Se você já parou para pensar na razão para usar o WordPress, então chegou no lugar certo. Ponderar essa questão significa que você pelo menos já pesquisou alguma coisa sobre o WordPress ou ouviu falar sobre isso de um amigo ou colega. Mas isso não quer dizer que você analisou por completo todos os prós e contras ou verificou detalhadamente os recursos.

Então a gente gostaria de analisar os benefícios de utilizar o WordPress, mostrando claramente o porquê de ele ser o sistema de gerenciamento de conteúdo e o software de construção de websites mais popular no mundo. O WordPress pode fazer praticamente qualquer coisa!

O Dilema de um Website – Porquê Usar o WordPress?

Para empresários comuns, nomes como WordPress, JoomlaShopify, Magento, Wix, e Weebly podem parecer alienígenas. O processo de construção de um site apresenta esses nomes para você, já que todas eles são plataformas usadas para construir sites. Cada uma tem seus próprios benefícios, enquanto muitas são utilizadas com mais frequência para websites de nicho com fins específicos. Por exemplo, o Shopify apenas tem sentido se você estiver gerenciando uma loja online. Não é uma plataforma na qual tenha lógica abrir um blog para depois o transformar em uma loja de eCommerce. O Magento é idêntico. Outros criadores de websites e plataformas têm mais flexibilidade, e esses são geralmente os mais populares.

Do Squarespace ao Wix, todos possuem fantásticas ferramentas para níveis específicos de competências, mas explicaremos a razão pela qual deve usar o WordPress e não os outros.

  1. O Software é Gratuito e Open Source
  2. Ele Se Adapta A Você, Para Fazer Qualquer Tipo De Website
  3. Suporta Vários Tipos de Mídia
  4. É fácil de Aprender e a sua Comunidade é Enorme
  5. Poderá Ampliar e Expandir Seu Website Com Temas e Plugins
  6. Não É Preciso Ser um Gênio para Gerenciar o WordPress
  7. SEO em Primeiro Lugar
  8. Você Tem Controle Total do Seu Site
  9. O Seu Mecanismo de Blog É o Melhor de Toda a Indústria
  10. Todo Mundo Está Usando Ele
Usar o WordPress é uma opção óbvia. Tem uma razão que justifique o porquê de 34% da web o utilizar 😉Click to Tweet

1. O Software é Gratuito e Open Source

O WordPress.com e o WordPress.org são totalmente gratuitos. Você pode aprender a diferença entre ambos aqui, mas, de forma resumida, o WordPress.org é uma versão auto-hospedada onde você tem mais controlo sobre seu site e tira partido de plugins avançados. O WordPress.com funciona muito bem para quem está começando a mexer com esse lado técnico, mas não é exatamente a melhor opção para quem tem uma empresa que planeja ganhar dinheiro. Ele possui planos com preços mais elevados, mas recomendamos para blogs pessoais e sobre hobbies.

Continuando, o WordPress pode ser gratuitamente baixado por qualquer pessoa. É um projeto open source nascido em 2003. Isso significa que o WordPress é desenvolvido por vários colaboradores. Os projetos de open source são por norma gratuitos, com grandes comunidades. Os usuários muitas vezes participam dessa comunidade enquanto testadores beta ou simples defensores de marca, mas no fundo não há qualquer exigência para a participação se você não se enquadrar em nenhum desses casos.

Aviso: Apesar de o software WordPress ser gratuito, você provavelmente acabará gastando algum dinheiro. O WordPress é auto-hospedado, então a hospedagem é necessária. O preço dela pode começar em torno de $3 por mês para os servidores compartilhados bem baratos, subindo até algumas centenas por mês para aqueles que necessitam de velocidade e desempenho máximos (como na Kinsta).

Você habitualmente consegue encontrar temas e plugins gratuitamente, mas aqueles premium (pagos) geralmente oferecem os melhores recursos e um suporte de qualidade. Por fim, muitos usuários do WordPress acabam por pagar serviços adicionais, seja freelancers ou agências. Por exemplo, você pode pagar a um freelancer para criar um logotipo ou ajustar parte do código CSS em seu site. Já outros usuários do WordPress têm interesse em manter de plantão designers gráficos ou especialistas em manutenção. Tudo depende da sua experiência e da escala do seu site.

Mas, no geral, você pode manter seus custos com o WordPress em um mínimo. Muitos webmasters acabam pagando apenas a hospedagem.

Veja isso em Ação:

Quando você navega para o website WordPress.org, ele explica o básico acerca da plataforma, mas o único botão disponível (além do menu normal) é um link para “Get WordPress”.

“Get WordPress”

Isso conduz você até à página de download, que é frequentemente atualizada, dependendo da versão mais recente (atualmente WordPress 5.2+). Isso oferece uma visão imediata de como o software WordPress é apresentado aos usuários. Você não é bombardeado por banners, nem lhe é pedido que preencha um inquérito antes de baixar o software gratuito. Você vê uma página básica com algumas descrições, versões beta, requisitos, código-fonte, arquivos e um contador de downloads. Oferece várias opções de download (como arquivos .zip e. tar.gz), juntamente com as instruções adequadas para instalar o software WordPress por conta própria.

Baixar a versão mais recente do WordPress

Baixar a versão mais recente do WordPress

O Método de Instalação Fácil

Se está procurando um método de instalação ainda mais simples, recomendamos que consulte a sua empresa de hospedagem. Aquelas com maior reputação têm botões de instalação de um só clique para que o WordPress seja executado em minutos. Na Kinsta, instalar o WordPress é tão fácil quanto clicar em “Adicionar Site”.

Instalar WordPress

Instalar WordPress

Assim não precisará de gerenciar arquivos e carregá-los através de FTP. As empresas de hospedagem WordPress gerenciadas dão um passo em frente, fazendo o gerenciamento de toda a instalação, manutenção, segurança e backups futuros.

Quanto aos updates, você não precisa ficar acendendo a página de downloads toda vez que uma nova versão do WordPress é lançada. Em vez disso, o WordPress dá para você informação sobre a atualização no painel, onde normalmente pode concluir o processo em menos de um minuto.

2. Ele Se Adapta A Você, Para Fazer Qualquer Tipo De Website

Um dos equívocos mais comuns sobre o WordPress é que é ele serve acima de tudo para fazer blogs. Em um determinado momento, esse foi, de fato, o caso. O WordPress foi desenvolvido como uma plataforma para blogs, mas isso foi alterado radicalmente com os seus vários novos lançamentos ao longo dos anos.

Na verdade, o WordPress está em uma posição favorável devido às suas raízes como blog. É claramente um dos métodos mais simples e rápidos de escrever e publicar posts, e isso tudo está incluído desde o início. Algumas ferramentas de criação de websites pensam primeiro no design e aplicativos, e só depois na interface de blog.

Mas isso não acontece com o WordPress, então pode criar um belo site eCommerce e saiba que o blog é parte integrante do processo de desenvolvimento.

Veja isso em Ação:

A lista é interminável, mas aqui fica uma amostra dos tipos de sites que você pode criar com o WordPress:

Mas a lista continua. A boa notícia no WordPress é que a sua funcionalidade para elementos como fóruns e sites de eCommerce é conseguida através de plugins e temas simples. Por exemplo, se eu quisesse fazer um portfólio online para o meu negócio de web design, eu poderia apostar no tema abaixo. Precisaria de pagar uma pequena taxa, carregar alguns dados de demonstração e quaisquer alterações que eu quisesse efetuar.

Site do portfólio WordPress

Site do portfólio WordPress

A captura de tela abaixo mostra um tema de eCommerce bastante popular que acompanha o plugin WooCommerce. O WooCommerce é uma das principais formas de transformar seu site normal WordPress em uma loja online funcional, com processamento de pagamentos, carrinho de compras e galerias de produtos. Confira nosso tutorial detalhado sobre como instalar o WooCommerce.

Loja de eCommerce WordPress

Loja de eCommerce WordPress

Existem igualmente muitos outros plugins de eCommerce como o Easy Digital Downloads (normalmente utilizado para vender produtos digitais) e o WP Ecommerce. Confira este tutorial detalhado sobre instalar o Easy Digital Downloads.

O último exemplo abaixo é de um fórum. Esse site foi construído com apenas um tema, mas também pode optar por procurar alguns plugins de fórum na internet. Se já tiver um tema legal escolhido, então haverá um plugins à sua disposição, mas esse não terá uma funcionalidade para o fórum. E é exatamente assim que você consegue fazer diferentes tipos de sites com o WordPress. Anote o recurso de que você necessita, vá até o Google e veja se existe algum plugin ou tema que corresponda às suas necessidades. Aposto que encontrará sempre bons resultados.

Exemplo do fórum WordPress

Exemplo do fórum WordPress

3. Suporta Vários Tipos de Mídia

Fique à vontade para verificar a longa lista de tipos de arquivos aceites para WordPress, mas saiba que as seguintes categorias principais são todas elas aceites:

De acordo com a minha experiência, o WordPress nunca me disse que um arquivo não é suportado. Você pode fazer upload de arquivos comuns como jpg, .png, .gif .pdf, .doc, .pptx, .mp3, .m4a, .mp4, .mov, .wmv, and .avi. Além disso, não terá problemas com tipos de arquivos mais obscuros como odt, .key, .ogg e .3gp.

E apesar de existirem alguns formatos de arquivo, como SVGs, que não são permitidos, existem boas soluções para contornar essa situação. Confira esse tutorial sobre como pode fazer o upload de SVGs no WordPress em segurança. Resumindo, se você quiser colocar uma foto, gif, vídeo ou documento no seu site, isso normalmente é tranquilo com o WordPress. É até comum hospedar documentos e apresentações em um site sem os pulicar em uma página específica.

Um alerta

Sim, o WordPress suporta praticamente qualquer tipo de mídia. Contudo, deverá seguir as regras e usar apenas a mídia de utilização legal, que seja propriedade sua, ou que esteja disponível para download gratuito ou utilizável quando é dado o crédito devido.

Aqui ficam alguns locais onde pode encontrar mídia legal, como fotos e vídeos:

Confira a lista completa de lugares nos quais pode encontrar imagens gratuitas para WordPress.

Ver isso em Ação:

Enquanto ótimo exemplo de suporte de mídia para WordPress, o website Sony Music promove faixas e vídeos musicais. Ou seja, pode encontrar vários formatos de clipes de vídeo e áudio no site. Além disso, é um site com fotos pesadas, como você pode ver na grande foto de Kenny Chesney no cabeçalho. Apesar de alguns criadores de websites estarem ficando melhores no suporte de mídia, quase sempre você encontrará algo que não é permitido.

Sony – exemplo de mídia no WordPress

Sony – exemplo de mídia no WordPress

O website Variety também utiliza o WordPress, e sua homepage está repleta de itens como imagens de fundo, videoclipes curtos, trailers de filmes, animações, faixas de música e galerias de filmes e programas de TV. É difícil encontrar um exemplo que seja melhor do que o Variety, já que cada artigo escrito para a revista de entretenimento está de alguma forma relacionado com mídia.

Variety – exemplo de mídia no WordPress 2

Variety – exemplo de mídia no WordPress 2

4. É fácil de Aprender e a sua Comunidade é Enorme

Enquanto software open source, o WordPress pode ser usado por qualquer pessoa. A base de usuários não está limitada por preço, suporte premium ao cliente ou até mesmo nível de capacidade. Obviamente existem muitas coisas que precisa aprender acerca do WordPress, mas qualquer pessoa pode brincar com o painel durante dez minutos, começando assim a entender o funcionamento da interface.

E como não existem muitas barreiras para ter acesso ao software, os usuários criaram blogs, fóruns, cursos online, seminários, conferências online e livros, cada um descrevendo diferentes aspetos da plataforma WordPress. Depois também existe o suporte ao cliente mais oficial do WordPress. Você poderá pagar um extra para ter suporte dedicado ou para discernir os fóruns WordPress.

É incrível o número de recursos que existem para que você saiba mais sobre o WordPress ou ter uma resposta rápida para perguntas relacionadas com o desenvolvimento. Por exemplo, poderá seguir um blog como esse para receber um fluxo consistente de dicas sobre o WordPress em seu email. Por outro lado, também pode pesquisar no Google para encontrar soluções imediatas (o WPBeginner é conhecido por fazer correções rápidas).

Veja isso em Ação:

Vemos a comunidade WordPress como uma ajuda em duas partes do processo de aprendizagem:

A formação em WordPress pode ser encontrada gratuitamente ou em troca de uma taxa, mas uma coisa é certa: os melhores cursos online são bem organizados, acessíveis e repletos de informação que poderá usar, facultar aos clientes ou compartilhar com seus funcionários. Por exemplo, o website WP101 é um local de formação bem conhecido, com um ótimo curso de vídeo sobre os seguintes tópicos:

Aprenda tutoriais do WordPress

Aprenda tutoriais do WordPress

Após aprender mais sobre o WordPress através de um curso de formação, você irá trabalhar com os seus próprios websites. Tendo em consideração que o WordPress não faculta suporte dedicado e tradicional, você precisará de recorrer a blogs, fóruns, Google e outras comunidades online. O fórum principal de suporte do WordPress deve ser suficiente para a maioria dos seus problemas relacionados com o desenvolvimento. Na captura de tela mostrada abaixo, são mostrados tópicos para corrigir o WordPress, o networking com WordPress, instalações de localhost, instalações normais e muito mais. Eu pessoalmente gosto mais de “buscar no Google e ver o que aparece”, mas os fóruns e blogs são cruciais para resolver rapidamente os problemas.

Quanto aos plugins e temas premium, esses desenvolvedores normalmente disponibilizam seu próprio suporte dedicado através de bases de conhecimento, fóruns, sistemas de emissão de bilhetes e email.

Fóruns de suporte do WordPress

Fóruns de suporte do WordPress

5. Poderá Ampliar e Expandir Seu Website Com Temas e Plugins

Já discutimos a forma como os temas e plugins do WordPress simplificam a construção de um website, mas esses elementos também são decisivos para aumentar a sua dimensão. Para um blog típico, instalar um tema, ajusta o design e começa a blogar. O mesmo é válido para um site empresarial ou um portfólio de negócios.

Normalmente os temas atuam como base do website. Após isso, o trabalho de design é residual, exceto algumas mudanças de cor, adições de logotipos e, é claro, novas páginas e posts no blog.

Mas, por vezes, você percebe que precisa de adicionar algo novo ao seu website. Talvez seus clientes estejam pedindo uma seção de membros para o seu site, ou talvez você tenha percebido que um questionário mensal é um excelente método para fazer com que os clientes interajam com sua marca. Em ambas as situações, um plugin corrige o problema.

Por exemplo, existem excelentes plugins de adesão que convertem parte do seu site em uma comunidade. Alguns são gratuitos e outros não. O mesmo é válido para plugins de questionários. A gente tem uma lista dos melhores plugins de teste no mercado, e isso é apenas uma amostra da seleção.

A Expansão do Site Não é Feita Somente com Plugins

Sim, os plugins normalmente são os grandes protagonistas quando chega o momento de adicionar funcionalidade ao seu website. Na maioria das vezes, você precisa apenas de um tema para o lançamento do site.

Mas, com o crescimento do seu site, você começará notando diferentes necessidades, acompanhando também alterações na indústria. Um ótimo exemplo disso foi quando o Google começou a recompensar sites responsivos para dispositivos móveis. Em apenas um ano, parecia que todos os desenvolvedores de temas do WordPress haviam começando a vender designs compatíveis com dispositivos móveis. Então, foram muitos os proprietários dos websites que precisaram de tomar ações e obter novos temas.

Também é comum para os websites em crescimento obterem novos temas pelas seguintes razões:

Veja isso em Ação:

Procurar um tema WordPress é tão simples como fazer uma busca no Google. Você pode encontrar várias listas que cobrem diferentes categorias de temas WordPress. Tente fazer buscas com as frases “temas de imobiliário para WordPress” ou “temas planos para WordPress”, e encontrará muitas opções. Contudo, deve optar por uma loja confiável de temas WordPress e/ou por um desenvolvedor. Isso garante um suporte de qualidade, um código rápido e bem otimizado e atualizações a longo prazo.

Loja de temas WordPress

Loja de temas WordPress

Fica aqui uma lista de alguns websites com temas reputados e bem conhecidos:

Existem também muitos mercados de temas online. Contudo, tenha cuidado com eles, já que por vezes desenvolvedores desaparecem da face da terra, deixando um tema sem qualquer suporte. Mas também apresentam uma grande variedade, incluindo temas de grande qualidade, você só precisa procurar um pouco mais:

Os plugins são semelhantes aos temas, já que pode encontrar versões gratuitas e premium. A única distinção é que os plugins gratuitos são muito mais usados por websites empresariais. Os temas livres são bons para blogs pessoais e para aqueles que estão começando, mas os profissionais geralmente gastam $50-$100 para terem um tema premium muito melhor. Leia o artigo detalhado sobre temas WordPress grátis vs pagos para ter um melhor compreensão sobre o que pode ser adequado para você.

Contudo, isso nem sempre é o caso dos plugins, já que muitos dos melhores plugins foram gratuitos desde o início. Você pode procurar por novos plugins através no seu painel WordPress ou entrar na biblioteca de plugins WordPress. Essa biblioteca tem mais de 50.000 plugins, a maioria gratuita (ou oferecidos de acordo com algum modelo empresarial freemium). A biblioteca tem tudo, de plugins para cache a plugins de fóruns e também plugins para spam ou redes sociais. A instalação de um plugin não demora mais do que alguns minutos, e cada uma das páginas de plugin inclui capturas de tela, listas de recursos e até mesmo algumas demonstrações.

Repositório de plugins do WordPress

Repositório de plugins do WordPress

Muitos plugins premium são também vendidos em toda a internet. A principal diferença entre um plugin gratuito e um premium é que muitas vezes você recebe tem suporte ao cliente com um plugin pago. Aqui ficam alguns locais ótimos para procurar por plugins premium:

6. Não É Preciso Ser um Gênio para Gerenciar o WordPress

As empresas de desenvolvimento de websites costumam vender pacotes dispendiosos nos quais pedem um adiantamento e um pagamento mensal para manutenção. O único problema é que o WordPress não é assim tão difícil de entender, isso se você aprender os truques e tiver uma formação adequada. O gerenciamento de sites normalmente envolve algumas coisas:

  1. Garantir que o servidor está saudável.
  2. Efetuar verificações regulares de segurança.
  3. Executar backups.
  4. Atualizar plugins, temas e o software WordPress.
  5. Gerenciamento de spam.
  6. Teste de funcionalidade e links quebrados.
  7. Fazer melhorias na velocidade e SEO.

Não é você quem verifica o servidor, então deve encontrar um bom host e ver se o site está funcionando o tempo todo. O capítulo da segurança e de backups é gerenciado através de plugins ou então por um plano de hospedagem WordPress. Os restantes elementos da lista só precisam ser executados de vez em quando. Por exemplo, aqui na Kinsta os backups são efetuados automaticamente todos os dias, armazenados durante 14 dias e podem ser restaurados com um clique.

Restaurar o backup do WordPress

Restaurar o backup do WordPress

Por exemplo, você provavelmente acabará por querer instalar um plugin de cache para ajudar a aumentar a velocidade do site. O mesmo é válido para o SEO. O gerenciamento de spam é feito pelo plugin Akismet e existem alguns plugins disponíveis para corrigir links quebrados.

Veja isso em Ação:

Uma das únicas tarefas manuais de manutenção é atualizar plugins, temas e o próprio WordPress. A boa notícia é que o WordPress avisa quando as atualizações são liberadas. Ou seja, você faz as atualizações sempre que encontrar os avisos. Geralmente, demora menos de um minuto para concluir as atualizações, e você pode depois regressar ao trabalho.

Atualizar plugins do WordPress

Atualizar plugins do WordPress

Os restantes elementos (SEO, backups, velocidade, segurança, links quebrados e spam) podem ser gerenciados através de plugins. Por exemplo, o plugin WP Time Capsule é uma ferramenta maravilhosa para configurar backups de arquivos e bancos de dados incrementais. O plugin corre em segundo plano. Se um arquivo for corrompido ou o site travar, a função de restauro estará lá para resolver o problema.

Backups WordPress

Backups WordPress

Veja também essas três dicas organizacionais para usuários do WordPress que podem ajudar a tornar o gerenciamento do painel administrativo um pouco mais fácil.

7. SEO em Primeiro Lugar

O WordPress é conhecido por ter o SEO embutido na sua plataforma. Na verdade, o WordPress gera automaticamente etiquetas de título e meta descrições para todas as suas páginas e publicações. Isso permite que os mecanismos de busca tomem conhecimento sobre o seu conteúdo, e isso fará com que o site seja indexado e possivelmente subirá no ranking. Como em tudo no WordPress, também existem recursos mais avançados oferecidos por plugins e ferramentas online. Aqui ficam alguns dos favoritos de SEO a serem considerados:

Veja isso em Ação:

plugin Yoast SEO é também uma presença obrigatória para qualquer site WordPress. As ferramentas padrão de SEO no WordPress são ótimas, mas o Yoast é o nível seguinte.

Abaixo você tem uma seção do Yoast que que lhe pede uma keyword central. Ela pode ser aplicada a uma página ou postagem no blog. Ao segmentar essa keyword central, o Yoast analisa a publicação ou a página atual e compartilha a eficácia da segmentação da keyword. Você verá a densidade das keywords, considerações sobre as localizações das keywords, menções de título em SEO, sugestões para títulos de páginas e muito mais. É basicamente uma enorme lista de verificação para você ter o melhor SEO possível em todas as páginas.

Foco da keyword no Yoast SEO

Foco da keyword no Yoast SEO

Confira esse artigo com mais de 45 dicas de SEO e esse sobre os melhores plugins para SEO do WordPress para começar a aumentar seu tráfego orgânico.

8. Você Tem Controle Total do Seu Site

Uma busca no Google por “construtores de sites” ou “plataformas de website” mostrará muitos resultados. O WordPress provavelmente fará parte de todas as listas de criação de sites, juntamente com seus concorrentes como WIX, Squarespace, Joomla, Magento, Shopify, Weebly e Jimdo. Todas essas ferramentas são ótimas para criar sites, mas os que não têm código open source, como o Squarespace, Shopify e WIX, limitam seu controle aos recursos dos pacotes premium.

Isso deixa você com algumas limitações:

  1. A funcionalidade de e-commerce está normalmente embutida, ou seja, não há muito o que fazer em relação ao aumento das potencialidades dos plugins.
  2. Você normalmente fica preso a qualquer tipo de hospedagem facultado.Não terá liberdade de testar hosts e conseguir o valor ou desempenho esperados.
  3. A adaptação do código está limitada ao que as empresas compartilham com você.Pior do que isso, você fica preso a uma linguagem de código totalmente única, como acontece o Shopify (ele usa uma linguagem chamada Liquid). Resumidamente, isso é quase uma garantia que terá de contratar um desenvolvedor especializado para efetuar alterações que você não consegue fazer com o editor.
  4. Tecnicamente você não é detentor da propriedade total do seu website e conteúdo.Você está alugando o site dessas empresas. Então, quando você deixa de pagar, todos esses arquivos e páginas são perdidos ou mantidos pela empresa. Com o WordPress, você é o dono dos arquivos e ninguém poderá impedi-lo de alterar a localização para outro host.

Veja isso em Ação:

O separador Aparência é o centro de controle de todas as personalizações WordPress. É onde pode controlar temas, fontes, cores, widgets, menus, logotipos e códigos. Pode ajustar tudo nessa área. É algo ótimo para iniciantes, intermediários e usuários avançados, pois limita a quantidade de código na qual você mexe e, ao mesmo tempo, acelera o processo de desenvolvimento.

Para além disso, são vários temas que têm seus próprios módulos de personalização ou então pode instalar um editor como o modo drag-and-drop (arrastar e largar) para remover quase por completo a necessidade de codificação.

Personalize a aparência do WordPress

Personalize a aparência do WordPress

Em relação às edições avançadas, todos os arquivos do site estão acessíveis no painel do WordPress, na sua conta de hospedagem ou através de um ambiente local. Se você está tentando inserir um pedaço de código para o Google Analytics, ou se está tentando efetuar uma revisão completa do CSS da página de entrada, o WordPress trata desses problemas.

Editor de aparência do WordPress

Editor de aparência do WordPress

9. O Seu Mecanismo de Blog É o Melhor de Toda a Indústria

O WordPress nasceu como uma plataforma de blogs. Tem seus concorrentes, mas nada se equipara atualmente ao alcance, elegância e ferramentas avançadas que encontra no mecanismo de blog do WordPress. Opções como Tumblr, Medium, Ghost e Blogger estão perfeitamente adaptadas para amadores, mas os profissionais preferem também o WordPress. O editor de blogs WordPress tem um incrível conjunto de ferramentas.

Você pode executar um blog simples com apenas um autor, tirando partido das ferramentas de formatação e mídia. Existe também uma opção para criar uma revista plenamente funcional, agendando posts a priori e definindo vários tipos de usuários para colaboradores e editores. Juntamente com as opções para visualizar, editar tudo no artigo e manter o código completamente fora da equação, é impossível derrotar o WordPress.

Veja isso em Ação:

Uma vantagem da plataforma WordPress são as permissões ou funções de usuário. Vamos partir do princípio que você executa o site como administrador. Isso significa que você tem acesso aos arquivos, plugins, SEO e ferramentas de segurança. Você contrata um editor e três redatores a fim de criarem conteúdo para o blog. O único problema é que você não quer que eles fiquem mexendo em outras coisas que não nos artigos do blog.

Ou seja, você pode dar para um o papel de Editor e os restantes elementos ficam como Colaboradores. O Editor agora pode editar e publicar postagens, enquanto os Colaboradores podem criar artigos, mas sem os publicar.

Funções e permissões do WordPress

Funções e permissões do WordPress

Podemos ver também a interface do blog para ver como ela é bem abrangente e organizada. Você pode adicionar mídia e alterar a formatação com um clique. Ela permite alterar o título e o permalink na parte superior, e há opções para categorias, etiquetas e legibilidade. As revisões são exibidas para que consiga visualizá-las e recuperar as versões anteriores, e os botões Visualizar e Publicar esperam por você na reta final.

Editor WordPress

Editor WordPress

A perspetiva Visual renderiza o HTML, dando para você uma visão aproximada daquilo que os usuários finais irão encontrar. Também pode alternar para a visualização de texto, que revela todo o conteúdo da postagem no formato HTML.

Lutando com tempo de inatividade e problemas no WordPress? Kinsta é a solução de hospedagem projetada para economizar seu tempo! Confira nossos recursos
Visualização de texto em HTML do WordPress

Visualização de texto em HTML do WordPress

10. Todo Mundo Está Usando Ele

Então arrisque também! Okay, só porque todo mundo está fazendo algo, isso nem sempre significa que deve fazer também. Mas o WordPress já comprovou sua qualidade várias vezes, então seu desempenho, capacidade de expansão e facilidade de uso já são bem conhecidos. Existe uma razão pela qual 29.3% de todos os sites na internet usam WordPress.

Patrick Coombe, um conhecido especialista em SEO, colocou uma pergunta para proprietários de sites e profissionais de marketing, para o inbound.org: “Se vocês pudessem começar seu site agora, o que mudariam?” Larry Kim, o fundador do WordStream, afirmou:

WordPress vs Drupal

WordPress vs Drupal

Você pode continuar lendo sobre as duas plataformas aqui: WordPress vs Drupal – Qual a melhor? (Prós e contras)

É óbvio que o WordPress está fazendo algo positivo. Você também não precisa de fazer muito para o testar. Como mencionado, o software WordPress é gratuito, e a maioria das empresas de hospedagem oferece algum tipo de garantia de reembolso.

Os usuários mais experientes do WordPress elogiam os desenvolvedores pelas suas constantes atualizações e melhorias. O bom é que sempre que uma atualização é lançada, tem uma página informativa que descreve como a atualização irá melhorar a experiência WordPress.

Veja isso Ação:

62% das 100 empresas com crescimento mais rápido nos EUA (Inc. 5000) utilizam o WordPress. – Nelio Software

O WordPress tem uma mostra completa de marcas que estão usando o WordPress, o que inclui todas as áreas, desde o zoológico de Houston à Fundação Obama, e até mesmo a Toyota. Alguns outros bem conhecidos incluem The Tribune Media Group, jQuery, Plesk, Chicago Sun-Times, Dyn, Nginx, TechCrunch e muitos outros. Confira esta lista com mais de 130 sites usando o WordPress.

Mostra do WordPress

Mostra do WordPress

14 Formas Adicionais para Usar o WordPress

Já falamos de algumas razões que justificam o porquê e como pode usar o WordPress. Mas vamos dar uma olhada em algumas das abordagens adicionais e talvez as mais incomuns que poderá adotar em seu site.

1. Portal de Notícias

Apresentar notícias não é suficiente, você precisa de feeds também. Os feeds RSS ainda não estão mortos e são utilizados por muitas pessoas para se integrarem com seus leitores e receberem um grupo de feeds diferentes. Por padrão o WordPress disponibiliza feeds dos seus artigos, mas você pode querer exibir feeds de várias fontes. É aí que um plugin como o WP RSS Aggregator entra em jogo. Esse plugin permite que você selecione vários feeds RSS e os mostre em seu site. Um ótimo exemplo disso é o WP News Desk.

WP News Desk

WP News Desk

2. Sistema de Gerenciamento de Imóveis com o WordPress

Se você tem uma empresa que faz o gerenciamento de propriedades e imóveis através do WordPress, você provavelmente quer ter um plugin separado para gerenciar suas listagens. Com a ajuda de alguns plugins, você poderá criar um site onde construtores, corretores e clientes se reúnem. Você pode adicionar uma funcionalidade separada de busca e filtro para ajudar seus usuários. Adicione um gateway de pagamento (que falámos no capítulo do e-commerce) e poderá gerenciar os pagamentos em seu site! Alguns plugins populares que podem ajuda você a fazer isso incluem o Estatik e o Easy Property Listings.

Plugin imobiliário Estatist WordPress

Plugin imobiliário Estatist WordPress

E se está procurando por mais alternativas, confira nossa avaliação de 8 diferentes plugins imobiliários WordPress.

3. Base de Conhecimento/Enciclopédia/Wiki

Com o WordPress você pode criar uma sólida base de conhecimento para um nicho, uma enciclopédia com recursos tipo glossário ou até mesmo um dicionário. Você pode associar termos ao seu glossário, criando também etiquetas e categorias. Você pode criar templates definidos para um usuário em específico a fim de exibir seu conteúdo e garantir que os leitores encontram respostas para tudo o que precisam. Muitas empresas e desenvolvedores utilizam plugins de bases de conhecimento, como o plugin Heroic (como visto abaixo) para criar documentos, que então reduzem o tempo necessário para suporte e emails.

Plugin Heroic para uma Base de Conhecimento em WordPress

Plugin Heroic para uma Base de Conhecimento em WordPress

4. Portal e Cursos de e-learning

Quer criar seu próprio Coursera? Existem formas muito simples de fazer isso com o WordPress. Um dos métodos mais populares é provavelmente o plugin LifterLMS. Ele permite que você crie, venda e proteja cursos online que são atrativos. A missão do LifterLMS é democratizar a educação em uma sala de aula digital. Crie lições, faça cursos, inclua lições multimídia e muito mais. Inclusive, o WP101 que falámos acima utiliza o LifterLMS para educar as massas sobre o WordPress.

Criando cursos WordPress

Criando cursos WordPress

5. Agendamento de Compromissos com o WordPress

Advogados, músicos, consultores ou médicos; todos essas profissões estão focadas no agendamento de consultas e marcações com pacientes e/ou clientes. Felizmente, existem ótimas soluções com o WordPress para gerenciar marcações e compromissos online diretamente no seu site.

Agendar uma consulta no WordPress (Fonte da imagem: reservas da EDD)

Agendar uma consulta no WordPress (Fonte da imagem: reservas da EDD)

Para instalações típicas de WordPress, recomendamos que verifique os plugins Easy Appointments e Booking Calendar. Se estiver executando um site e-commerce, existem também os plugins WooCommerce Bookings e EDD Bookings.

6. Sistema de Faturamento

Apesar de sites como o Nutcache e o Freshbooks oferecerem muitas ferramentas empresariais, como o tempo e gerenciamento de projetos, o WP-Invoice é um plugin básico, mas útil, se você quiser fazer isso em seu site WordPress.

Plugin WP-Invoice

Plugin WP-Invoice

Crie uma fatura para seus produtos e serviços e depois envie ela para seus clientes. Você pode ativar essa opção para receber pagamentos diretamente através de seu site, integrando um gateway de pagamento como o PayPal, o Stripe ou o Authorize.net. Adicione qualquer plugin de gerenciamento de tempo e poderá criar um sistema que corresponda às suas necessidades comerciais.
Existem também ótimos plugins para criar faturas no seu atual site WordPress para e-commerce, como o WooCommerce PDF Invoices e EDD PDF Invoices.

7. Criando um Portal de Emprego usando o WordPress

Se quiser converter seu site WordPress em um local de anúncio de vagas de emprego, apenas precisa de um plugin. O WP Job Manager permite que você adicione, gerencie e categorize anúncios de empregos em seu site. Atualmente está acima das incríveis 100,000 instalações ativas com uma classificação de 4 em 5 estrelas. Os usuários registrados (ou convidados) podem pesquisar, gerenciar e se candidatar a empregos. Os empregadores podem gerenciar os anúncios (preencher, editar e excluir anúncios ativos). Pode ler o nosso tutorial completo sobre o WP Job Manager.

Anúncios de Emprego no WordPress

Anúncios de Emprego no WordPress

8. Sistema de Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente (CRM)

Você terá a opção de integrar um módulo de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) diretamente no seu site WordPress. Isso poderá fazer com que poupe tempo e dinheiro, excluindo sistemas de terceiros. E por existirem algumas outras integrações com o WordPress, isso pode até funcionar melhor do que uma solução mais fechada ou limitada.

Clientes CRM

Clientes CRM

Existem muitos plugins diferentes de CRM para WordPress, fizemos até o top 12. Mas se está apenas começando, recomendamos que veja os plugins Zero BS WordPress CRM e WP ERP. Ambos são desenvolvidos por desenvolvedores dedicados e têm excelente suporte.

9. Sistemas de Gestão de Eventos

Está gerenciando um negócio onde planeja organizar vários eventos durante o ano? Não tem problema. Se pretende criar eventos no seu site WordPress e fazer sua integração em um calendário, isso é tão simples quanto contar 123. Nesse artigo, falamos dos melhores plugins de gerenciamento de eventos. Muitos deles têm sincronização total com o iCal, o calendário do Google e muito mais.

10. Portal do Diretório de Negócios

Se pretende criar um diretório comercial, recomendamos que verifique o plugin Business Directory. Tem atualmente mais de 20,000 instalações ativas com uma classificação de 4.5 em 5 estrelas. Pode criar diretórios locais, listar fornecedores de negócios e criar páginas amarelas. Pode manter a listagem grátis ou disponibilizá-la através de um pagamento. Em relação aos módulos premium, você pode adicionar um módulo para classificar as empresas e um módulo do Google Maps para adicionar locais às suas listagens.

Exemplo de um diretório de negócios WordPress

Exemplo de um diretório de negócios WordPress

11. Sistema de Gerenciamento de Projetos

Para gerenciar o progresso de um projeto e respetivas sub-tarefas, você necessita de um sistema de gerenciamento de projetos. Apesar de opções independentes como o Trello, Asana e até mesmo os projetos Github serem populares entre desenvolvedores (leia: git vs Github), certas pessoas podem querer opções dentro do WordPress para tal sistema.

Para essas pessoas, recomendamos um plugin como WP Project Manager ou Kaban.

WordPress project management example

WordPress project management example

12. Forum

Os fóruns podem não ser tão populares quanto antes, mas são muitos os usuários que seguem buscando neles as respostas de que precisam. A solução mais fácil para criar um fórum fora do seu site WordPress é o bbPress. É um plugin leve para WordPress, desenvolvido pela Automatic, a mesma empresa responsável pelo WordPress.com. Atualmente, possui mais de 300,000 instalações ativas com uma classificação de 4 em 5 estrelas. O bbPress vem adaptado a plugins e temas, permite personalizar a funcionalidade, a aparência do plugin central. Melhor ainda, é grátis! Para mais opções, veja nosso artigo dedicado ao tema: Top 9 Plugins de Fórum para WordPress.

Exemplo de fórum bbPress para WordPress

Exemplo de fórum bbPress para WordPress

13. Crowdsourcing

There are plenty of plugins that allow you to run your own crowdfunding sites on WordPress. You define a cause and integrate a payment gateway like PayPal or Stripe to accept payments . In fact, you can activate a feature where people will only be charged if you manage to reach your goal! The top 6 crowdfunding plugins for WordPress have recently been viewed .

Exemplo de crowdfunding WordPress

WordPress crowdfunding example

If you’re just getting started, we recommend the WP Crowdfunding plugin , and if you’re dealing with donations, the Give plugin is also very popular.

14. Social Networks

If you want a mini Facebook inside your website, BuddyPress  is what you need. It allows you to create a social network for your company or organization. It also allows users to set up profiles, post messages, establish connections with each other and create communities. BuddyPress has its own plugins for other features. In general, BuddyPress offers a simple but good user experience if you want to create a minimal social network on your site.

BuddyPress

BuddyPress

So, What is the Reason for Using WordPress? Is he really good

WordPress has a lot of followers around the world. Some developers prefer to use other platforms, but it usually has to do with learning certain code languages ​​and also with a focus on less intuitive environments. For bloggers, business owners, developers with customers and e-commerce professionals, WordPress is the right choice. Not only do you maintain full control over your website, but you also have great advantages, such as plugins, themes, free tools and full media support.

I hope I answered your question: “What is the reason for using WordPress?” And if someone asks the question, they just need to send that article to the person in question. If you still have concerns or considerations, say it all in the comments below.


Se você gostou deste artigo, então você vai adorar a plataforma de hospedagem WordPress da Kinsta. Turbine seu site e obtenha suporte 24/7 de nossa experiente equipe de WordPress. Nossa infraestrutura baseada no Google Cloud se concentra em escalabilidade automática, desempenho e segurança. Deixe-nos mostrar-lhe a diferença Kinsta! Confira nossos planos