Com a receita de publicidade da indústria prevista para exceder $1B até 2021 e uma estimativa de 62 milhões de pessoas ouvindo um podcast a cada semana, o momento certo para iniciar o seu podcast WordPress é agora.

Combinando os recursos personalizáveis do WordPress com um sólido plugin de hospedagem de podcast é a arma secreta que os podcasters profissionais usam para economizar tempo e expandir sua marca.

Estatísticas semanais de escuta de podcasts

Estatísticas semanais de escuta de podcasts

Com a “pesquisa na internet” como a forma preferida para os ouvintes descobrirem novos podcasts, é quase impossível ser incluído nesses resultados de pesquisa sem um website.

No post do blog de hoje, temos recomendações de plugins, tutoriais e muito mais para que você possa começar a trabalhar em pouco tempo com o seu podcast do WordPress.

Pronto para cavar? Vamos começar!

Como iniciar um Podcast no WordPress

Como iniciar um podcast pode parecer uma caixa negra. Novos espetáculos são lançados semanalmente, mas exatamente como o complexo funcionamento interno se move junto requer um pouco de educação inicial.

Felizmente, o podcasting não é tão difícil como se poderia pensar. Na verdade, há apenas cinco passos no caminho de levar um podcast da ideia à realidade e temos aqui todos os detalhes.

Passo 1: Finalizar um conceito e escolher um formato

Você não pode iniciar um podcast se não tiver nada para falar, então o primeiro passo para lançar um show é descobrir o tópico. Os consumidores estão interessados em uma variedade de assuntos com música, notícias e informações, entretenimento e ângulos de celebridade, ganhando a maioria dos ouvintes.

No entanto, advertimos contra iniciar um podcast sobre os tópicos mais populares se você não tiver interesse pessoal no assunto. Em vez disso, gere uma lista de ideias sobre coisas pelas quais você é apaixonado. Afinal de contas, vais falar sobre este assunto durante horas.

Depois de se acomodar em um tópico, é hora de decidir qual formato de podcast é a melhor estrutura para transmitir a informação para os ouvintes. Os principais estilos incluem:

Será que entrevistar um especialista, confiando em brincadeiras espirituosas entre dois anfitriões, ou um monólogo solo, vai manter os ouvintes mais envolvidos?

Comece por considerar qual formato de podcast é a melhor forma de educar um público sobre o seu tópico.

Por último, está a chegar o nome do podcast. O processo de escolha de um título de podcast é diferente para cada anfitrião.

Alguns preferem explorar nomes criativos, incluindo trocadilhos ou um play-on-words insinuando o conteúdo do programa. Para anfitriões com um público estabelecido, adicionar o seu próprio nome ao título é um primeiro passo comum. Para outros, é encontrar o meio termo entre o descritivo e o espirituoso.

Não importa o caminho, há três considerações fundamentais a ter em conta ao nomear um podcast:

  1. Confirme que o nome ainda não foi tirado: faça pesquisas no Google, navegue nos directórios de podcasts e certifique-se de que o domínio do site e os cabos sociais estão disponíveis para você usar.
  2. SEO-friendly: Você quer que seu podcast apareça nos resultados da busca, então pense nas palavras-chave que os possíveis ouvintes usarão na busca de informações relacionadas ao seu tópico.
  3. Diz em voz alta: Este passo é muitas vezes falhado, mas é importante. Vais dizer o nome do teu podcast milhares de vezes, por isso diz em voz alta muitas vezes. Deve rolar da sua língua e ser fácil para os outros pronunciarem.

Passo 2: Comprar equipamento e software

Quando a fundação do podcast é robusta, é hora de pensar em como captar áudio de alta qualidade para um som profissional.

Configuração de podcasting

Configuração de podcasting (Fonte de imagem: Unsplash.com)

Para conseguir isso, são necessários equipamentos e softwares específicos.

As configurações do equipamento podem variar desde estúdios de bricolage até cabines de gravação à prova de som, mas não importa o que você vai precisar de dois itens básicos: um microfone e um par de fones de ouvido.

Existem muitos microfones podcast no mercado e se você está apenas começando, recomendamos começar com uma opção mais acessível. O nosso favorito é a Audio Technica ATR2100. É perdoar por ambientes de gravação imperfeitos e não quebra o banco.

Para fones de ouvido, você pode escapar usando praticamente qualquer coisa, mas muitos anfitriões preferem algo com cobertura para os ouvidos. Não importa a escolha, cada pessoa incluída em uma sessão de gravação deve ter seu próprio microfone e fone de ouvido para captar um som mais nítido.

Depois de adquirir o equipamento necessário, você precisará de um software de gravação e edição para capturar e refinar cada episódio.

Antes de tomar uma decisão, pense nas suas necessidades de gravação. Você e os seus convidados ou co-apresentadores estarão na mesma sala para cada sessão de gravação? Ou vai incluir regularmente convidados ou co-apresentantes localizados em lados opostos do mundo?

Esta pergunta é importante porque decide se você precisa de um software de gravação local, onde todos estão na mesma sala, ou um software de gravação remota, onde todos estão gravando separadamente.

Com um arquivo de áudio bruto gravado, o próximo passo é escolher um software de edição para polir e finalizar cada episódio.

Para fluxos de trabalho otimizados, recomendamos novamente Audacity. Se você gravar usando o software deles, é fácil começar imediatamente o processo de edição dentro da mesma interface. Poupando tempo e passos adicionais desnecessários, pode concentrar-se em refinar o produto final.

Passo 3: Grave seu primeiro episódio

Pode ser intimidante sentar-se atrás do microfone pela primeira vez, mas com um pouco de preparação e prática, verá que gravar o seu primeiro episódio não é tão difícil afinal de contas.

Comece escrevendo um roteiro ou esboço do que você vai falar ao longo do episódio.

Exemplo de modelo de script

Exemplo de modelo de script (Fonte de imagem: castos.com)

Se for uma entrevista, pesquise o seu convidado e prepare uma lista de perguntas. Não deixe de compartilhar a lista com o convidado, permitindo que ele planeje seus pontos de conversa antes da entrevista.

Quando o conteúdo do episódio estiver finalizado, avance para a prática de algumas técnicas de microfone:

Passo 4: Upload do Episódio para um Serviço de Hospedagem de Podcast

Não é recomendado carregar ficheiros podcast para um serviço de hospedagem. Os episódios de podcast contêm muitos dados que resultam em grandes tamanhos de arquivo. Um serviço de hospedagem de sites é projetado para armazenar facilmente textos menores, imagens e arquivos de vídeo curtos, mas episódios de podcast produzem arquivos muito maiores.

Você corre o risco de atingir as limitações de armazenamento do serviço, incorrendo potencialmente em altas taxas por parte do provedor. Além disso, os serviços de hospedagem de sites não podem transferir grandes arquivos de áudio rapidamente.

Isto significa que quando um utilizador tenta jogar o podcast, terá de esperar que o jogador carregue o episódio e se depare com problemas de buffering. Velocidades de banda mais baixas criam uma experiência de escuta fraca, provavelmente custando-lhe seguidores no processo.
Em vez disso, carregue o serviço de hospedagem de podcast de episódios que é projetado para armazenar e transferir arquivos de áudio grandes de forma eficiente. Nesta etapa, basta carregar o episódio final no serviço de sua preferência e incluir os detalhes relevantes do episódio, como seu nome, descrição e metadados.

O que é um Serviço de Hospedagem de Podcast?

Um serviço de hospedagem de podcast é o intermediário entre você e seu público. O serviço gera um feed RSS quando você cria episódios de podcast de upload para sua conta.

Você então conectará seu programa ao seu site WordPress ou diretórios de podcasts, como Spotify, usando este link de feed RSS. Quando alguém tenta reproduzir um episódio, a plataforma pinta seu serviço de hospedagem de podcasts e recebe o arquivo de áudio do episódio de volta através do feed RSS. Em seus termos mais básicos, não existiriam podcasts sem essa conexão e link RSS.

Ao fazer podcasting com WordPress, certifique-se de escolher um serviço de hospedagem que forneça um plugin para WordPress. Esta integração permite um processo mais simplificado, permitindo que um host carregue seus episódios diretamente para o WordPress em vez de alternar entre múltiplas plataformas (mais sobre isso mais adiante).

Uma opção alternativa é criar o seu próprio feed RSS. Usando linguagem de codificação XML, os podcasters avançados podem montar as tags e estrutura necessárias que compõem um feed RSS padrão.

O guia de Podcasts da Apple para RSS decompõe os componentes necessários para que o seu feed de bricolage seja lido corretamente por cada diretório de podcast. Com um erro, porém, o feed RSS será inválido e inacessível em seu site WordPress e diretórios de podcasts. É por isso que alertamos os novos podcasters de usar esta estratégia, devido às muitas oportunidades de erro.

Passo 5: Sindicar o Episódio ao seu Website WordPress e Diretórios de Podcast

Criar um podcast com o WordPress facilita a apresentação imediata de episódios diretamente no seu site. Embora alguns dos seus espectadores sintonizem a partir daí, também é importante sindicar cada episódio nos mais populares directórios de podcasts, como Spotify, Apple Podcasts e Google Play.

Sindicar episódios significa dar o conteúdo a cada diretório para que os usuários possam finalmente ouvi-lo.

Para sindicar um podcast em cada plataforma, crie uma conta com cada um e envie o feed RSS do programa para criar a conexão inicial. Então, sempre que um novo episódio for carregado no serviço de hospedagem de podcast, ele será automaticamente distribuído por todos os diretórios que você conectou.

A melhor parte é que, após a configuração inicial estar finalizada, você pode configurá-la e esquecê-la.

Enviar um podcast para Spotify vis RSS feed

Enviar um podcast para Spotify vis RSS feed

Como fazer um Podcast com WordPress

O maior benefício do podcasting com WordPress é a quantidade de tempo poupado na gestão de um novo programa.

Acompanhar um podcast requer compromisso e os anfitriões veteranos compreendem como os fluxos de trabalho eficientes ajudam a produzir consistentemente conteúdo envolvente. Você provavelmente quer entrar no podcasting para o longo curso, então aqui está um guia de cinco passos de como fazer podcast com o WordPress.

Criar um site WordPress

Para começar, você precisará configurar primeiro um site WordPress. Para fazer isso, vá até o WordPress.org e siga as instruções de download. O melhor de tudo é que o WordPress é uma ferramenta gratuita para que você possa criar um site totalmente funcional sem ter que abrir a sua carteira.

Depois que a configuração do WordPress estiver concluída, você precisará escolher um serviço de hospedagem de sites para armazenar os arquivos do seu site e configurar um nome de domínio.

1. Instalar um Tema WordPress específico para Podcast-Specific WordPress

Blogs e lojas de comércio eletrônico são construídos para alcançar diferentes resultados. Muitos escolhem um tema WordPress específico que ajuda a atingir esses objetivos. Um site de podcast não é diferente.

Para melhorar a experiência do ouvinte, instale um tema WordPress que foi construído para podcasts. Ele deve apresentar sua frente e centro de mídia, suportar ativos de áudio e vídeo e ser móvel responsivo.

Depois de escolher o tema que é melhor, vá a Appearances > Themes e clique em “Add New” e “Upload Theme”. Depois instale os arquivos do tema e comece a personalizar o seu site.

2. Instalar um Plugin de Podcast

Para colher os benefícios do podcasting com o WordPress, você precisará instalar um plugin de podcast. E isso deve apresentar duas características importantes:

Muitos plugins de podcast também apresentavam jogadores personalizáveis, o que é um bónus adicional.

À medida que novos episódios são carregados no WordPress e armazenados com o serviço de hospedagem de podcasts, os ouvintes podem facilmente reproduzir o conteúdo diretamente do seu site. Muitos também permitem que você mude as cores e o estilo de fundo do jogador para um visual polido.

3. Ligue o seu serviço de hospedagem de podcasts com o Plugin

Depois de instalar um plugin de podcast, é hora de ligá-lo ao seu serviço de hospedagem de podcast associado.

Antes de carregar um podcast para o WordPress, esta ligação entre o plugin e o serviço de hospedagem tem de ser estabelecida primeiro. As instruções de integração são específicas para cada combinação de plugin/serviço, portanto, dirija-se à documentação de configuração relevante para criar a conexão.

Por que preciso de um serviço de hospedagem de podcast?

Pode parecer redundante ter um serviço de hospedagem de sites e um serviço de hospedagem de podcasts, mas é importante ter ambos.

Ter um serviço dedicado de hospedagem de podcast remove a tensão do seu site hospedeiro, resultando em uma experiência de site mais rápida e confiável. Por sua vez, isso cria uma experiência de streaming e download mais suave para os seus ouvintes.

Normalmente o processo de instalação envolve o compartilhamento da chave API do seu serviço de hospedagem de podcast com o WordPress e o feed RSS é automaticamente conectado ao painel do WordPress.

Após a conexão ser feita, você será capaz de carregar diretamente o conteúdo do podcast diretamente no painel de controle do WordPress, seguindo em frente.

4. Carregue seus episódios para o WordPress usando o Plugin de Podcast

Quando você tiver um episódio final de podcast pronto para ser compartilhado com seu público, carregue-o diretamente para seu site WordPress usando o plugin de podcast. O processo é diferente para cada um deles, portanto não deixe de verificar a documentação do plugin para obter as instruções corretas.

À medida que novos conteúdos são adicionados ao WordPress, o plugin irá fornecer as informações para o serviço de hospedagem de podcast para armazenar corretamente os arquivos de áudio maiores. A informação do podcast deve ser actualizada dentro da interface do plugin e do serviço de hospedagem para que a informação corresponda em ambas as plataformas.

Como os arquivos de áudio são carregados diretamente no WordPress, o plugin normalmente fornece as informações atualizadas para o serviço de hospedagem do podcast, ao invés do contrário. Dito de outra forma, o plugin atualiza o host, mas o host não pode atualizar o plugin. Esta é uma peça importante a lembrar quando você começar a gerenciar seu podcast a longo prazo.

5. Gerir o seu podcast directamente a partir do Painel de Controlo WordPress

À medida que você continua a produzir mais conteúdo e a carregar novos episódios, você estará gerenciando tudo diretamente do painel de controle do WordPress. É aqui que os benefícios da eficiência realmente brilham quando o podcasting com o WordPress.

Não há necessidade de alternar entre múltiplas plataformas, executar as mesmas ações duas vezes ou sindicar manualmente seu podcast para o seu site. Tudo é completado em um processo simplificado.

Muitos plugins de podcast também apresentam análises em profundidade, como o número de ouvintes e as quebras de dispositivos dentro das suas interfaces. Com estes recursos, você é capaz de avaliar quais episódios estão se apresentando bem e continuar gerando conteúdo para engajar seu público.

Podcasting com WordPress é uma configuração popular e é fácil de ver porquê. Fluxos de trabalho simplificados, gerenciamento centralizado e muitos recursos personalizáveis, o WordPress oferece uma melhor forma de podcast.

Melhores Temas para Podcast WordPress

Com os benefícios do podcasting com o WordPress claramente expostos, você provavelmente está ansioso para começar a construir seu próprio site. Depois de completar a configuração inicial, é hora de começar a alinhar o novo site ao seu podcast e à sua marca.

A fim de mudar a estética do site, o WordPress oferece uma mão cheia de modelos temáticos padrão. Apesar de ser perfeitamente bom usar estas opções, não o recomendamos porque não foram concebidas a pensar em podcasters.

Em vez disso, considere um tema que foi construído para apresentar conteúdo de áudio e vídeo, onde o seu podcast pode ser a estrela do programa.

Os temas que adoramos permitem aos anfitriões apresentar listas de reprodução personalizadas, criar posts para episódios individuais e suportar múltiplos formatos de mídia. Cada um é responsivo para que os seus ouvintes possam sintonizar o seu dispositivo preferido e você será capaz de personalizar as cores e organizar os widgets como você quiser.

Os melhores temas de podcast WordPress vão diferenciar o seu site do resto e ajudar a aumentar o seu público!

Aqui estão alguns temas do WordPress que recomendamos para podcasting.

Tusant

Tema Tusant WordPress

Tema Tusant WordPress

Tusant do SecondLine é um tema elegante que foi construído especificamente para podcasting e streaming de música e vídeo. Ele suporta múltiplas fontes de áudio, permitindo que episódios de podcast sejam facilmente incorporados.

O tema permite um número ilimitado de entradas para que você possa criar novas páginas para cada episódio, série ou post de blog sem se preocupar em atingir o máximo. Também lhe dá controle total sobre o layout do conteúdo para que o seu podcast seja apresentado exatamente como você deseja. Mais importante, a Tusant suporta todos os principais plugins do podcast WordPress como Seriously Simple Podcasting e PodLove.

Nayma

Tema Nayma WordPress

Tema Nayma WordPress

Nayma da Artisan Themes é um tema WordPress funcional que utiliza módulos de arrastar e soltar para desenhar cada página. Para aqueles sem habilidades de codificação, a facilidade de construir novos layouts é perfeita para qualquer novato em criar um site.

O tema tem múltiplas opções de cabeçalho e está pronto para o comércio eletrônico, perfeito para vender a mercadoria do seu podcast ou produtos relacionados. O Nayma é totalmente compatível com muitos plugins de podcast e inclui uma grande variedade de tipos de módulos, como galerias e incorporações de vídeo.

Podcaster

Tema do Podcaster WordPress

Tema do Podcaster WordPress

O podcaster da Themestation foi all-in na construção de um tema personalizado para podcasters. Personalize a página inicial para incluir leitores de áudio e listas de reprodução para que os visitantes possam ouvir imediatamente o seu conteúdo mais recente.

Ao oferecer páginas de arquivo de episódios ilimitados e botões de assinatura exclusivos, os hosts podem criar um número infinito de novos posts e gerenciar vários podcasts a partir de um site. O tema é limpo, flexível e responsivo e é otimizado para se integrar melhor com os plugins Seriously Simple Podcasting e BluBrry PowerPress podcast.

Audonic

Tema Audonic WordPress

Tema Audonic WordPress

Audonic da mixamedia oferece otimizações adicionais de plugins para construir um site que suporte o seu podcast e também gerencie eventos, feeds sociais e posts em blogs.

Os widgets personalizados são compatíveis com vários tipos de mídia e permitem que você carregue uma imagem de capa em destaque para os posts de áudio. O tema tem layouts de cor clara e escura e tem um design mobile-first para uma experiência móvel refinada.

Melhores Plugins de Podcast WordPress

O seu site WordPress é a base do seu podcast. Mas você vai precisar de um plugin de podcast para deixar os ouvintes sintonizarem o conteúdo mais recente e gerenciar seu programa!

Cada uma das nossas escolhas tem algumas características chave que consideramos obrigatórias ao hospedar um podcast no WordPress. O mais importante é a capacidade de resposta, o que significa que o jogador é funcional e visualmente apelativo em todos os dispositivos móveis e de secretária.

É fácil esquecer a experiência móvel ao criar um site, mas de acordo com a Edison Research, os ouvintes de podcast gastaram 42% do seu tempo sintonizando novos episódios no seu smartphone.

Tempo gasto a ouvir as fontes de áudio no smartphone

Tempo gasto a ouvir as fontes de áudio no smartphone

Se o seu plugin de podcast WordPress não funciona em dispositivos móveis, você está perdendo uma grande oportunidade de crescimento.

Para iniciar a sua pesquisa sobre os melhores plugins de podcast WordPress, reunimos as nossas três melhores opções a considerar para o seu site. E você pode descansar certo de que cada um está configurado para funcionar corretamente em todos os dispositivos.

Podcasting Sériamente Simples

Seriously Simple Podcasting by Castos é um plugin de podcast fácil de usar e personalizável. A interface intuitiva torna este plugin perfeito para os iniciantes publicarem seus podcasts em minutos sem ter que sair do painel de controle do WordPress.

Plugin de Podcasting WordPress seriamente simples

Plugin de Podcasting WordPress seriamente simples

Para hosts veteranos, o Seriously Simple Podcasting suporta arquivos de áudio e vídeo e permite aos usuários executar vários podcasts a partir do mesmo site, cada um com seu próprio feed RSS exclusivo.

O plugin tem um conjunto de recursos úteis como reprodutores de mídia personalizáveis, widgets para exibir listas de reprodução e uma análise completa do ouvinte.

Editora Podlove Podcast

Podlove Podcast Publisher by Podlove é um plugin de podcast com análises poderosas para ajudar os anfitriões a descobrir quais episódios recebem mais envolvimento e em quais plataformas o público se sintoniza.

Podlove Podcast Publisher WordPress plugin

Podlove Podcast Publisher WordPress plugin

O plugin também possui uma estrutura flexível de modelos dando aos usuários controle total sobre como os episódios são exibidos para que o seu conteúdo seja organizado exatamente como você deseja.

O Podlove Podcast Publisher vem com um web player integrado e botões de assinatura separados, permitindo que os ouvintes acompanhem o seu podcast através das suas aplicações preferidas.

PowerPress

PowerPress by Blubrry apresenta modos simples e avançados para atender às necessidades de cada podcaster. Como muitos plugins de podcast, ele inclui distribuição pelos principais diretórios de podcasts como Apple Podcasts, Google Play, Stitcher e TuneIn, facilitando o envio e a gestão do seu show a partir de um único lugar.

PowerPress WordPress plugin

PowerPress WordPress plugin

Recursos avançados como configurações SEO de podcasting permitem que os usuários definam diferentes títulos de episódios para melhorar a descoberta do seu podcast em mecanismos de busca como o Google e o diretório de Podcasts da Apple.

O PowerPress vem com funções analíticas básicas com a opção de atualizar para percepções mais robustas a $5/mês.

Melhores Reprodutores de Podcasts WordPress

Podcasting com WordPress significa que há uma variedade de opções de como apresentar um programa. Apesar de preferirmos a facilidade de usar um serviço de hospedagem de podcast que tenha um plugin com um media player incorporado, esta não é a única escolha.

Cansado do suporte de hospedagem do WordPress de nível 1 sem as respostas? Experimente nossa equipe de suporte de classe mundial! Confira nossos planos

Codificadores mais avançados podem preferir hospedar seu próprio podcast RSS feed e armazenar seus arquivos em um servidor autônomo. Esta opção alternativa requer tempo de configuração adicional, mas oferece mais controle sobre os dados na alimentação.

Mas uma palavra de cautela para os podcasters novatos: feeds RSS caseiros são mais propensos a erros se você não estiver bem versado nesta linguagem de codificação. E infelizmente, um pequeno erro tornará o conteúdo do seu podcast inacessível em todos os directórios de podcasts e no seu website. Para aqueles que estão apenas começando, ainda é altamente recomendável trabalhar com um serviço de hospedagem de podcast para garantir que o seu feed RSS esteja configurado corretamente.

Independentemente do método que você escolher, um dos principais benefícios do podcasting com WordPress é permitir que os ouvintes descubram seu conteúdo mais recente. Mas para fazer isso, os episódios precisam ser facilmente acessíveis diretamente do site.

Para os anfitriões que fizeram a abordagem de bricolage e têm um feed RSS auto-fabricado em ordem, o próximo passo é apresentar o conteúdo no WordPress. É aqui que um podcast player dedicado vem a calhar.

Puxamos nossas duas principais recomendações que oferecem aos podcasters recursos avançados, como um jogador responsivo, botões de compartilhamento e recursos de pesquisa.

Podcast Player

O Podcast Player é um plugin relativamente novo para WordPress mas está ganhando suporte de podcasters DIY.

Plugin WordPress do Podcast Player

Plugin WordPress do Podcast Player

Os principais recursos incluem a exibição de um player responsivo apenas inserindo a URL do feed RSS do podcast, botões que permitem aos ouvintes compartilhar o conteúdo para sua rede e opções de classificação e filtragem para criar listas de reprodução personalizadas.

A configuração é fácil, tudo o que você precisa fazer é adicionar o URL de alimentação do podcast ao bloco de widgets. Com estilos totalmente personalizáveis para atender a cada site WordPress e recursos adicionais de configuração avançada, este plugin atende às necessidades de cada host.

Leitor de Podcasts Inteligente

O Smart Podcast Player foi construído por Pat Flynn, que hospeda podcasts populares sobre empreendedorismo. Flynn queria um jogador que mantivesse seus ouvintes em seu site, então ele projetou seu próprio plugin para fazer podcasting com WordPress melhor.

Leitor de Podcasts Inteligente

Leitor de Podcasts Inteligente

O plugin oferece um conjunto robusto de funcionalidades, concebido para melhorar a experiência de cada ouvinte. Há várias opções de exibição de player onde os anfitriões podem apresentar seu arquivo completo para ouvir binge-listening e um Smart Track Player se houver clipes ou episódios específicos que merecem o destaque.

Com opções adicionais para fazer o jogador ficar na parte superior ou inferior de um site, os usuários poderão acertar o jogo a partir de qualquer página em que pousarem. O Smart Podcast Player também se orgulha de ser o único plugin que inclui um botão de subscrição de e-mail para aumentar a lista de ouvintes envolvidos na newsletter. No entanto, a oferta destes recursos avançados tem um preço, com planos que custam $12/mês ou US$ 8/mês, se pago anualmente.

Em quais Diretórios de Podcast você deve apresentar o seu Podcast?

Falamos longamente sobre como apresentar um podcast no WordPress, mas há muitos outros lugares em que é importante sindicar o seu programa.

Plataformas como Apple Podcasts ou Spotify são provavelmente o topo de gama, mas não são as únicas.

A regra comum é distribuir um podcast a cada plataforma, grande e pequena, para fazer crescer uma audiência e atrair novos ouvintes.

Felizmente, a sindicação de um podcast através dos directórios principais segue instruções de configuração semelhantes. Para começar, destacamos as seis plataformas essenciais para listar o seu podcast, além de alguns diretórios menos conhecidos que são bons de se ter.

Podcasts de Maçã

A partir de março de 2018, os Podcasts da Apple passaram por 50 bilhões de downloads e transmissões de episódios de todos os tempos! De um total de 7 bilhões de fluxos em 2014, isso representa 7x mais consumo em apenas quatro anos.

Para entrar na ação, comece por enviar o seu espetáculo primeiro para os Apple Podcasts.

Submeter o seu podcast aos Podcasts da Apple

Submeter o seu podcast aos Podcasts da Apple

O processo de submissão é simples e os podcasts são normalmente aprovados dentro de alguns dias úteis.

Para começar, crie uma conta com o iTunes Connect e adicione o URL do feed RSS do podcast para validação.

Reveja as informações incluindo o título do programa, as categorias apresentadas e a lista de episódios para ter certeza de que tudo está correto e, em seguida, clique em enviar. Após 24-48 horas, os Apple Podcasts enviarão um e-mail com o link para a listagem do show e pronto!

Use o link aprovado para dirigir os ouvintes à lista de podcasts Apple do seu podcast para que eles possam se inscrever diretamente na plataforma.

Spotify

Spotify ganhou recentemente o seu lugar como a 2ª plataforma de streaming podcast mais popular e é a plataforma que a maioria dos jovens de 12-24 anos ouviram no último mês.

Com a recente aquisição da Anchor.fm, eles estão mostrando seu compromisso e investimento no sucesso da indústria de podcasting.

Enviando seu podcast para Spotify via RSS feed

Enviando seu podcast para Spotify via RSS feed

A listagem do seu podcast no Spotify segue um processo semelhante ao dos podcasts da Apple. Primeiro, você vai precisar de uma conta e depois adicionar o feed RSS do seu podcast.

A partir daí, a equipe da Spotify verificará sua conta e aprovará o show em poucos dias úteis.

Google Play e Google Podcasts

Para os usuários Android entre nós, Google Play e Google Podcasts são as plataformas de streaming de escolha. Qual é a diferença entre os dois? Lançado em Junho de 2016, o Google Podcasts foi construído para se integrar de perto com o seu produto Google Assistant sinalizando a sua aposta de que os utilizadores vão querer ouvir os podcasts através da tecnologia de assistente de voz. Como bónus adicional, os programas apresentados nos Podcasts do Google também aparecem nos resultados de pesquisa do Google, oferecendo uma enorme oportunidade de descoberta à medida que os potenciais ouvintes procuram informações relacionadas com o seu tópico.

Em resumo, o conteúdo do podcast é acessível tanto no Google Play como no Google Podcasts, por isso é importante enviar o seu programa para cada plataforma. Começando com o Google Play, você vai precisar mais uma vez de uma conta do Google.

Se você já usa o Gmail, você pode usar essa conta para adicionar podcasts ao portal deles. Em seguida, envie seu feed RSS, verifique se você é proprietário do conteúdo e aguarde cerca de cinco dias úteis para ser aprovado.

Submeter o seu podcast ao Google Play

Submeter o seu podcast ao Google Play

O processo é ligeiramente diferente para os Podcasts do Google, pois a ferramenta funciona para indexar automaticamente cada podcast se reconhecer um feed RSS válido em um site.

Para começar, vá para o Google Podcast Publisher Tools e verifique se os bots do Google já encontraram o programa.

Enviando seu podcast para o Google Podcasts

Enviando seu podcast para o Google Podcasts

Se você receber a mensagem de erro “Este feed RSS não está atualmente indexado pelo Google Podcasts”, você precisará verificar se o seu site WordPress atende às suas diretrizes.

Se o Google Podcasts já reconhece o seu programa, você está pronto para ir!

Stitcher

Stitcher é um aplicativo de streaming gratuito disponível em todos os dispositivos Apple e Android, especializado em conteúdo de áudio falado. A plataforma inclui apenas conteúdo de rádio e podcast, tornando-se a plataforma de acesso para os ouvintes ávidos que adoram descobrir novos programas.

Submeter o seu podcast à Stitcher

Submeter o seu podcast à Stitcher

Apresenta mais de 100K+ podcasts e integra-se de forma única com mais de 50 modelos de carros, permitindo aos utilizadores transmitir episódios durante as suas deslocações.

A Stitcher mantém o processo de submissão fácil, são necessários apenas três passos para começar. Comece com a criação de uma conta, adicione o URL do seu RSS feed e aguarde a aprovação.

Os anfitriões também podem enviar vários shows sob uma conta de Provedor de Conteúdo para que seja fácil enviar uma lista de podcasts de uma só vez.

Podchaser

Podchaser é uma extensa base de dados de podcast com funções avançadas de pesquisa e lista. Eles permitem aos usuários descobrir, compartilhar e acompanhar seus podcasts e episódios favoritos. Os usuários podem encontrar novos podcasts para amar filtrando por número de episódios, data de publicação mais recente, categoria, e programas de tendências.

Submeter o seu podcast ao Podchaser

Submeter o seu podcast ao Podchaser

A plataforma lançou recentemente um recurso de Feed personalizado que sugere novos podcasts para consumir com base nos hábitos de escuta de um usuário. Com tantas oportunidades para as pessoas descobrirem o seu podcast, criar uma listagem em Podchasers é um “no brainer”.

A submissão não podia ser mais directa. Tudo o que você precisa fazer é adicionar seu link de feed RSS ou ID de Podcasts da Apple ao seu portal “Add Podcast”. A equipa Podchaser irá verificar as informações e adicionar o espectáculo à plataforma.

Castbox

Com 20 milhões de usuários, Castbox é outro aplicativo gratuito de streaming que está disponível no Android, Apple, tecnologias de assistente de voz, Carplay e dispositivos desktop, permitindo que os ouvintes acessem podcasts de qualquer lugar.

Submeter o seu podcast à Castbox

Submeter o seu podcast à Castbox

Castbox é um directório de podcasts único porque também oferece serviços de hosting, além de ser um serviço de streaming. Para criar uma conta, adicione seu feed RSS, seu endereço de e-mail e aguarde para ser notificado quando a listagem for aprovada.

62 milhões de pessoas ouvem um podcast todas as semanas 🎧 É uma grande oportunidade para alcançar um novo público, então... Confira este guia completo sobre como lançar um podcast com o WordPress! 🎙🗣Click to Tweet

Resumo

O podcasting com WordPress é de longe um dos métodos mais fáceis para lançar com sucesso um novo podcast.

Quando começar, recomendamos o uso de um provedor dedicado de hospedagem de podcast para tirar o jogo de adivinhação da criação do seu próprio feed RSS. Escolher um provedor que tenha um plugin WordPress integrado economiza tempo e dinheiro no longo prazo – duas coisas que você sempre vai querer mais quando se trata de produzir um podcast!

Assim que o site estiver configurado e você estiver confortável para gerenciar tudo dentro do WordPress, não se esqueça de sindicar seu programa nos principais e menos conhecidos diretórios de podcasts.

Esta é a forma mais simples e econômica de aumentar a audiência é apresentar seu programa em todos os lugares onde um ouvinte em potencial já consome conteúdo. Não se corte de ser descoberto!

Agora é a sua vez: você dirige um podcast? Se sim, o que mais lhe agrada no podcasting? Se não, já pensou nisso? Partilhe a sua experiência nos comentários!


Se você gostou deste artigo, então você vai adorar a plataforma de hospedagem WordPress da Kinsta. Turbine seu site e obtenha suporte 24/7 de nossa experiente equipe de WordPress. Nossa infraestrutura baseada no Google Cloud se concentra em escalabilidade automática, desempenho e segurança. Deixe-nos mostrar-lhe a diferença Kinsta! Confira nossos planos