Hoje em dia, não faltam opções para ajudar você a colocar o seu site em funcionamento. No entanto, escolher a opção certa pode ser difícil. Isto é especialmente verdade se você estiver deliberando entre os dois grandes jogadores como Webflow vs WordPress.

Felizmente, há uma maneira de tornar esta escolha um pouco mais fácil. Comparando Webflow vs WordPress em algumas áreas chave, você pode descobrir qual é a mais adequada para atender às suas necessidades.

Neste artigo, vamos apresentar a você os conceitos básicos de Webflow e WordPress. Em seguida, vamos guiá-lo através de cinco elementos principais que você pode querer considerar antes de optar por um em vez do outro.

Vamos começar!

Uma introdução ao Webflow

A Webflow tem oferecido serviços de construção e hospedagem de sites desde 2013. Com um editor visual de fácil utilização, ele oferece uma experiência projetada para levá-lo da criação ao lançamento:

The Webflow homepage.
Webflow

Além disso, não há necessidade de codificar. O Webflow irá gerar automaticamente HTML, CSS e JavaScript sem que você levante um dedo. Entretanto, se você é um desenvolvedor, você ainda terá a oportunidade de editar o código diretamente.

Por esta razão, o público-alvo do Webflow tende a ser aqueles com um pouco de conhecimento de web design. Você não precisa ser um profissional para usar este Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS), mas ele pode ser útil se você estiver esperando construir um site altamente personalizado.

Aqui estão algumas outras vantagens do Webflow que você pode apreciar:

  • Flexibilidade suficiente para possibilidades quase ilimitadas
  • Muitas integrações para facilitar a centralização
  • Um editor visual clássico que torna o design mais intuitivo

No entanto, nenhum produto é perfeito. Há algumas desvantagens potenciais que você pode querer considerar também:

  • O grande número de escolhas de design pode ser intimidante
  • Os planos de preços podem não ser acessíveis para alguns orçamentos
  • A interface é complexa e vem com uma curva de aprendizado

Finalmente, vamos falar sobre popularidade. Em termos de participação de mercado, o Webflow representa cerca de 0,6% de todos os sites. Isto é menos que outras opções, como Shopify e Squarespace. Entretanto, os sites que o Webflow suporta tendem a ter maior tráfego do que seus concorrentes, tornando-o uma opção notável em seu nicho.

Webflow vs WordPress: escolha seu lutador preferido🥊Clique para Tweetar

Uma introdução ao WordPress

WordPress.org é uma opção comparativamente mais experiente. Desde 2003, esta plataforma de código aberto vem evoluindo com uma velocidade impressionante:

The WordPress.org homepage.
WordPress.org

Como uma nota rápida, WordPress.org é diferente do WordPress.com. O último oferece uma solução totalmente hospedada, enquanto o primeiro é um software de código aberto. Ambos são experiências distintas, como refletido por suas estatísticas únicas.

O WordPress não tem um único público-alvo. A pura flexibilidade da plataforma significa que quase qualquer um pode encontrar um uso para ela.

Se você é um profissional de web design, você provavelmente pode tirar proveito dessa liberdade. No entanto, é preciso mais trabalho para construir um site WordPress do que com soluções out-of-the-box como a Wix. Assim, você pode precisar esperar um pouco de aprendizagem, especialmente se você for um iniciante.

No entanto, há algumas razões pelas quais qualquer um pode querer usar o WordPress:

  • Uma plataforma altamente personalizável e flexível que pode criar uma grande variedade de sites
  • Design de código aberto que permite que você personalize completamente todo o seu projeto
  • Grandes bibliotecas de temas e plugins, ambos gratuitos e pagos

Por outro lado, também há algumas desvantagens:

  • Design de código aberto que pode criar mais oportunidades para hackers
  • A edição profunda do site corre o risco de quebrar o seu site se você fizer a mudança errada
  • Atualizações frequentes necessárias para o CMS, plugins e temas

Vamos terminar com um olhar sobre a participação de mercado do WordPress. Este CMS é um gigante em seu campo, com 42,9% dos sites tirando vantagem de sua tecnologia. Isso significa que se você estiver interessado neste programa, você terá muitos outros usuários.

Webflow vs WordPress: Qual é o melhor para o seu próximo site? (5 considerações Chave)

Agora que revisamos o básico, aqui estão cinco elementos que você pode querer considerar antes de fazer sua escolha entre Webflow vs WordPress.

1. Facilidade para o usuário

A facilidade de uso é fundamental para a construção de um site – afinal, lutar com uma plataforma pode levar um tempo precioso para a criação do seu site. Aqui estão alguns fatos para ajudar você a decidir entre Webflow vs WordPress para uma experiência de usuário mais perfeita.

Webflow

O Webflow oferece um conjunto impressionante de recursos de configuração. Por exemplo, você terá acesso à University Webflow. Isto lhe fornecerá uma série de cursos, acampamentos de treinamento e vídeos para que você tenha seu site fora do ar.

O Webflow também tentou simplificar o processo de configuração. Ao ser lançado, você terá uma caminhada na forma de um assistente de configuração:

O assistente de configuração do Webflow.
O assistente de configuração do Webflow.

Este curso intensivo provavelmente irá equipá-lo o suficiente para começar a navegar na interface. Infelizmente, pode não ser o suficiente para familiarizá-lo com todos os elementos-chave – o layout está ocupado com uma variedade vertiginosa de opções:

An example of the Webflow interface.
Interface Webflow

Se você está se sentindo um pouco intimidado, não entre em pânico! Mesmo um designer experiente provavelmente vai precisar de algum tempo para se aclimatar a esta interface. Você pode precisar de muito mais tempo se você for relativamente novo no jogo.

Mesmo assim, você provavelmente ficará feliz por ter investido esse tempo. Pode parecer complexo, mas o design compacto também significa que você tem acesso rápido às ferramentas utilizadas com mais frequência.

Além disso, o Webflow é bastante fácil de estender a uma variedade de tarefas. Se você está esperando construir uma loja online ou um pequeno blog, você pode usar as mesmas ferramentas no mesmo formato. Entretanto, tenha em mente que designs mais complexos provavelmente exigirão um entendimento mais profundo da plataforma.

WordPress

O famoso processo de configuração de cinco minutos do WordPress é um recurso formidável. Tudo o que você precisa fazer é inserir algumas informações e você está a caminho.

No entanto, usar o WordPress significa que você precisará procurar seu próprio provedor de hospedagem. Por outro lado, a hospedagem é um recurso embutido com o Webflow. Você terá mais escolhas se você usar WordPress, mas encontrar o seu melhor ajuste pode levar algum tempo.

Uma vez terminadas essas tarefas iniciais, você estará pronto para mergulhar no painel de instrumentos. Nós já mostramos a você como o Webflow é um pouco complicado. Em comparação, o layout simplificado do WordPress pode ser uma lufada de ar fresco:

The WordPress dashboard.
Painel do WordPress

No entanto, ela vem com seus próprios desafios. Esta abordagem requer mais alguns cliques para alcançar as ferramentas que você vai precisar para diferentes tarefas. Isso significa que você pode ter mais dificuldade para aprender as cordas se você não tiver certeza por onde começar. Felizmente, a barra lateral organizada torna isso um pouco mais fácil.

Quando se trata de extensibilidade, é difícil vencer o WordPress. Uma enorme variedade de plugins e temas significa que você pode adaptar o seu site para servir a quase qualquer propósito. No entanto, isto também significa que você terá que aprender as entradas e saídas únicas de cada adição.

2. Suporte da comunidade

Não importa onde você caia no debate Webflow vs. WordPress, uma coisa é certa: qualquer uma das escolhas lhe proporcionará muitos outros usuários para lhe fazer companhia. Vamos ver como estas duas plataformas diferem em termos de comunidade e suporte ao cliente.

Webflow

O Webflow vem completo com um fórum dedicado. Esta funciona como uma maneira fácil para você entrar em contato com outros usuários sobre questões que você possa ter. Ele também permite que você procure na Webflow University por qualquer conteúdo específico que você esteja tentando encontrar.

Você também encontrará a seção “Show & Tell” aqui. Este é um lugar onde você pode mostrar o trabalho que você fez com a plataforma. Ele também pode ser uma fonte de inspiração de criativos de todos os diferentes gêneros.

Se você preferir suporte profissional, o Webflow vem com atendimento ao cliente. Você pode contatar a sua equipe e receber suporte por e-mail nos dias úteis. Isto é especialmente útil se você tiver dúvidas sobre seu plano de preços.

A comunidade Webflow também oferece uma variedade de eventos e grupos aos quais você pode se juntar. Similar aos fóruns, estes podem ser oportunidades para aprender mais sobre a plataforma e se conectar com outros criadores.

WordPress

Como software de código aberto, falta ao WordPress opções de suporte ‘oficiais’. No entanto, esta plataforma oferece uma variedade de recursos diferentes com os quais você pode contar. Estes cobrem quase todos os níveis de habilidade, desde designers experientes até aqueles que ainda estão aprendendo sobre o WordPress.

Uma razão para isso é o fato de que o WordPress é de código aberto. Isso significa que todo o seu código está disponível publicamente. Além disso, isso também significa que você pode editar ou redirecionar esse código da maneira que você quiser.

Além da flexibilidade do projeto, isto também deu origem a uma comunidade robusta. Você pode conferir a complexa documentação do WordPress, bem como os fóruns dedicados. Plugins e temas individuais têm até mesmo fóruns únicos que você pode visitar.

Finalmente, o WordPress também oferece uma variedade de eventos centrados em torno do programa, onde os usuários podem aprender uns com os outros. Hoje em dia, eles se mudaram em grande parte para a esfera virtual. Isto torna ainda mais fácil se envolver com a comunidade.

3. Opções de design

Uma vez que você esteja pronto para começar a projetar, é importante considerar quais opções estão disponíveis para você. Aqui estão alguns elementos a serem considerados antes de você fazer a sua escolha de CMS.

Webflow

Uma das maiores vantagens do Webflow são os seus modelos. Estes são sites pré-fabricados projetados por profissionais de desenvolvimento. Isso significa que eles são otimizados tanto para o desempenho quanto para a estética:

A selection of Webflow templates.
Webflow templates

No entanto, você ainda está livre para editar os modelos conforme necessário. Como resultado, você pode construir um site altamente personalizado sem ter que criar a base ou se preocupar com o código de fundo. Você pode até mesmo mudá-lo minimamente se você estiver procurando por um começo rápido.

Este processo de edição é um pouco mais fácil com o editor visual. Os resultados são em grande parte “o que você vê é o que você recebe”, o que significa que há menos necessidade de alternar entre a tela de edição e suas prévias.

Você também tem uma grande seleção de escolhas dentro deste editor. Você pode mudar quase tudo: layouts, espaçamento, textos, layouts para dispositivos móveis, e muito mais. Desde que você esteja disposto a colocar o tempo dentro, é uma caixa de areia virtual.

Também vale a pena notar que você pode criar ‘coleções’. As coleções são conteúdos reutilizáveis que você pode armazenar em um banco de dados para uso futuro. Assim, é uma maneira fácil de racionalizar seu trabalho em diferentes áreas do seu site.

WordPress

Se você estiver comparando Webflow vs WordPress, o editor visual deve ser uma consideração primária. Isso porque o WordPress não usa exatamente a mesma abordagem do Webflow. Ao invés de um editor de frontend, ele usa algo chamado Block Editor:

Turbine o seu site e desfrute do suporte 24/7 da nossa veterana equipe de WordPress. Nossa infraestrutura alimentada pela Google Cloud foca na escalabilidade, desempenho e segurança. Confira nossos planos!

An example of the WordPress Block Editor.
WordPress Block Editor.

Este sistema baseado em módulos é bastante fácil de usar: cada peça de conteúdo existe como seu próprio bloco e pode ser editado e movido individualmente. Entretanto, não é tão visual quanto o editor do Webflow. Você precisará investir em um plugin de construção de página para obter esse efeito.

O sistema Block Editing também está presente nas seções widget do WordPress. Estes são pequenos elementos funcionais que podem ser colocados em partes específicas do seu site. É uma maneira simples de adicionar consistência em áreas como barras laterais, cabeçalhos e rodapés.

Em termos de projetos pré-fabricados, o WordPress oferece uma impressionante coleção de temas. Você pode escolher entre opções gratuitas e pagas que cobrem uma gama exaustiva de nichos. Estes temas também são extremamente flexíveis: você pode editar o código diretamente ou usar o sistema integrado do WordPress para uma abordagem mais fácil.

4. Otimização para mecanismos de pesquisa

Search Engine Optimization (SEO) é uma parte essencial para ajudar outros a encontrar o seu site. Em grande parte, como o seu site será classificado dependerá se você escreve conteúdo de qualidade. Entretanto, existem alguns fatores nos bastidores que dependem de sua escolha do CMS.

Webflow

Como já abordamos, o Webflow é mais uma solução tudo em um do que o WordPress. Isso significa que ele também vem com uma variedade de ferramentas para ajudar você a alcançar SEO ideal o mais rápido possível.

Por exemplo, a plataforma é construída em torno da criação de páginas amigáveis para dispositivos móveis. Esta métrica é fundamental para colocar no alto da classificação de busca, sem mencionar os benefícios para os seus visitantes.

O Webflow também toma uma variedade de outras medidas, incluindo:

  • Sitemaps auto-gerados e submetidos
  • Código limpo e leve para melhor apelar aos rastreadores do local
  • Construção leve para garantir velocidades de carregamento mais rápidas

Tudo isso junto significa que você provavelmente não terá que se preocupar muito com SEO backend. Por outro lado, você está cedendo o controle sobre este importante elemento e deve confiar nas otimizações que o Webflow faz para você.

WordPress

Por padrão, o WordPress vem com um conjunto menor de ferramentas de SEO. O código base foi projetado com uma performance suave em mente. Entretanto, se você mudar esse código – que é um dos principais apelos do WordPress – você pode perder esse benefício.

No entanto, o WordPress também pode ajudá-lo a ter mais controle sobre seus rankings de pesquisa, graças às muitas ferramentas adicionais que estão disponíveis. Plugins como Yoast SEO e All in One SEO podem ajudá-lo a aumentar essa métrica chave, otimizando seu conteúdo para palavras-chave, adicionando metadados para bots de mecanismos de pesquisa, e muito mais.

Também vale a pena notar que pode ser mais fácil migrar um site WordPress. Isso importa porque mover seu site pode prejudicar o SEO se você não for cuidadoso. Felizmente, se você escolheu uma hospedagem WordPress gerenciada de alta qualidade, você pode quase certamente confiar no seu provedor para realizar esta tarefa para você.

5. eCommerce, planos e preços

Vamos terminar com um olhar sobre o eCommerce e preços. Esta é uma área onde a discussão Webflow vs. WordPress fica interessante. Ambos têm opções muito diferentes para oferecer a você, então vamos mergulhar bem neles.

Webflow

O eCommerce é construído diretamente no mecanismo do Webflow. Tudo o que você precisa fazer é ativar uma extensão e integrar seus serviços de remessa. A partir daí, é só uma questão de projetar o seu site.

Entretanto, aqui é onde o Webflow vs WordPress começa a diferir um pouco. Se você estiver usando o Webflow, você terá menos opções para os processadores de pagamento. Estas virão com uma taxa padrão do Webflow – e isso está além das taxas que você estiver pagando aos gateways e empresas de transporte.

Como o Webflow hospeda seus sites, você também precisará selecionar um plano:

Um exemplo de coleção de planos de sites da Webflow.
Planos do site Webflow

Estes são pagos mensalmente e começam em US$ 29 por mês. Há planos mais baratos disponíveis, mas se você quiser um plano de eCommerce que permitirá aos usuários comprar produtos em seu site, você precisará optar pelas opções premium.

WordPress

A natureza de código aberto do WordPress não o torna apenas flexível: ele também o torna gratuito. Tudo o que você tem que fazer é baixar o software para começar.

No entanto, isto não contabiliza outros custos do site. Você precisará pagar por uma variedade de outros elementos que estão incluídos nos planos do Webflow por padrão, incluindo hospedagem WordPress não gerenciada ou gerenciada, assim como um nome de domínio.

Quando se trata de eCommerce, a opção mais popular para usuários do WordPress é o WooCommerce:

WooCommerce home page
WooCommerce

Enquanto haverá taxas associadas a portais de pagamento, cartões de crédito e envio, o WooCommerce em si é gratuito. Pode levar um pouco mais de configuração do que o Webflow, mas também pode acabar sendo mais barato a longo prazo.

Hoje em dia, não faltam opções para ajudar você a colocar o seu site em funcionamento. 🚀 Mas escolher o certo pode ser difícil. Comece aqui ⬇️Clique para Tweetar

Resumo

Não há uma única resposta para qual é a melhor plataforma fora do Webflow vs WordPress. Cada sistema tem seu próprio conjunto de benefícios, desvantagens e atributos únicos. Felizmente, entender como eles diferem em algumas áreas cruciais pode facilitar a sua decisão.

Neste artigo, nós cobrimos cinco áreas que você pode querer considerar antes de fazer a sua escolha:

  1. O nível de facilidade de uso
  2. Quanto suporte da comunidade cada um pode oferecer
  3. A flexibilidade e o poder das opções de design
  4. Como é fácil conseguir um SEO de alta qualidade
  5. As opções disponíveis para planos pagos e sites de eCommerce

Você tem alguma pergunta sobre Webflow vs WordPress? Informe-nos na seção de comentários abaixo!


Economize tempo, custos e otimize o desempenho do seu site com:

  • Ajuda instantânea de especialistas em hospedagem do WordPress, 24/7.
  • Integração do Cloudflare Enterprise.
  • Alcance global com 35 centros de dados em todo o mundo.
  • Otimização com nosso monitoramento integrado de desempenho de aplicativos.

Tudo isso e muito mais em um plano sem contratos de longo prazo, migrações assistidas e uma garantia de 30 dias de devolução do dinheiro. Confira nossos planos ou entre em contato com as vendas com as vendas para encontrar o plano certo para você.