você precisa fazer é clicar no botão “Clique para Gerar Ideias de Título!” (“Click to Generate Title Idea!”) e um modelo de título será exibido.

Não gostou dele? Clique no botão novamente. Cedo ou tarde a ferramenta vai gerar algo que te agrade.

6. Impact Blog Title Generator

Impact Blog Title Generator é similar ao Inbound Now Blog Title Idea Generator, mas tem mais funcionalidades, um visual incrível e é melhor de forma geral (sem ofensas ao pessoal do Inbound Now, mas temos que ser realistas!).

Impact Blog Title Generator

Impact Blog Title Generator

Você precisa digitar seu tópico no campo de texto e pressionar o botão “Próximo” (“Next”).

Em seguida, será levado a uma página em que um modelo de título será oferecido e poderá personalizá-lo, preenchendo os espaços em branco.

Modelo de Título no Impact Blog Title Generator

Modelo de Título no Impact Blog Title Generator

Você pode gerar outro modelo de título ou clicar no botão de coração para adicionar o título ao seu caderno.

Esse é um gerador de títulos realmente impressionante e o recurso de caderno é muito conveniente se quiser experimentar várias ideias de títulos.

7. Portent Content Idea Generator

Portent Content Idea Generator é um excelente gerador de títulos com um design único e cheio de estilo.

Portent Content Idea Generator

Portent Content Idea Generator

Tudo o que é preciso fazer é inserir seu assunto no campo de texto e clicar na seta para prosseguir.

Você não só receberá uma ideia de título, como também uma explicação sobre o raciocínio por trás dela.

Usando o Portent Content Idea Generator

Usando o Portent Content Idea Generator

Esses balões com explicações são recursos valiosos para aqueles que desejam aprender a escrever títulos melhores.

8. SEOPressor Blog Title Generator

SEOPressor é outro gerador de títulos que você pode experimentar.

SEOPressor Blog Title Generator

SEOPressor Blog Title Generator

Simplesmente coloque uma palavra-chave no campo de texto, use o menu suspenso para descrevê-la e pressione o botão “Gerar Títulos” (“Generate Titles”).

Usando o SEOPressor Blog Title Generator

Usando o SEOPressor Blog Title Generator

Como você pode ver, os títulos são bastante interessantes. Quem não gostaria de ler um artigo sobre “O Guia Bilionário Sobre Ferramentas de Análise de Títulos que te Ajudam a Enriquecer”? Acho que eu deveria ter escrito esse artigo!

Ele também apresenta dicas para escrever títulos.

Não tenha medo de usar ferramentas de geração de títulos. O bloqueio criativo de autores é um problema real. Às vezes, você só precisa de um pouco de ajuda para que sua criatividade comece a fluir novamente.

Resumo

Títulos são elementos cruciais em posts de blogs, páginas de vendas e quase todo tipo de conteúdo. São eles que definem seu sucesso.

Não importa quão bom é seu artigo. Se você não for capaz de fazer as pessoas se interessarem por ele, ninguém o lerá. Assim como fica claro em todos os posts virais do estilo “clickbait”, até mesmo um texto medíocre pode receber muita atenção quando combinado com um título atrativo.

Ninguém está dizendo que você deveria transformar seu blog em um clone do BuzzFeed, mas é preciso aprender a escrever títulos que chamem atenção.

E não se esqueça do que Ogilvy disse. Quando você escreve seu título, investe oitenta centavos de cada dólar que tem. Por isso, se assegure de fazer um bom investimento.


Se você gostou deste artigo, então você vai adorar a plataforma de hospedagem WordPress da Kinsta. Turbine seu site e obtenha suporte 24/7 de nossa experiente equipe de WordPress. Nossa infraestrutura baseada no Google Cloud se concentra em escalabilidade automática, desempenho e segurança. Deixe-nos mostrar-lhe a diferença Kinsta! Confira nossos planos