Se você já se perguntou: “O que é um tema WordPress?”, você não está sozinho. Simplificando, um tema WordPress modifica o design do seu website com WordPress. Essas mudanças de design incluem ajustes em sua exibição e aparência e, na maioria das vezes, alguns aspectos de funcionalidade também.

O usuário comum do WordPress instala um tema para minimizar os esforços de personalização e codificação. Os temas também o aproximam de um design específico desejado, como para um restaurante ou website baseado em vídeo.

O que é um Tema WordPress?

O WordPress por si só oferece um sistema completo de gerenciamento de conteúdo para adicionar páginas, menus, itens de mídia, artigos em blogs, e muito mais. Cada parte do seu site é gerenciada pelo WordPress, mas isso não significa que o design necessário já esteja em vigor.

Na verdade, é exatamente o oposto. Uma instalação WordPress em branco vem com um tema padrão que é simples e claro. Você tem até a opção de retirar este tema padrão e construir um site a partir do zero. No entanto, fazer isso exigiria habilidades avançadas de codificação. Sem mencionar que mesmo desenvolvedores experientes podem ver isto como uma perda de tempo, já que muito do trabalho de design já foi feito para você com um tema.

O WordPress tem as ferramentas para manipular um website, mas não tem muito em termos de design de front-end embutido nele. É aí que entra em jogo um tema. Um tema acrescenta beleza e estilo ao seu site na forma de cores, fontes e formatação. Ele permite que você tenha menus e cabeçalhos de navegação especiais, juntamente com designs de nicho geral, tais como temas de websites de membros ou lojas online.

Eu preciso de um tema para WordPress?

Tecnicamente, não. No entanto, para muitos usuários, não há muita lógica por trás da construção de um site WordPress sem um tema.

Um exemplo em que você pode considerar pular um tema é se você gostaria de usar o WordPress como uma plataforma de teste para aprender a codificar. Neste caso, você não está produzindo um produto final, mas sim usando o WordPress como sistema de treinamento.

Também é possível que algumas empresas queiram um design totalmente personalizado para seu website. Neste caso, elas precisariam dos recursos para contratar um desenvolvedor e designer, pulando completamente o processo de instalação do tema. No entanto, é muito provável que esse design ainda esteja usando modelos de algum tipo para construir o website.

Só estou começando com o WordPress? 😄 A instalação de um tema é um dos primeiros passos. Saiba mais sobre temas e como utilizá-los aqui mesmo 👇Click to Tweet

Finalmente, alguns usuários podem querer usar WordPress headless, onde o gerenciamento de conteúdo e o processo de publicação do backend é tratado pelo WordPress, enquanto o componente visual do frontend é renderizado por uma estrutura JavaScript como Gatsby.

Em geral, a maioria dos proprietários de empresas, desenvolvedores, agências e blogueiros precisam de temas WordPress de alguma forma. Os temas oferecem o caminho mais rápido para projetar um site profissional e, em alguns casos, podem permitir que você lance um belo site em questão de minutos.

Se você é inexperiente em design, ainda é possível fazer um produto respeitável com um tema. Se você tem experiência com design, um tema simplesmente o ajuda a focar em partes mais importantes e avançadas do design.

Qual é o melhor tema para WordPress?

É realmente difícil decidir sobre o melhor tema WordPress, mas podemos falar sobre elementos que fazem um bom tema e recomendações sobre quais os comerciantes e tipos de temas a serem considerados.

Elementos que fazem um bom tema para WordPress

  • Um projeto geral, multiuso ou um projeto de nicho que atenda às suas negociações comerciais.
  • Velocidade de carregamento da página para que o seu site funcione sem problemas e não leve muito tempo para renderizar.
  • Código leve e limpo que não causa conflitos com os plugins.
  • Suporte ao cliente de alta qualidade com acesso a fóruns, documentação online, e potencialmente uma opção de contato direto com o suporte ao cliente.
  • Um layout responsivo que funciona em múltiplos dispositivos, incluindo telefones e tablets.
  • Um design forte para blog.
  • Conteúdo de demonstração que você pode importar para tornar seu site instantaneamente funcional e bonito. Caso contrário, requer muito mais personalização do que se desejaria.
  • Um projeto simples e minimalista que utiliza o espaço em branco adequadamente e elimina a desordem desnecessária.
  • Opções para trabalhar com o editor de blocos do WordPress incorporado ou com um dos muitos construtores de páginas respeitáveis. O ideal seria encontrar um tema que funcionasse com um construtor de páginas de arrastar e soltar.
  • Configurações para ajustar a marca e elementos de design como tipografia e cores.

Tipos de Temas a Considerar

Você tem várias escolhas a fazer ao selecionar um tema WordPress.

O primeiro passo é descobrir se você gostaria de um tema polivalente ou de nicho. Um tema polivalente funciona melhor para agências WordPress ou para aqueles que querem a capacidade de transformar o tema base em qualquer tipo de projeto, para qualquer tipo de indústria. Temas polivalentes são mais versáteis, mas às vezes não são necessários se você já conhece o nicho em que está se concentrando.

Um tema de nicho se cola a um projeto de indústria, como um projeto para uma empresa de arquitetura ou um site de banda. Se você selecionar um tema de nicho, você precisará escolher um tema com base em seus desejos de indústria ou funcionalidade.

Por exemplo, você pode encontrar muitos temas nas seguintes categorias:

.

Exemplos de temas de comércio eletrônico gratuito.
Exemplos de temas de comércio eletrônico gratuito.

Finalmente, é essencial descobrir se você gostaria de instalar um tema WordPress gratuito ou premium/pago.

Temas gratuitos estão disponíveis em toda a Internet, alguns dos quais são ótimos enquanto outros são lixo. Embora o mesmo possa ser dito sobre temas premium, geralmente há mais controle de qualidade quando se paga por um tema.

Optar por um tema gratuito pode acabar sendo a única opção se seu orçamento for limitado. Entretanto, encorajamos você a considerar pelo menos um tema WordPress premium, uma vez que o preço geralmente não é tão alto.

Aqui estão as principais diferenças entre os temas gratuitos e premium:

Temas WordPress gratuitos

  • Você pode baixá-los e instalá-los instantaneamente de graça.
  • Geralmente são muito mais simples em design e funcionalidade.
  • Os temas gratuitos são escritos e revisados bastante online, de modo que é mais fácil entender o que os outros sentem sobre eles. Às vezes é difícil entender o que os usuários pensam sobre um tema premium.
  • Normalmente há uma falta de suporte ao cliente, mas os temas gratuitos normalmente dão acesso a um fórum de usuários para discutir questões.
  • Os melhores temas gratuitos são mantidos e atualizados regularmente, mas não há nenhuma exigência para que os desenvolvedores o façam, tornando o processo de busca um pouco complicado.

Temas WordPress Premium

  • Os temas Premium custam dinheiro, geralmente de US$ 30 a US$ 150. Esta é uma taxa única, mas às vezes você tem que pagar por suporte estendido e atualizações.
  • Muitas vezes oferecem características mais avançadas que minimizam a necessidade de plugins volumosos.
  • Os temas Premium muitas vezes fornecem suporte ao cliente de alta qualidade por e-mail e chat, ao invés de apenas um fórum com temas gratuitos.
  • Você pode esperar segurança consistente e atualizações de recursos dos desenvolvedores do tema premium, uma vez que seus negócios dependem disso.
  • Outro benefício é que os temas premium geralmente têm artigos de base de conhecimento para referência.
  • Os desenvolvedores de temas Premium estão tentando vender-lhe seu produto, por isso é importante entender que parte da cópia de vendas pode ser enganosa ou exagerada.

Onde encontrar bons temas para WordPress

De temas gratuitos a temas premium, a Internet é um tesouro de bibliotecas e mercados para encontrar as opções perfeitas. Aqui estão algumas recomendações sobre lugares para encontrar temas gratuitos e premium de alta qualidade:

Onde encontrar temas de WordPress gratuitos

O repositório de temas do WordPress é de longe a melhor opção quando se procura por temas gratuitos. Você não só pode olhar as avaliações e revisões, mas também pode navegar pelos temas a partir do seu painel de controle do WordPress, instalá-los com o clique de um botão, e boom… você mudou seu tema!

O repositório temático WordPress.
O repositório temático WordPress.

Outra opção para temas gratuitos é ir a fornecedores premium. Eles freqüentemente disponibilizam versões limitadas de seus temas premium como downloads gratuitos.

Onde encontrar Temas WordPress Premium

Os mercados de temas premium oferecem milhares de temas para navegar e comprar. Eles oferecem filtros e funções de busca para localizar o ideal e, ao mesmo tempo, analisam as revisões e classificações antes de fazer uma compra.

O Envato é um popular mercado temático premium.
O Envato é um popular mercado temático premium.

Aqui estão os melhores mercados temáticos premium:

Por outro lado, você poderia pular o caos do mercado e comprar diretamente de um desenvolvedor de temas. Estas empresas fornecem suas próprias carteiras de temas, e você freqüentemente recebe um suporte de primeira linha ao cliente. O único problema é que você não verá nenhuma classificação de usuário como veria em um mercado.

Você pode encontrar centenas de grandes opções através de uma busca no Google, mas alguns dos mais conceituados desenvolvedores de temas incluem:

Uma coleção de temas premium da ThemeIsle.
Uma coleção de temas premium da ThemeIsle.

Como faço para instalar um tema WordPress?

Vamos percorrer um breve tutorial sobre uma maneira de instalar um tema WordPress, mas recomendamos verificar os três métodos em nosso artigo oficial de instalação do tema WordPress.

Para instalar, ativar e editar um tema WordPress, vá para o painel do WordPress e clique em “Aparência > Temas”.

Instale um tema WordPress no painel de administração
Instale um tema WordPress no painel de administração

O WordPress já vem com um tema padrão. Entretanto, você pode clicar no botão “Adicionar novo” para pesquisar ou carregar um novo tema.

Adicione um novo tema WordPress.
Adicione um novo tema WordPress.

Um tema de terceiros geralmente requer que você faça o download de um arquivo ZIP do tema para seu computador e o carregue para o WordPress. Para fazer isso, clique no botão “Upload Theme” e faça o upload do tema para o WordPress.

Você também tem a opção de navegar pela coleção de temas gratuitos no WordPress ou usar a caixa de busca para digitar uma palavra-chave desejada.

Carregue um arquivo temático do WordPress.
Carregue um arquivo temático do WordPress.

Uma vez que você encontre ou carregue um tema, ele deve ser instalado e ativado.

Basta clicar no botão “Instalar” seguido do botão “Ativar”.

Instalar e ativar um tema WordPress.
Instalar e ativar um tema WordPress.

Como editar meus ajustes de tema?

Na mesma seção “Aparência > Temas”, uma lista de temas disponíveis é mostrada, juntamente com seu tema atualmente instalado e ativado. Para alterar o design desse tema, clique no botão “Personalizar”.

Personalize seu tema WordPress.
Personalize seu tema WordPress.

Isto revela o construtor visual padrão no WordPress. Ele oferece uma grande biblioteca de configurações. Você pode modificar tudo, desde as cores do tema até os menus, e os widgets até a identidade do site (como seu logotipo).

Outra opção é instalar e usar um construtor de páginas de arrastar e soltar como a Elementor ou a WPBakery. Estas são ferramentas de terceiros com características de design visual mais avançadas.

Editar configurações temáticas do WordPress.
Editar configurações de temas do WordPress.

Qual é a diferença entre parent theme e child theme WordPress?

Ao comprar ou desenvolver um tema, você pode encontrar os seguintes termos: parent theme e child theme.

Até agora, nós nos referimos a eles apenas como temas centrais ou temas “regulares”. Falamos sobre como os temas poderiam ter conteúdo de demonstração, mas isso não cobre o child theme e como ele interage com o parent theme.

Em resumo, só nos referimos a parent theme e child theme quando é necessário. Portanto, se você compra um tema e ele requer apenas a instalação de um tema, não é um parent theme ou child theme.

Os temas de WordPress para parent theme e child theme são agrupados, trabalhando em conjunto para criar um design único. Às vezes os temas premium são desenhados desta forma, com um parent theme e um child theme. A razão para isto é fornecer opções adicionais de design onde um parent theme é o estilo padrão e você pode receber vários child themes para transformar instantaneamente o design em algo drasticamente diferente.

O que é um parent theme WordPress?

Na combinação do parent theme e child theme fornece a maior parte das funcionalidades e configurações centrais do site. Este parent theme constrói a base para aquele website e muitas vezes não é personalizado tanto quanto o child theme. Na verdade, não é uma boa idéia personalizar um parent theme de forma alguma.

Os desenvolvedores gostam de utilizar os parent themes porque eles têm a capacidade de garantir as características principais nesse parent theme, mas ainda assim modificam o design do site, mexendo no child theme. Também é mais fácil se estender sobre um child theme, já que é mais flexível do que o parent theme.

Ao trabalhar com uma combinação de parent theme e um child theme, o parent theme é instalado primeiro. Em seguida, instala-se e ativa-se o child theme depois.

O que é um child theme WordPress?

Um child theme WordPress acrescenta um nível de extensão e segurança a um site e tema porque você não precisa escrever muito código ou modificar os arquivos do parent theme. Em vez disso, um child theme serve como um “boneco de teste” mais flexível para o design.

Ao editar um tema regular sem um child theme, você está editando permanentemente os arquivos principais ao fazer personalizações. Outras opções para personalizações incluem trabalhar com um construtor visual ou instalar um plugin. Muitos desenvolvedores acham que é mais fácil instalar um child theme do que um parent theme, por causa dos benefícios de segurança e flexibilidade.

Um child theme contém pelo menos os seguintes arquivos: um stylesheet e um arquivo functions.php.

Na verdade, a maioria dos child themes se ater ao menor número possível de arquivos. Para mudar o child theme, os arquivos functions.php ou stylesheet precisam ser editados. Você também tem a opção de adicionar mais arquivos ao child theme. Por exemplo, você pode substituir um arquivo de modelo de página no parent theme adicionando um novo arquivo na pasta child themes. Também é possível controlar grande parte do design e funcionalidade do parent theme adicionando às funções e arquivos de stylesheet.

Falamos brevemente sobre isso, mas aqui está uma explicação mais detalhada sobre os dois benefícios do child theme:

  • Extensibilidade – Não é necessária uma codificação excessiva sobre um child theme. A grande maioria da codificação é salva e armazenada no tema dos pais. Entretanto, as opções de personalização ainda estão disponíveis no child theme. É apenas mais simples e menos prejudicial para os arquivos centrais quando se trabalha com um child theme.
  • Atualizações e segurança – Não há motivo para mudar nada no parent theme se você tem um child theme. Tudo é feito no child theme, tornando muito mais fácil trocar um child theme enquanto mantém a funcionalidade do tema pai ou atualizar com segurança o tema pai, já que as mudanças são salvas no child theme. Pense nisso como um conjunto não destrutivo de camadas. Quanto mais camadas de design você tiver, menor será a chance de causar danos na camada fundacional.

De que são feitos os temas do WordPress?

Se você é proprietário de uma empresa, provavelmente nunca pensou em como seu tema WordPress é realmente feito. Entretanto, é importante que os desenvolvedores entendam o funcionamento interno dos temas para seus próprios propósitos de desenvolvimento. Além disso, não é uma má idéia para ninguém que usa um tema WordPress conhecer pelo menos o básico.

É como ser dono de uma casa. Você pode não saber como reparar o forno, mas deve saber onde ele está localizado, como desligá-lo e talvez algumas práticas de manutenção. Um tema é o mesmo caminho. Seu negócio depende de um tema que funciona corretamente, portanto não é uma má idéia descobrir um pouco como ele funciona.

Como mencionado brevemente antes, um tema do WordPress é uma coleção de arquivos, cada um com seus próprios propósitos, que se reúnem e funcionam para fornecer uma interface gráfica e funcional na Internet.

Um tema WordPress torna suas características e elementos de design no sistema de gerenciamento de conteúdo WordPress, mas tecnicamente, os arquivos temáticos do WordPress são armazenados em um servidor, gerenciado por sua empresa de hospedagem.

O que está dentro desses arquivos WordPress?

Os desenvolvedores os chamam de arquivos modelo, e eles incluem uma grande variedade de arquivos que mudam a maneira como seu site é mostrado na Internet, tudo sem ajustar as ferramentas principais do WordPress.

Alguns dos tipos de arquivos incluem o seguinte:

  • Arquivos PHP – Os arquivos PHP contêm todo o código necessário para dizer a outros arquivos o que fazer no site. Eles mantêm a estrutura geral do tema e interagem com CSS e arquivos de mídia para dar-lhes ordens sobre como funcionar.
  • Arquivos CSS – estas são folhas de estilo para modificar a forma como os projetos de dados são exibidos em seu website. Os arquivos CSS podem controlar qualquer coisa desde o tamanho da fonte até o posicionamento dos botões, até a formatação das colunas.
  • Arquivos GIF, PNG ou JPG – estes são arquivos de imagem, e não são diferentes de um arquivo de imagem padrão JPG ou PNG que você armazena em seu computador. A única diferença é que eles estão organizados em uma pasta do site e são mandados para aparecer em um determinado lugar em seu site.

Os formatos de arquivo cobertos acima indicam os tipos de arquivos armazenados em seu modelo. Há centenas, se não milhares, de cada tipo de arquivo. Além disso, a contagem de arquivos fica maior à medida que você constrói seu site. Por exemplo, cada vez que você carrega uma nova imagem do blog, ela é armazenada como um arquivo JPG ou PNG na pasta de temas.

Cada um desses arquivos é armazenado em uma pasta de temas, que normalmente é dividida em um punhado de outras pastas categorizadas.

Quanto a arquivos específicos, os temas do WordPress contêm arquivos especiais que entregam conteúdo estático a determinadas páginas. Toda vez que você modifica um desses arquivos, as mudanças são detectadas para que sejam refletidas na página ou local correto do site.

WordPress para os arquivos.
WordPress para os arquivos.

Aqui estão alguns dos arquivos temáticos específicos do WordPress que você verá em praticamente todas as pastas de temas:

  • header.php – Um arquivo que funciona globalmente e apresenta elementos estáticos como menus e cabeçalhos de navegação. O arquivo também armazena arquivos HTML. Seu objetivo principal é que os desenvolvedores façam uma simples mudança no arquivo de cabeçalho para ver essas mudanças, não importando qual página você visite no site – como com o menu.
  • footer.php – Este é outro arquivo global que controla o rodapé estático, com dados de formatação e conteúdo, como se você tivesse um menu em seu rodapé ou links para sua documentação de suporte. As tags HTML de outros arquivos são eventualmente fechadas por este arquivo.
  • sidebar.php – Qualquer barra lateral que você ativar em seu tema WordPress é controlada por este arquivo. As barras laterais nem sempre são tão estáticas quanto um menu, mas isso é possível. As barras laterais são realmente configuradas no arquivo functions.php, mas você ativa e controla o conteúdo de uma barra lateral na área de administração do WordPress.
  • The Loop – Nos referimos ao “The Loop” como os arquivos temáticos do WordPress que apresentam o conteúdo principal do site em seu site.
  • page.php – Este arquivo gerencia o visual de todas as páginas do WordPress. Portanto, quando você cria uma nova página para uma seção Sobre Nós ou Testimonial do seu site, seu estilo vem do arquivo page.php. No arquivo, você pode modificar opções como ter uma barra lateral ou não. Você também pode gerar modelos de página únicos como substitutos para o modelo de página principal.
  • single.php – Visto que os artigos estão separados das páginas no painel do WordPress, faz sentido que eles também tenham seus próprios arquivos. Isso porque cada artigo individual do blog pode ter um design drasticamente diferente do de uma página. O arquivo single.php controla o formato e o estilo dos artigos individuais, de modo que você pode especificar aspectos como barras laterais e tamanhos de cabeçalho.
  • index.php – O arquivo index é bastante importante, visto que mantém a aparência de sua página inicial. Embora os arquivos de índice de temas variem bastante, o arquivo de índice padrão do WordPress executa um loop que apresenta os artigos recentes do blog e links para todos os artigos anteriores do blog. Este é um dos arquivos primários que é alterado com um tema, porque algo como um comércio eletrônico ou tema corporativo muitas vezes precisa mais do que apenas uma lista de artigos de blog.
  • tag.php, category.php, e archive.php – Alguns dos outros arquivos controlam como são as páginas de arquivo e as postagens em seus sites. Os arquivos de categoria e tag podem ser criados para modificar a aparência das páginas de categoria e tag específicas quando elas acabam nos arquivos.

Tenha em mente que todos os arquivos temáticos do WordPress poderiam tecnicamente ter nomes diferentes dos que estamos discutindo aqui. Não é comum, considerando que o download de um arquivo WordPress padrão já inclui os nomes de arquivo padrão, mas é possível que um desenvolvedor personalizado os nomeie com outros nomes. Por exemplo, alguns desenvolvedores vão com single-post.php ao invés de single.php.

 

Arquivos temáticos WordPress adicionais

Os seguintes arquivos são freqüentemente considerados arquivos de fundo. Eles ainda são extremamente importantes para que um tema funcione, mas têm um papel mais de fundo para manipular os arquivos mencionados anteriormente.

  • style.css – Stylesheet CSS é necessária para todos os temas do WordPress e vem por padrão quando você faz o download de um tema premium ou gratuito. Este é o principal arquivo CSS para controlar muitos aspectos visuais do seu site. CSS trabalha lado a lado com HTML e outros arquivos WordPress para estilizar a estrutura fundacional do seu site.
  • functions.php – Aqui está um arquivo que permite que você insira seu próprio código PHP para mudar em torno de certas áreas do tema central. Um exemplo seria implementar mais barras laterais do que o tema inicialmente ditado ou eliminar uma de uma pré-visualização do artigo.
  • comments.php – Este arquivo está pronto e esperando se você tiver comentários em seus artigos ou páginas, mas geralmente em artigos. O arquivo comments.php tem a opção de substituição se você preferir instalar um plugin de terceiros que forneça uma seção de comentários mais avançada. Você também pode desativar completamente seus comentários.

Uma breve descrição sobre o Loop

O Loop é freqüentemente considerado o elemento de trabalho mais difícil de qualquer tema WordPress. É uma parte essencial da estrutura do arquivo que envia uma consulta para descobrir os artigos e páginas corretas a serem entregues ao usuário final. Após a consulta, uma declaração PHP termina o processo e entrega o resultado final para o usuário final.

No entanto, as peças entre a consulta e a declaração PHP dependem inteiramente de você e do seu projeto temático. Como exemplo, você pode escolher o que é enviado a partir dessa declaração PHP, como conteúdo e títulos do artigo, ou comentários e metadados.

Procurando uma hospedagem WordPress de alto desempenho alimentada pelos servidores mais rápidos da plataforma Google Cloud Platform? Confira nossos planos.

São possíveis loops múltiplos para servir até uma única página ou postagem, mas todos eles estão confinados entre a consulta e a declaração PHP, e a saída do loop. Portanto, todo o conteúdo da página não aparecerá até que todas as consultas e loops tenham sido completados.

O que os temas podem fazer com esses arquivos?

Você tem loops e arquivos e muitos outros itens que compõem um tema WordPress. Tudo isso é ótimo, mas o que esses arquivos realmente fazem? O que eles estão trabalhando para conseguir?

Em geral, os temas do WordPress e seus arquivos, compilar os arquivos, conteúdo e dados armazenados no WordPress, e nos arquivos em seu servidor. O tema então exibe os arquivos – no formato sugerido – para o computador ou navegador móvel do usuário (confira este guia se você não vê mudanças ao atualizar o WordPress).

Cada arquivo e loop dita como o conteúdo é exibido no navegador.

Os arquivos temáticos mostram coisas tão simples quanto a coloração certa para seu texto e botões. Eles também puxam o código e os arquivos corretos para apresentar seu menu da maneira correta.

Uma versão do Tema WP Astra após ser carregado.
Uma versão do Tema WP Astra após ser carregado.

 

Aqui estão algumas outras coisas que os temas do WordPress fazem:

  • Carregar imagens e itens de mídia nos locais certos e mostrar ao usuário.
  • Personalizar vários elementos com o uso do CSS, como com sua tipografia ou botões.
  • Mostrar conteúdo dinâmico baseado em qual dispositivo está sendo usado ou qual página é clicada. Desenhos responsivos também estão incluídos aqui.
  • Apresentar layouts alternativos e decidir se utilizar ou não uma ou duas colunas.

Qual é a diferença entre um Tema e um Plugin?

Uma das principais vantagens do WordPress é sua capacidade de extensão. Similar ao de um smartphone com aplicativos, o WordPress oferece extensões sob a forma de plugins. Os temas também são elementos de terceiros que você adiciona ao núcleo do sistema WordPress, mas eles diferem dos plugins.

Tanto os temas quanto os plugins garantem que o WordPress Core permaneça leve e flexível. Você é capaz de instalar os temas e plugins necessários sem ter que trabalhar com um sistema de gerenciamento de conteúdo que é inchado com toneladas de ferramentas embutidas.

Sim, o WordPress já tem muitas características embutidas, mas apenas o essencial. Os plugins e temas fornecem personalizações exclusivas e a capacidade de adicionar funcionalidades e estilos adicionais ao seu site.

Portanto, temas e plugins são ambos extensões do WordPress. Ambos são instalados como uma ferramenta de terceiros para melhorar o design e a funcionalidade do seu site.

Mas o que os torna diferentes?

Temas WordPress

Os temas WordPress funcionam modificando a funcionalidade e o design do seu site WordPress. Em geral, os desenvolvedores e proprietários de sites instalam temas para incorporar uma aparência específica do site.

Desta forma, em vez de publicar um design chato e em branco, eles são capazes de tornar um website quase instantaneamente para indústrias e propósitos específicos, como se você quisesse um design focado no setor imobiliário ou um fórum que se parecesse com o Reddit.

A biblioteca temática WordPress.
A biblioteca de temas do WordPress.

Este nem sempre é o caso, mas os desenvolvedores normalmente começam seu processo instalando um tema WordPress. Não adianta reinventar a roda, então os temas WordPress permitem que desenvolvedores e designers saltem a codificação personalizada e construam um site a partir do zero. Em resumo, alguém já fez o trabalho para eles, semelhante a escrever seu currículo usando um modelo.

Os temas do WordPress modificam muitas áreas do seu site WordPress, algumas das quais incluem:

  • Menus
  • Layouts
  • Cabeçalhos
  • Cores
  • Fontes
  • Barras laterais

Um novo site WordPress já tem um tema padrão instalado. Você tem a opção de usar este tema ou substituí-lo por um tema gratuito ou premium. O tema padrão é leve e estável, mas é bastante simples e normalmente usado apenas para um blog pessoal.

Tenha em mente que você só pode ativar um tema de cada vez no WordPress. Isto contrasta com os plugins, visto que você pode ter um número ilimitado de plugins em seu site WordPress.

Cada vez que você instala um novo tema, os elementos do projeto mudam drasticamente. A razão disto é porque cada tema é desenvolvido para fins específicos. Alguns são apenas para sites de eCommerce, enquanto outros oferecem características de site de membros.

Por outro lado, os temas polivalentes normalmente atendem aos desenvolvedores ou proprietários de sites que desejam mais flexibilidade com seus projetos. Um tema polivalente não tem um foco no setor. Em vez disso, ele fornece um modelo básico para que você personalize em grande escala. Estes temas são populares porque você não fica preso a um desenho depois de comprar o tema. Eles também são comuns para agências e desenvolvedores por fazerem múltiplos websites para diferentes clientes.

Um tema WordPress multiuso geralmente vem com uma biblioteca de conteúdo de demonstração ou temas de nicho, onde você instala aquele tema extra para tornar o tema multiuso em algo mais específico – como para uma fotografia ou um site de igreja.

Plugins WordPress

Enquanto os temas WordPress transformam o design visual e algumas funções em seu site, os plugins são geralmente criados para adicionar uma nova funcionalidade ao seu site WordPress, estendendo-se sobre a funcionalidade central do WordPress.

O repositório de plugins do WordPress.
O repositório de plugins do WordPress.

Os plugins diferem dos temas, pois geralmente não afetam tanto o design do seu website. No entanto, nem sempre é esse o caso – como por exemplo, como os plugins megamenu podem alterar a aparência do seu menu.

Os plugins variam na forma como funcionam e quanto oferecem. Alguns plugins acrescentam apenas uma ou duas características específicas, enquanto outros fornecem longas listas de ferramentas.

Por exemplo, o plug-in Contact form 7 faz uma coisa, adicionar uma solução de formulário de contato ao WordPress. O Jetpack, por outro lado, oferece uma grande variedade de recursos como segurança do site, backups e melhorias de velocidade.

Além disso, muitos plugins simplesmente funcionam como links para outros softwares de terceiros, conectando conjuntos de softwares para que você possa sincronizar os dados e automatizar o processo com seu site WordPress e o software. Um exemplo disso seria ligar um software complexo de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) ao WordPress. O Salesforce CRM tem uma integração plugin, mas a maior parte da funcionalidade ainda é gerenciada no Salesforce.

Plugins e Temas são separados, mas trabalham juntos

Os temas e plugins do WordPress têm suas semelhanças, mas de modo geral, eles completam na maioria das vezes tarefas separadas. Ambos são extensões do WordPress, mas um se concentra no design e o outro mais na expansão das funcionalidades.

Dito isto, temas e plugins trabalham juntos em várias áreas e têm algumas sobreposições em termos de suas funções.

Por exemplo, muitos temas vão além de mudar o design do seu site. Alguns temas incluem construtores de páginas ou desenhistas deslizantes, ambos são características que são frequentemente fornecidas através de plugins. Os temas também tendem a mudar a funcionalidade do menu, especialmente quando se trata de temas de eCommerce. Um tema de loja online normalmente adiciona um botão de carrinho de compras e um módulo de checkout completo. Esse exemplo vai muito além de ajustar o design do seu site, acrescentando melhorias muito poderosas na interface.

Você também verá que os temas e plugins às vezes completam tarefas muito semelhantes. Por exemplo, há muitos plugins que adicionam um fórum comunitário ao seu tema WordPress atual. No entanto, você também tem a opção de simplesmente procurar por um tema que tenha um fórum incluído.

Finalmente, plugins e temas são instalados juntos no WordPress. Isto significa que seus arquivos e estruturas de codificação interagem. É inteiramente possível que um plugin cause conflitos com seu tema atual se ele não for projetado para funcionar com ele e vice-versa.

Para evitar estes problemas, procure temas e plugins de boa reputação que tenham sido testados com outros temas e plugins populares. Um exemplo disto seria um tema WordPress que é conhecido por funcionar bem com o plugin WooCommerce.

Quando você precisa de um tema para WordPress?

 

Não é raro perguntar-se quando um tema WordPress é necessário. Normalmente, não é preciso escolher entre um tema e um plugin, mas sim decidir quando é correto utilizar cada um deles separadamente.

Aqui estão alguns exemplos de quando você pode precisar de um tema WordPress:

  • Quando você gostaria de implementar um projeto específico de website sem codificar um website a partir do zero.
  • Para tornar seu website específico para a indústria de design, como para um portfólio de fotógrafos ou um site de negócios orientado para a construção.
  • Se você estiver administrando uma agência ou empresa de desenvolvimento e precisar criar rapidamente numerosos websites para clientes.
  • Quando você deseja revisar o design do seu website a partir de sua configuração atual. Isto muitas vezes envolve encontrar um tema com as cores, layouts e fontes corretas.

Quando você precisa de um Plugin WordPress?

Geralmente é fácil decifrar quando um plugin é necessário sobre um tema. Dito isto, aqui estão algumas situações em que um plugin é adequado:

  • Quando você gostaria de mudar ou adicionar uma ou duas características ao seu site WordPress, em vez de revisar todo o design como você faria com um tema.
  • Quando você não está satisfeito com um determinado aspecto do seu tema, como trocar os botões da mídia social, ou seus menus de navegação, por novos.
  • Se a idéia de mudar todo o seu tema não faz sentido. Os plugins servem como alternativas para o processo potencialmente frustrante de alterar o design de todo o seu site.
Vamos voltar ao básico...o que é um tema do WordPress, e como você pode criar um em seu site? 🚀 Todas as respostas estão aqui mesmo 💥Click to Tweet

Resumo

Um tema WordPress é um tipo valioso de extensão que é usado para modificar e controlar o estilo, o design e alguns elementos funcionais do seu site WordPress. Ele mantém as principais características do WordPress intocadas, ao mesmo tempo em que lhe dá a flexibilidade de fazer qualquer coisa, desde um site de eCommerce até um simples blog.

Em resumo, um tema WordPress faz seu site parecer bonito. Um tema também conduz esse design bonito em direção a um determinado produto acabado em termos de funcionalidade, como um site de fotografia ou um fórum. Os temas se integram com plugins para expandir as funcionalidades do WordPress e dar mais flexibilidade ao desenvolvedor.

Enquanto os temas WordPress são feitos com uma grande variedade de arquivos essenciais, o usuário médio pode comprar e instalar temas facilmente, mesmo sem saber muito sobre como eles funcionam de um ponto de vista técnico. E esse é um dos fatores-chave que ajudam o WordPress a aumentar sua participação no mercado.


Economize tempo, custos e otimize o desempenho do seu site com:

  • Ajuda instantânea de especialistas em hospedagem do WordPress, 24/7.
  • Integração do Cloudflare Enterprise.
  • Alcance global com 29 centros de dados em todo o mundo.
  • Otimização com nosso monitoramento integrado de desempenho de aplicativos.

Tudo isso e muito mais em um plano sem contratos de longo prazo, migrações assistidas e uma garantia de 30 dias de devolução do dinheiro. Confira nossos planos ou entre em contato com as vendas com as vendas para encontrar o plano certo para você.