WordPress 5.2 “Jaco” foi lançado oficialmente em 7 de maio de 2019 e está disponível para download.

Essa versão vem recheada com diversas alterações animadoras, sendo a maior delas a nova ferramenta de verificação Site Health, que ajudará tanto a educar os usuários quanto oferecerá aos desenvolvedores as informações essenciais que precisam. Outras melhorias incluem proteção contra erros PHP (menor quantidade de telas brancas da morte), melhorias no editor em blocos, novos ícones e emojis e diversas atualizações de desenvolvimento e acessibilidade.

Como a equipe WordPress o descreve:

WordPress 5.2 te oferece ferramentas ainda mais robustas para identificar e corrigir problemas de configuração e erros fatais. Seja você um desenvolvedor que está ajudando seus clientes ou simplesmente alguém que está gerenciando seu site próprio, essas ferramentas podem te ajudar a obter as informações certas quando precisar delas.

Esse é o segundo grande lançamento desde o início do editor em blocos (conhecido como Gutenberg) no WordPress 5.0. Abaixo vamos nos aprofundar em todas as novas melhorias e as alterações mais importantes que você encontrará com o último lançamento do WordPress.

Verificação Site Health

Vimos os primeiros recursos de verificação da saúde do site no WordPress 5.1, quando foram adicionadas verificações de compatibilidade de versão PHP para plugins e temas. No WordPress 5.2, adicionaram uma ferramenta completamente nova que também acompanha duas páginas novas para ajudar a depurar problemas comuns decorrentes de configurações de servidor e software, versões PHP, etc.

Status do Site Health

Em “Ferramentas” → “Site Health” há uma nova página chamada “Status”. A verificação da saúde do site mostra informações críticas sobre sua configuração no WordPress e itens que exigem sua atenção.

Site Health no WordPress

Site Health no WordPress

Algo que você provavelmente perceberá rapidamente é que adicionaram uma pontuação percentual no topo da página, baseada em quantos testes seu site é aprovado. Algumas pessoas não estão satisfeitas com isso e já há uma discussão entre desenvolvedores (Ticket #47046) se o sistema de pontuação deve ou não existir. O motivo principal é que algumas pontuações criam problemas adicionais, uma vez que os usuários são obcecados com o valor de 100%.

No entanto, estamos felizes em ver esse recurso, já que ele ajudará a aumentar a conscientização entre os usuários. Por exemplo, uma verificação para plugins e temas inativos é importante. Por quê?

Muitos não entendem que simplesmente porque algo não está ativo em seu site WordPress, isso não significa que não seja possível que alguém execute o código para navegarem diretamente por ele. Assim, para manter seu site WordPress seguro, é recomendável remover completamente temas e plugins inativos se eles não forem utilizados.

Os testes da nova ferramenta do Site Health incluem verificações para os seguintes itens relacionados a desempenho e segurança:

Verificações de Desempenho 🚀

  • Última versão do WordPress
  • Versão atualizada do PHP
  • Servidor SQL atualizado
  • Módulos de PHP requeridos e recomendados estão instalados
  • UTF8MB4 é suportado
  • Eventos agendados
  • Solicitações HTTP em execução
  • REST API disponível
  • Capaz de realizar solicitações loopback

Verificações de Segurança 🔒

  • Apenas temas ativos sendo executados
  • Plugins atualizados
  • Conexão HTTPS
  • Comunicação segura
  • Modo de depuração desativado
  • Capaz de se comunicar com WordPress.org
  • Atualizações de plano de fundo estão funcionando

Se você é um cliente Kinsta, fica fácil conseguir 100% de pontuação, uma vez que tudo em nossa plataforma sempre é mantido atualizado. 😉

Ferramenta Site Health no WordPress – 100% de pontuação

Ferramenta Site Health no WordPress – 100% de pontuação

Os testes também podem ser filtrados através da função site_status_tests, o que significa que os desenvolvedores de plugins ou temas podem adicionar seus próprios testes ou remover os existentes. Veja mais informações aqui.

Informações de Site Health

Em “Ferramentas” → “Site Health” há outra nova página chamada “Informações”. Este é um local para encontrar informações úteis de depuração sobre a configuração do seu site WordPress, que podem ser compartilhadas com desenvolvedores, provedores de hospedagem, entre outros. Há também um botão conveniente de “Copiar informações do site para área de transferência”, que permite que você apanhe com facilidade as informações e as cole em um arquivo de texto para compartilhar com terceiros.

Informações do Site Health no WordPress

Informações do Site Health no WordPress

A página de Informações do Site Health contém centenas de pontos de dados diferentes sobre seu site WordPress. Sem dúvida, essa nova página ajudará desenvolvedores a obter as informações que precisam de seus usuários mais rapidamente.

Aqui está um pequeno registro de alguns dos detalhes incríveis e bastante úteis que você consegue visualizar rapidamente.

  • WordPress: versão do WordPress, idioma do site, idioma do usuário, URL da página inicial e URL do Site, estrutura de links permanentes, verificação multisite, número de usuários.
  • Diretórios e Tamanhos: local do diretório WordPress, tamanho, local e tamanho de uploads, local e tamanho do tema, local e tamanho dos plugins, tamanho do banco de dados, tamanho total da instalação.
  • Tema Ativo: nome do tema, versão, autor, website do autor, tema pai, recursos do tema, local do diretório do tema.
  • Plugins Essenciais:

    detalhes de todos os plugins essenciais rodando atualmente, números das versões e nomes dos autores.

  • Plugins Ativos: plugins ativos rodando, números das versões e nomes dos autores.
  • Manuseio de Mídia: editor ativo, número de versão do ImageMagick, strings, limites de recursos, versão GD, versão Ghostscript.
  • Servidor: arquitetura do servidor (como Linux, Windows, etc.), servidor web (como Nginx ou Apache), versão PHP, PHP SAPI, variáveis de inserção máxima de PHP, limite de tempo, limite de memória, tempo máximo de inserção, tamanho máximo de arquivo para upload, tamanho máximo de post, versão cURL, status SUHOSIN, status da biblioteca Imagick, regras .htaccess.
  • Banco de Dados: extensão, versão do servidor, versão do cliente, usuário do banco de dados, host, nome, prefixo.
  • Constantes do WordPress:
  • ABSPATH, WP_HOME, WP_SITEURL, WP_CONTENT_DIR, WP_PLUGIN_DIR, WP_MAX_MEMORY_LIMIT, WP_DEBUG, WP_DEBUG_DISPLAY, WP_DEBUG_LOG, SCRIPT_DEBUG, WP_CACHE, CONCATENATE_SCRIPTS, COMPRESS_SCRIPTS, COMPRESS_CSS, WP_LOCAL_DEV.
  • Permissões do Filesystem: verificação dos diretórios a seguir para checar se podem ser gravados. Diretório principal do WordPress, diretório wp-content, diretório de uploads, diretório de plugins, diretório de temas, diretório de plugins essenciais.
A nova ferramenta Site Health do WordPress 5.2 oferece informações incríveis de depuração para desenvolvedores ajudarem os usuários! 👏 Click to Tweet

Proteção Contra Erros PHP

WordPress 5.1 foi projetado originalmente para introduzir um novo recurso chamado “proteção contra erros fatais”, que protegeria o WordPress da tela branca da morte ao atualizar o PHP. No entanto, devido a diversas falhas críticas, esse recurso foi adiado. Agora, ele foi incluído no WordPress 5.2.

Com essa proteção, o WordPress reconhecerá quando erros fatais ocorrerem e pausará o tema ou plugin ofensivo no painel de administração do WordPress, para que você seja capaz de fazer login no back-end do seu site e (esperamos) corrigir o problema. Para usuários com menor conhecimento tecnológico, esse é um excelente novo recurso. Tudo o que podemos dizer é que desejamos que ele tivesse sido adicionado alguns anos atrás!

Entretanto, continuamos recomendando que sempre use um ambiente de testes quando estiver experimentando uma nova versão do PHP.

Se seu site apresentar problemas ao fazer o upgrade para outras versões do PHP, ele apresentará o mesmo aspecto da imagem abaixo no front-end, mas você ainda assim será capaz de entrar pelo back-end para corrigir o problema.

Proteção contra erros fatais no WordPress 5.2

Proteção contra erros fatais no WordPress 5.2

No back-end, você verá uma mensagem que te informará que seu site WordPress está no modo de recuperação e que pode existir um erro com um tema ou plugin.

Back-end da administração no modo de recuperação

Back-end da administração no modo de recuperação (Fonte da imagem: WordPress.org)

Atualizações Diversas para Desenvolvedor

WordPress 5.2 também vem acompanhado de melhorias para desenvolvedores. Isso vale para tudo, desde aperfeiçoamentos no editor em blocos e nas páginas de política de privacidade, até um novo gancho no WordPress, atualizações nos padrões de codificação e mais.

Melhorias no Editor em Blocos

Dezenas de melhorias feitas no editor em blocos (Gutenberg) acompanham o WordPress 5.2. Algumas delas chamaram nossa atenção:

  • No 5.0, a função WP_Screen::is_block_editor()foi apresentada para permitir que desenvolvedores executassem condicionalmente o código, dependendo se o editor em blocos estivesse sendo carregado. No entanto, existiam alguns problemas com isso e que agora parecem ter sido corrigidos no WordPress 5.2. Veja #46195.
  • Blocos de mídia e de texto foram melhorados.
  • Redimensionadores de imagem e blocos estão muito melhores que antes.
  • Houve melhorias de desempenho realizadas no que diz respeito ao tempo de carregamento.
Desempenho do editor em blocos no WordPress 5.2

Desempenho do editor em blocos no WordPress 5.2 (Fonte da imagem: WordPress.org)

Atualizações de Padrões de Codificação PHP

O WordPress agora recomenda oficialmente o uso de PHP 5.6 ou superior junto ao seu provedor de hospedagem. Se você estiver curioso, saiba que a Kinsta possui suporte até o PHP 7.3!

Com o WordPress 5.2, isso significa que os desenvolvedores podem aproveitar novos padrões de codificação, como namespaces, funções anônimas, sintaxe de arranjos curtos, sintaxe de ternários curtos e atribuições condicionais. Se você é um desenvolvedor e já está rodando PHP 7 ou superior há algum tempo, talvez isso não te impacte, mas é muito bom ver o WordPress fazendo essas atualizações.

Leia mais sobre atualizações nos padrões de codificação.

Atualizações de Privacidade

WordPress 5.2 traz diversas melhorias para desenvolvedores que trabalham com páginas de Política de Privacidade e exportação de dados.

Os primeiros quatro novos auxílios tornarão a personalização da página de política de privacidade mais fácil:

  • Nova função: is_privacy_policy()
  • Um novo arquivo de modelo de tema: privacy-policy.php
  • Nova classe para o body: .privacy-policy
  • Nova classe de item do menu: .menu-item-privacy-policy

A segunda mudança diz respeito à exportação de dados:

Exportações de dados do usuário não usam mais uma lista de codificação rígida, já que agora fazem uso da lista padrão de tags permitidas no wp_kses(). Novos filtros também estão disponíveis.

Leia mais sobre as atualizações de privacidade no WordPress 5.2.

Melhorias para Escrever JavaScript

Com a adição de configurações webpack e Babel no pacote @wordpress/scripts, os desenvolvedores não precisam se preocupar em configurar ferramentas de criação complexas para escrever JavaScript moderno. Leia mais sobre melhorias de JavaScript.

Novo Gancho de Tag para Body

WordPress 5.2 adicionou um novo ganho wp_body_open(), que permite que os temas suportem a injeção de código diretamente no começo do elemento <body>. A equipe do WordPress encoraja os desenvolvedores de temas a começarem a usar esse recurso. Leia mais sobre outras atualizações diversas para desenvolvedores.

Novos Emojis e Ícones

Em relação às atualizações visuais, o WordPress 5.2 traz novos emojis e ícones.

Twemoji Atualizado

No WordPress 5.2, a versão mais recente do Twemoji (12.0.1) foi adicionada. A versão 12 possui 230 emojis novos, incluindo emojis de acessibilidade e o nosso favorito, o Bicho-Preguiça. Veja #46805.

Twemoji 12.0

Twemoji 12.0

Novos Ícones

Ícones são usados para embelezar seu painel de administração do WordPress. E com certeza já era hora de atualizá-los, já que não eram alterados desde o WordPress 4.5. O WordPress 5.2 apresenta 13 ícones novos, incluindo Instagram, um conjunto de ícones para BuddyPress e ícones de diferentes ângulos da Terra para representar a inclusão global. O formate de arquivo de fonte WOFF 2.0 também foi adicionado.

Ícones do WordPress 5.2

Ícones do WordPress 5.2 (Fonte da imagem: WordPress.org)

Veja a lista completa dos ícones novos.

Alterações Notáveis de Acessibilidade

Com o WordPress 5.2 foram apresentadas algumas alterações que trabalham em conjunto para melhorar a consciência contextual e o fluxo de navegação no teclado, voltadas para aqueles que estiverem usando leitores de tela ou outras tecnologias assistivas.

  • Formatos de post agora estão em tabelas de listas.
  • Nova marcação de links no submenu da barra de administração do WordPress.
  • O arquivo sendo visualizado no widget de menu suspenso de arquivos agora é pré-selecionado.
  • Uma nova visualização de mídia foi adicionada à biblioteca de mídia.
  • Títulos foram adicionados para tabelas de dados nas páginas Exportar Dados Pessoais e Apagar Dados Pessoais.
  • O campo de texto alt agora é o primeiro exibido no módulo de mídia.

Melhorias de Segurança

O ticket #39309 foi aberto em 2017 e descrevia um problema de segurança com a infraestrutura do WordPress. Basicamente, se alguém fosse capaz de comprometer o api.wordpress.org, poderia emitir atualizações falsas e assumir o controle sobre os sites WordPress do usuário.

Assim, o WordPress 5.2 agora verifica a existência de um cabeçalho x-content-signature. Se ele não for encontrado, um retorno para o arquivo de assinatura é realizado. Independentemente do método, agora os pacotes de atualização são assinados digitalmente usando Ed25519 e codificados em base64.

Como Atualizar para o WordPress 5.2

Como o site de cada cliente é diferente, sempre recomendamos usar o ambiente de testes com um clique. Você consegue clonar seu site de produção em questão de segundos e, assim, testar o WordPress 5.2 com seu tema e plugins atuais para verificar sua compatibilidade. É claro, você também pode realizar um backup manual antes de atualizar seu site, apenas por questões de segurança.

Para atualizar o WordPress para a versão 5.2, simplesmente clique no ícone de atualização em seu painel de administração do WordPress. Em seguida, clique no botão “Atualizar agora”. Enquanto seu site é atualizado, ele ficará no modo de manutenção. Assim que as atualizações forem concluídas tudo voltará ao normal.

Atualizar para o WordPress 5.2 no painel

Atualizar para o WordPress 5.2 no painel

Se tudo der certo com a atualização, você deverá ver a tela de “Bem-vindo ao WordPress 5.2”. E é isso! Fácil e rápido.

Tela de boas-vindas no WordPress 5.2

Tela de boas-vindas no WordPress 5.2

Após clicar no painel, você também receberá uma mensagem para atualizar seu banco de dados para a versão mais recente. Clique no botão “Atualizar banco de dados do WordPress” e estará pronto.

Atualização de banco de dados necessária

Atualização de banco de dados necessária

Resolução de Problemas com a Atualização do WordPress

Sempre que as pessoas fazem uma atualização grande no WordPress, algumas delas experienciam problemas e isso ocorre devido aos milhares de plugins e temas que coexistem atualmente no mercado. Aqui estão algumas formas de solucionar problemas comuns.

  • Está recebendo a tela branca da morte? Isso costuma ser resolvido ao simplesmente reiniciar o PHP e excluir o cache de página inteira em seu site WordPress.
  • Tente desativar todos os seus plugins para ver se o problema é corrigido. Em seguida, reative-os um por um até encontrar qual plugin pode precisar de uma atualização do desenvolvedor.
  • Tente mudar para um tema padrão do WordPress, como o Twenty Twenty. Se isso corrigir seu problema, talvez você deva entrar em contato com o desenvolvedor do seu tema.
  • Conduza a resolução de problemas e o diagnóstico de problemas de JavaScript em seu navegador.

Resumo

Existem muitos recursos animadores que acompanham o WordPress 5.2! As novas informações de Status do Site Health ajudarão a educar os usuários sobre as melhores práticas de segurança e desempenho. Será interessante observar como a nova pontuação percentual terá um papel nesse contexto, mas independente dela, haverá maior conscientização no que diz respeito a fatores como executar a versão mais recente do PHP, excluir temas e plugins inativos, etc.

As novas informações do Site Health devem ajudar dramaticamente os desenvolvedores a obter os dados que precisam diretamente quando estiverem trabalhando com usuários. Isso significa menos tickets para desenvolvedores de plugins e temas, assim como para provedores de hospedagem. Na verdade, você provavelmente observará muitos desenvolvedores atualizando suas documentações para solicitar que o usuário inclua a exportação dos dados da tela de informações antes que possa submeter um ticket.

A proteção contra erros PHP oferece uma forma dos usuários fazerem o upgrade para versões mais novas de PHP, para que ainda sejam capazes de fazer login caso algo dê errado. Menos telas brancas da morte é sempre algo bom!

O que você acha do WordPress 5.2? Adoraríamos ouvir o que você tem a dizer sobre a nova ferramenta Site Health.

7
Shares