Empreendedores estão sempre procurando formas de reduzir custos. E isso é compreensível. Afinal, dinheiro é a alma vital de qualquer negócio e, quando ele acaba, você também está acabado.

Entretanto, uma coisa é ser econômico e gerenciar seu orçamento com sabedoria e outra é ser um pão-duro e se recusar a investir dinheiro mesmo quando faz sentido. Na verdade, é bastante frequente que pessoas pensem que estão economizando dinheiro quando na realidade estão fazendo com que o barato saia caro e prejudicando seus negócios.

Não importa quantas vezes você multiplique por zero, o total final de todas essas contas sempre será zero. Se o sucesso viesse sem nenhum custo, todos seriam milionários, certo?

A realidade é que, às vezes, é preciso gastar dinheiro para ganhar dinheiro. Mas em que exatamente você deve investir para crescer seu negócio on-line? Vamos descobrir.

Escolha o Conjunto Certo de Tecnologia

A hospedagem se tornou extremamente acessível, a ponto de ser quase um detalhe bobo. Você consegue esse serviço por poucos reais por mês. Então, por que desejaria gastar mais que isso?

É importante entender que a qualidade da hospedagem afeta o desempenho do seu website, uma vez que suas duas métricas mais importantes são velocidade e tempo no ar.

A velocidade de carregamento de um website pode não parecer uma questão importante. Alguns segundos aqui ou ali não fazem tanta diferença, certo? Errado.

Na verdade, o Google descobriu que 53% das visitas de dispositivos móveis abandonam a página se ela demora mais de três segundos para carregar. Mesmo assim, a maioria das landing pages analisadas levavam o dobro do tempo para carregar.

Nossas pesquisas foram bastante reveladoras. Em 70% das landing pages móveis que analisamos, eram necessários mais de cinco segundos para que o conteúdo visual acima da dobra fosse exibido na tela e mais de sete segundos para carregar todo o conteúdo visual acima e abaixo da dobra – Pesquisadores do Google.

Velocidade das páginas móveis

Velocidade das páginas móveis (Fonte da imagem: Google)

Além do mais, de acordo com pesquisas do Akamai, um atraso de 100 milissegundos no tempo de carregamento do website pode prejudicar as taxas de conversão em 7%. Para termos uma perspectiva, um piscar de olhos dura entre 100 a 400 milissegundos.

Pode ser difícil compreender a importância da velocidade de carregamento de um website, pois ela realmente não faz sentido por uma perspectiva racional. Obviamente, as pessoas não estão com tanta pressa que um único segundo (ou até menos que isso) as faria abandonar um site. Mas os dados são claros – a velocidade importa.

E a hospedagem é um fator primordial quando se trata de velocidade de carregamento de sites. Para manter seu website veloz, você precisa de uma hospedagem que use as tecnologias mais recentes, como Nginx, PHP 7, MariaDB e contêineres de software LXD. Não é possível otimizar completamente seu website para ser rápido sem uma arquitetura de hospedagem que conduza a isso.

Conjunto de tecnologia

Conjunto de tecnologia

Outro detalhe importante a considerar é o tempo no ar. Essa é a quantidade de tempo que um servidor se mantém em operação. De forma simples, se o tempo no ar for de 99% significa que você pode esperar que seu website fique on-line durante 99% do tempo.

Conforme Jennifer Kyrnin da Lifewire demonstra, até mesmo pequenas diferenças de tempo no ar podem refletir uma parcela de tempo significativa:

  • 98% de tempo no ar = 28,8 minutos/dia ou 3,4 horas/semana ou 14,4 horas/mês ou 7,3 dias/ano
  • 99% de tempo no ar = 14,4 minutos/dia ou 1,7 horas/semana ou 7,2 horas/mês ou 3,65 dias/ano
  • 99,5% de tempo no ar = 7,2 minutos/dia ou 0,84 horas/semana ou 3,6 horas/mês ou 1,83 dias/ano
  • 99,9% de tempo no ar = 1,44 minutos/dia ou 0,17 horas/semana ou 0,72 horas/mês ou 8,8 horas/ano

Se seu website gera US$1.000 por mês, uma hospedagem com 98% de tempo no ar poderia reduzir sua receita em US$20 a cada mês ou até mesmo US$240 por ano. E isso não representa apenas a perda das vendas. Se seus clientes ou mecanismos de pesquisa começarem a acreditar que seu site não é confiável, deixarão de retornar e aqueles US$1.000 por mês começarão a diminuir cada vez mais. – Jennifer

Em outras palavras, tempo fora do ar é terrível para os negócios. E qual é o fator mais importante quando se trata de tempo fora do ar? A hospedagem.

O que as pessoas muitas vezes não percebem é que empresas que oferecem hospedagem barata só conseguem fazer isso porque fornecem hospedagem compartilhada. Isso significa que seu website pode estar compartilhando recursos com mais de 200 outros sites. Essa é uma situação precária, pois você não tem controle sobre o que ocorre com os demais websites. Um problema com um deles poderia impactar o desempenho do seu próprio site.

Por fim, empresas de hospedagem barata simplesmente não conseguem pagar para contratar pessoas suficientes para o suporte técnico, o que significa que se algo der errado, elas levarão algum tempo até resolver o problema.

Por isso, se você paga US$10 por mês em hospedagem, mas recebe menor velocidade de carregamento do website, mais tempo fora do ar e suporte menos confiável, está realmente economizando dinheiro?

Ou está perdendo dinheiro em virtude do desempenho não otimizado do seu website?

Investir em hospedagem WordPress gerenciada premium te ajudará a otimizar a velocidade do seu site, minimizar o tempo fora do ar e receber suporte confiável caso encontre qualquer problema. Além disso, você não precisa se preocupar com outras questões, como violações de segurança, ataques DDOS ou XML-RPC, ou precisar fazer backup do seu site. A Kinsta oferece correções gratuitas de hacks se seu site WordPress for comprometido.

Destaque-se na Multidão com um Design Único

Existem milhares e milhares de temas WordPress gratuitos por aí.

No entanto, embora eles funcionem bem para quem tem um site por hobby, os temas gratuitos não são ideais para os negócios por três motivos:

  • Eles não costumam ser otimizados para velocidade. Código redundante, elementos de página desnecessários, arquivos de imagem gigantes… Todos esses fatores podem retardar seu website significativamente. E você já sabe que mesmo um pequeno atraso no tempo de carregamento pode prejudicar sua lucratividade.
  • Não são otimizados para conversões. O propósito do seu website é vender seus produtos e cada página dele deve ser projetada com o objetivo de estimular o visitante em direção ao próximo passo no funil de vendas.
  • Na maioria das vezes eles não são únicos. Você não quer que seu website se pareça uma cópia exata de outros sites que ocupam o mesmo espaço. Seu design deve ser consistente com sua marca e te ajudar a se destacar no meio da concorrência.

Além disso, temas gratuitos muitas vezes não são testados a fundo antes de serem lançados, o que significa que podem ter falhas, não funcionar bem em todos os navegadores, não serem ideais para todos os dispositivos, etc.

Você também não pode esperar por suporte instantâneo com um tema gratuito, o que significa que precisará encontrar  por conta própria. Você realmente deseja passar várias horas em fóruns do WordPress tentando corrigir um problema pequeno?

Por isso, é melhor adquirir um tema WordPress premium que seja rápido, otimizado para conversões e possa ser personalizado o suficiente para torná-lo realmente seu, oferecendo também suporte confiável.

Aqui estão alguns temas WordPress que recomendamos que dê uma olhada.

GeneratePress

GeneratePress é um tema WordPress veloz, leve (menos de 1MB compactado) e responsivo para dispositivos móveis desenvolvido com velocidade, SEO e usabilidade em mente. Ele foi criado por Tom Usborne, um desenvolvedor canadense. É atualizado ativamente e tem ótimo suporte. Até mesmo alguns membros da equipe da Kinsta usam GeneratePress em seus projetos.

Embora exista uma versão gratuita disponível, você deve investir na versão premium para se beneficiar de todos os recursos de personalização.

GeneratePress

GeneratePress

Um dos excelentes detalhes sobre o GeneratePress é que todas as opções usam o WordPress Customizer nativo, o que significa que você pode visualizar cada mudança que faz instantaneamente antes de clicar no botão de publicação. Isso também quer dizer que você não precisa aprender a usar um novo painel de controle para temas.

OceanWP

tema OceanWP é leve e bastante extensível, permitindo que você crie praticamente qualquer tipo de website, como blogs, portfólios, websites de empresas e lojas WooCommerce com um design bonito e profissional. Desenvolvido por Nicolas Lecocq, também é atualizado ativamente e tem ótimo suporte.

Tema OceanWP

Tema OceanWP

Astra

Astra é um tema veloz, bonito e completamente personalizável adequado para blogs, portfólios pessoais, websites de empresas e lojas WooCommerce. Também é bastante leve (menos de 50 KB no front-end) e oferece velocidade incomparável. Você talvez conheça a empresa como a criadora do popular plugin All In One Schema Rich Snippets, que está no mercado há muitos anos.

Tema WordPress Astra

Tema WordPress Astra

No entanto, se puder pagar, talvez você deva considerar a contratação de um web designer ou desenvolvedor em um site como Codeable para obter um design personalizado que seja feito sob medida para seus negócios

Contrate um designer/desenvolvedor WordPress

Contrate um designer/desenvolvedor WordPress

Encontrar a pessoa certa que entenda sua visão e possua as habilidades necessárias para trazê-la à vida pode ser complicado.

Procure por alguém que tenha feito um trabalho para uma empresa semelhante no passado (por exemplo, se você tem uma loja on-line, busque por um designer que já tenha trabalhado com empresas de e-commerce, etc.).

Além disso, certifique-se de que a pessoa entenda como o design combina com o negócio e seja capaz de explicar como o usará para te ajudar a vender mais (em outras palavras, ela deve possuir um vasto conhecimento sobre otimização de taxas de conversão).

Num primeiro momento, investir em design pode parecer algo leviano, mas isso está longe de ser verdade.

Afinal, o design do seu website afeta diretamente o comportamento dos seus visitantes e torná-lo visualmente mais agradável e fácil de usar pode causar um impacto drástico em suas receitas.

Quando lançamos o novo website da Kinsta em 2017, trabalhamos com uma talentosa agência externa. Alguns anos se passaram e agora aqueles desenvolvedores fazem parte da equipe da Kinsta. 😄 Nós tivemos que fazer um investimento maior (tanto em termos de dinheiro quanto de tempo), mas valeu muito a pena no final das contas.

Invista nas Ferramentas e Softwares Certos

Você pode encontrar em aplicativo gratuito para praticamente tudo.

No entanto, é importante entender que “gratuito” geralmente significa que as pessoas por trás dele não são capazes de gastar muito tempo, energia e dinheiro em atualizações, desenvolvimento e suporte, o que leva a um produto que deixa a desejar quando comparado às opções premium. Desenvolvedores e criadores de softwares têm famílias para alimentar, assim como todos nós.

Aqui estão alguns produtos premium que recomendamos que dê uma olhada:

Basecamp é um aplicativo de comunicação para equipe e gerenciamento de projeto que te ajuda a ficar por dentro de tudo quando estiver trabalhando com uma equipe remota. Chega de confusão! Sugestão de leitura: Trello vs Asana.

Basecamp

Basecamp

Ahrefs é um conjunto completo de ferramentas SEO que te ajuda a pesquisar palavras-chave, construir links, realizar auditorias no site e muito mais. Usamos essa ferramenta na Kinsta e ela se paga com facilidade. Na verdade, essa ferramenta é um dos motivos pelos quais conseguimos aumentar o tráfego em nosso website em 571% em apenas 13 meses.

Ahrefs

Ahrefs

MailChimp é um aplicativo de e-mail marketing onde você pode criar sua lista de e-mails, fazer envios, configurar uma sequência de resposta automática, entre outros. Usamos o MailChimp toda semana aqui na Kinsta para publicar nossa newsletter.

E-mail marketing com MailChimp

E-mail marketing com MailChimp

Buffer é um software de automação de marketing em mídias sociais que te ajuda a crescer seu número de seguidores nas redes sociais automaticamente, através de atualizações agendadas e gerenciamento de todas as suas contas em um só lugar. Tudo o que você vê publicado pela equipe de marketing da Kinsta passa por nossa conta no Buffer!

Ferramenta de mídias sociais Buffer

Ferramenta de mídias sociais Buffer

Sim, você pode encontrar alternativas gratuitas a todos eles, mas as aplicações grátis não são tão poderosas quanto as premium. Além disso, tentar fazer essas mesmas tarefas em aplicações grátis ou, pior ainda, manualmente, pode acabar consumindo um tempo muito grande.

Investir em softwares premium pode te fazer economizar tempo, ser mais eficiente em suas tarefas diárias e ajudar a desenvolver seu negócio mais rapidamente.

Não hesite em fazer isso se puder pagar. Certifique-se também de verificar os outros 20+ aplicativos SaaS que usamos na Kinsta para desenvolver nosso negócio.

Invista em Inbound Marketing para o Longo Prazo

Inbound marketing se trata de atrair pessoas através de conteúdo.

Fatores como SEO, marketing de conteúdo, e-mail marketing, entre outros, são todos métodos inbound, pois com eles você atrai potenciais clientes.

Entretanto, agora que empresas ao redor de todo o mundo o estão utilizando como sua estratégia primária de marketing, ele se tornou extremamente competitivo em virtude da grande quantidade de conteúdo de alta qualidade que pode ser encontrada.

Metodologia global para inbound

Metodologia global para inbound (Fonte da imagem: HubSpot)

Isso significa que você precisa produzir consistentemente conteúdo de alto nível se quiser criar um blog, podcast ou canal no YouTube.

Você tem duas opções:

  • Faça por conta própria. Pode funcionar bem se você já possui as habilidades necessárias para se destacar no meio que escolher. Por exemplo, se você tem experiência anterior em escrever para publicações online, deve ser capaz de escrever artigos de qualidade para seu próprio blog. No entanto, mesmo se você souber o que está fazendo, produzir conteúdo de qualidade leva muito tempo.
  • Contrate pessoas. Isso é o que você deve fazer se não possuir as habilidades necessárias. Por exemplo, se a última vez que você escreveu algo mais substancial que um e-mail foi sua redação no vestibular, então seria bom considerar a contratação de um autor para seu blog.

É claro que, na teoria, você pode aprender as habilidades que precisa do zero. Mas, na prática, isso consumiria muito tempo e, portanto, não seria praticável para pessoas que já possuem muitas responsabilidades.

É importante entender que conteúdo nunca é gratuito. Ou você paga por ele com seu tempo ou com dinheiro. A primeira opção faz sentido se você estiver sem muito dinheiro, mas a segunda pode ser uma alternativa melhor se for capaz de pagar por ela.

Além disso, mesmo se quiser produzir conteúdo por conta própria, não tenha medo de investir para deixá-lo ainda melhor.

Por exemplo, Noah Kagan, fundador da AppSumo, tem um podcast chamado “Noah Kagan Presents”.

“Após lançar alguns episódios do meu programa, percebi que precisava de ajuda externa para deixar meu podcast EXCELENTE… Decidi pedir a um especialista para me ‘preparar’ para fazer um bom podcast.

Assim, ele entrou em contato com o produtor da NPR, Nick Fountain, que concordou em dar alguns feedbacks.

Veja algumas das observações que Nick fez sobre o episódio “My BIGGEST Rich Asshole Moment” do podcast de Noah:

Conteúdo do podcast

Conteúdo do podcast (Fonte da imagem: OkDork)

Noah diz que não percebeu de quanta ajuda precisava até ver esses comentários.

Conclusão: As lições que aprendi aumentaram DRASTICAMENTE a qualidade do meu podcast.

Receber esse tipo de auxílio de um profissional experiente pode melhorar significativamente a qualidade do seu conteúdo.

Conteúdo nunca é gratuito. Você paga por ele, seja com tempo ou com dinheiro. 💸 Click to Tweet

Use Outbound Marketing para Complementar o Inbound

Outbound marketing se trata de entrar em contato com as pessoas. É verdade que métodos mais antigos como anúncios em outdoors, jornais, revistas, rádio e TV estão perdendo sua efetividade.

Porém, métodos modernos como anúncios no Facebook, no Instagram e em podcasts podem funcionar bem.

Mas anúncios não são considerados inbound marketing? Sim e não. Os profissionais de marketing discutem esse tipo de assunto para determinar, por exemplo, se PPC é uma estratégia inbound ou outbound. Em geral, outbound significa que ele tenta interromper seu fluxo de trabalho diário para atrair sua atenção. Que é o que os anúncios fazem. No entanto, eles também podem atrair pessoas usando seu conteúdo incrível. Portanto, independentemente da definição da estratégia, o ponto importante aqui é complementar inbound com outbound.

Por exemplo, Laura Roeder, a fundadora do MeetEdgar, usou anúncios no Facebook para começar sua startup do zero.

Em sua entrevista no podcast Indie Hackers, Laura disse que embora fosse uma grande fã do marketing de conteúdo, ela sabia que levaria tempo obter resultados com ele e foi por isso que escolheu se concentrar em anúncios quando fez seu lançamento, investindo até US$40 mil por mês em publicidade no Facebook.

Acredito que as pessoas têm medo de gastar dinheiro, mas eu prefiro investir mais em anúncios no início, porque mais tarde poderei ter a maior parte dos meus clientes chegando através das pesquisas. – Laura

Ao mesmo tempo, a startup de delivery de flores Bloom & Wild teve sucesso com anúncios no Instagram.

Eles possuíam um orçamento limitado, por isso usaram sua lista de e-mail para criar públicos semelhantes e, então, exibir seus anúncios para pessoas com gostos similares aos daquelas que se inscreveram para receber seus e-mails.

Após alguns testes, perceberam que anúncios em vídeo eram os mais efetivos e decidiram dobrar seu número. O resultado? Os pedidos por seus buquês aumentaram em 62%.

Anúncio no Instagram

Anúncio no Instagram

E a MeUndies, uma empresa que vende “a roupa íntima mais confortável do planeta” usou anúncios em podcasts para divulgar suas palavras.

Ela investiu seus produtos em alguns dos podcasts mais populares do mundo, incluindo “The Tim Ferriss Show” e “Joe Rogan Experience”.

Publicidade é a forma mais direta de conseguir vendas, porque você coloca seu produto bem na frente dos seus clientes em potencial.

Por isso, não tenha medo de pagar por anúncios se for capaz de descobrir como torná-los lucrativos.

Você Recebe o que Você Paga

Há uma realidade econômica subjacente que você precisa considerar.

Um produto de preço baixo quase sempre será inferior a um produto de preço elevado. Por quê? Porque a empresa que desenvolve produtos de preço elevado pode investir mais recursos em sua produção.

Por exemplo, como nosso CFO explicou em seu post sobre como a hospedagem WordPress barata realmente funciona, uma empresa que oferece hospedagem por US$10/mês precisa de 1389 clientes para contratar um administrador de sistema.

Mas como um administrador de sistema, do tipo que seja capaz de corrigir qualquer problema maluco de hospedagem que apareça, é capaz de atender as solicitações técnicas de 1.400 clientes? A resposta é que ele não consegue. – Tom

Em seguida, estimula as pessoas a definirem suas expectativas de acordo.

Elas devem esperar que seu site fique fora do ar de tempos em tempos (uma vez que, por US$10/mês, provavelmente estão compartilhando um servidor com muitas outras) e que o problema não seja resolvido tão rapidamente. É assim que os números funcionam. – Tom

O mesmo é válido para todo o resto. Alguém que lança um tema WordPress gratuito ou um aplicativo grátis provavelmente está fazendo isso por hobby. Do contrário, o único motivo para ter uma versão gratuita é oferecer uma versão premium em seguida. Provavelmente essa pessoa tem um emprego que pague suas contas. Isso cria grandes restrições na quantidade de tempo, energia e dinheiro que ela pode gastar em seu produto. E provavelmente não é capaz de competir com uma empresa que possui uma equipe de pessoas trabalhando em tempo integral em um software similar.

Isso não quer dizer que você nunca deveria usar produtos gratuitos ou de preço reduzido. Eles podem funcionar perfeitamente para projetos pessoais. Também existem muitos projetos ótimos de código aberto por aí.

No entanto, quando se trata de empresas, é melhor desconfiar de tais “barganhas”, porque é provável que elas não sejam tão baratas quando se leva em conta todos os fatores (perda de produtividade, perda de vendas, crescimento lento, etc.).

Tenha em mente que você recebe o que você paga.

Qual é o Trade-Off?

Obviamente, no mundo ideal, você teria dinheiro ilimitado para investir em seus negócios e receberia o melhor que pode ser oferecido. No entanto, esse não é o mundo em que vivemos e você não tem dinheiro infinito para investir em seus negócios.

E por isso é importante entender os trade-offs quando estiver considerando onde investir e onde cortar custos. Por exemplo, uma hospedagem barata custará menos, mas te levará a uma velocidade mais baixa de carregamento, menor tempo no ar e atrasos na correção de problemas, o que por sua vez levará a vendas perdidas. O dinheiro que você economizou valeu a pena?

Ou ainda, uma aplicação gratuita não te custa nada, mas devido a uma limitação, realizar a mesma tarefa leva cinco horas a mais, o que significa que você terá cinco horas a menos para outros trabalhos. O dinheiro economizado valeu a pena?

Ou você poderia escrever o post no blog por conta própria, mas levaria 10 horas para fazer isso, o que significa que você teria 10 horas a menos disponíveis para outras atividades. O dinheiro economizado valeu a pena?

Por fim, esses trade-offs levam a uma das duas situações:

  • Tempo vs. Dinheiro. Você pode gastar tempo e economizar dinheiro, ou você pode gastar dinheiro e economizar tempo. Qual recurso está menos disponível no momento?
  • Ganho a curto prazo vs. Ganho a longo prazo. Você pode economizar dinheiro agora, mas perder no longo prazo. Ou você pode gastar dinheiro agora e economizar no longo prazo. Qual deles é mais importante?

Não há respostas certas ou erradas para essas perguntas. Tudo depende de sua situação particular. Só você sabe o que é certo para o seu negócio.

Por exemplo, se estiver ficando sem dinheiro, você deveria priorizar o ganho a curto prazo para manter seu negócio funcionando mesmo que isso te prejudique no longo prazo. Entretanto, se sua situação financeira for estável, você deveria priorizar o ganho a longo prazo mesmo que isso te atinja um pouco no curto prazo.

No entanto, o que quer que você faça, lembre-se que cada decisão traz consigo consequências positivas e negativas e elas devem ser ponderadas cuidadosamente. Pensar nos trade-offs pode te ajudar a obter um pouco de clareza, pois é muito fácil ser atraído pela possibilidade de corte de custos sempre que possível, a ponto de te fazer perder a visão do panorama completo.

A realidade é que, às vezes, você precisa gastar dinheiro para ganhar dinheiro. 💰 Click to Tweet

Resumo

Ninguém está dizendo que você deve gastar dinheiro que não tem.

No entanto, você precisa estar disposto a investir em seu negócio se quiser que ele cresça. Do contrário, será quase impossível levá-lo ao próximo nível. Ou poderá levar mais tempo do que gostaria.

Por isso, nunca deixe que o impulso por economizar alguns reais hoje fique no caminho para o sucesso de longo prazo do seu negócio. Não tenha medo de gastar dinheiro para ganhar dinheiro.

Adoraríamos ouvir sua opinião sobre esse assunto! Compartilhe-a conosco nos comentários abaixo.

8
Shares