Procurando o melhor software CMS para construir seu website? A um alto nível, um CMS, ou sistema de gerenciamento de conteúdo, ajuda a criar um website funcional sem a necessidade de construir cada página a partir do zero usando código.

Entretanto, diferentes softwares CMS têm diferentes prós e contras, então você vai querer escolher a ferramenta que é melhor para suas necessidades específicas e orçamento.

Para ajudar, coletamos as 21 melhores opções de CMS para tudo, desde blogs a lojas de comércio eletrônico, sites de marketing, e muito mais.

O que é um CMS?

Antes de chegarmos à lista, vamos começar pelo início: o que é um CMS?

Um sistema de gerenciamento de conteúdo faz o que o nome diz: ele ajuda você a “gerenciar” o conteúdo de seu website de uma maneira “sistematizada”.

Em vez de precisar trabalhar com código sempre que você quiser adicionar conteúdo ao seu site, um CMS permite que você trabalhe em um editor fácil de usar que pode se parecer com algo assim:

Exemplo de editor CMS

Exemplo de editor CMS

Então, quando você “publicar” esse conteúdo, o CMS exibirá corretamente esse conteúdo aos visitantes de acordo com suas preferências.

Um CMS também cuida da organização de tudo no front-end de seu site. Por exemplo, se você publicar um post no blog, o CMS o exibirá automaticamente na parte superior da página do seu blog e adicionará um carimbo de data e hora.

Mas um CMS é mais flexível do que uma simples plataforma de blogging. Você pode pensar em uma plataforma de blogging como um CMS para um tipo específico de conteúdo (posts no blog), enquanto um CMS pode ajudá-lo a gerenciar praticamente qualquer tipo de conteúdo.

Por exemplo, o “conteúdo” em seu CMS poderia ser:

Ou, pode ser vários tipos de conteúdo ao mesmo tempo! Uma boa plataforma CMS pode ajudá-lo a gerenciar tantos tipos diferentes de conteúdo quanto você precisar.

O que é um CMS Headless?

Na lista abaixo, você verá outro termo: CMS headless. Com um CMS sem cabeça, você usará seu CMS para gerenciar todo o seu conteúdo no backend. Então, você pode construir seu próprio frontend consultando dados através de um API.

O lado positivo desta abordagem “sem cabeça” é que você pode usar seu conteúdo em praticamente qualquer lugar, desde um website até um aplicativo móvel e muito mais.

Um CMS sem cabeça requer muito mais conhecimento técnico para ser implementado, mas lhe dá mais flexibilidade para como e onde você usa seu conteúdo.

O que considerar na escolha de um CMS?

Ao escolher um CMS, aqui estão algumas das características mais importantes a serem consideradas:

  1. Preços – todo CMS tem custos associados a ele. Alguns são gratuitos e de código aberto, mas você precisará pagar para hospedá-los. Com outros, você pode precisar comprar o software da empresa que cria o CMS.
  2. Suporte e experiência do cliente – algumas ferramentas são de código aberto sem opções de suporte central, enquanto outras vêm com suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana – certifique-se de entender o que você está recebendo.
  3. SEO – é importante que seu software escolhido lhe forneça as ferramentas para ser classificado no Google e em outros mecanismos de busca.
  4. Personalização – para casos de uso comercial, a escolha de um CMS que lhe permita criar experiências personalizadas para o visitante pode ajudá-lo a melhorar suas taxas de marketing e conversão.
  5. Facilidade de uso – se você não é um desenvolvedor, você vai querer escolher uma ferramenta que seja fácil de usar sem conhecimento de desenvolvimento.
  6. Segurança – com algumas ferramentas CMS, você será responsável pela segurança de seu site, enquanto outras ferramentas tratam disso para você.
Confira o guia 2020 para as melhores opções #CMS dos sites de marketing 📈 para lojas de comércio eletrônico 🛍 aqui mesmo ⤵Click to Tweet

21 Melhores soluções de software CMS em 2021

Agora é hora de obter a lista de opções de CMS, vamos cavar mais fundo:

1. WordPress — Preço: Grátis

WordPress.org

WordPress.org

O WordPress é de longe o CMS mais popular do mundo – ele alimenta mais de 37% de todos os websites na Internet. Ele começou como uma plataforma de blogs, mas há muito tempo se transformou em um CMS completo que você pode usar para construir qualquer tipo de website, de lojas de comércio eletrônico a sites de membros, fóruns, e muito mais.

De fato, o WordPress, através da extensão WooCommerce, é também uma das formas mais populares de se fazer uma loja de comércio eletrônico. Algumas das razões que explicam a popularidade do WordPress são:

  1. É gratuito e de código aberto.
  2. Você pode encontrar milhares de temas WordPress para controlar a aparência de seu site.
  3. Você pode acessar mais de 55.000 plugins gratuitos para ampliar as características de seu site (aqui estão alguns dos melhores).

Os usuários avançados também podem usar o WordPress como um CMS sem cabeça com algo como Gatsby.

Se você gostaria de usar o WordPress, a Kinsta oferece hospedagem gerenciada de WordPress que facilita o início.

2. Drupal — Preço: Grátis

Drupal

Drupal

Drupal é outro CMS de código aberto popular que cabe no mesmo espaço que o WordPress.

Com seu sistema de taxonomia flexível, Drupal se sobressai quando se trata de gerenciar sites com grandes quantidades de conteúdo. Ele também possui um sistema de acesso de usuário incorporado que lhe dá bastante controle sobre o que os usuários registrados podem fazer dentro do CMS.

Assim como o WordPress, você pode controlar a aparência de seu site usando temas e ampliar a funcionalidade do Drupal com módulos.

3. Joomla — Preço: Grátis

Joomla

Joomla

Junto com WordPress e Drupal, Joomla é o terceiro participante no trio de software CMS de código aberto popular.

Como WordPress e Drupal, Joomla vem com grandes mercados para modelos e extensões, o que ajuda você a criar um site que atenda às suas necessidades.

Em termos do conhecimento técnico necessário, Joomla oferece um bom meio-termo entre WordPress e Drupal.

4. Magento — Grátis, e a partir de $2.000/mês

Magento

Magento

O Magento é um CMS de código aberto para lojas de comércio eletrônico. É flexível com segurança robusta, mas também não é muito acessível para usuários não-técnicos. Você quase certamente precisará de algum conhecimento técnico para configurá-lo (ou a vontade de contratar alguém que tenha esse conhecimento).

Você pode usar o software de código aberto gratuitamente (chamado Magento OpenSource). Ou, você pode pagar a Magento para montar e manter sua loja para você (Magento Commerce), que pode obter um preço com planos a partir de $2.000+ por mês.

5. HubSpot CMS — A partir de $300/mês

HubSpot

HubSpot

O HubSpot CMS é um excelente CMS para empresas e marqueteiros que procuram se conectar com clientes.

O HubSpot CMS tem uma integração integrada com o HubSpot CRM gratuito (veja estes plugins WordPress CRM). Isto permite que você não apenas adicione leads diretamente ao seu CRM, mas também que você personalize seu website para visitantes individuais, o que pode ajudá-lo a convertê-los em clientes.

Os desenvolvedores podem pesquisar o código para personalizar o site, enquanto os usuários não técnicos podem construir páginas usando um editor de arrastar e soltar.

Outras características notáveis incluem:

6. Kentico — Começa grátis, e a partir de $7.999/ano

Kentico

Kentico

Kentico é um CMS com foco empresarial que oferece dois produtos CMS diferentes:

A Kentico tem um nível gratuito limitado para sua plataforma Kontent, mas pode obter um preço se você precisar das opções pagas.

Como o Kentico Kontent é um CMS sem cabeça, você também precisará de algum conhecimento técnico para criar a interface do seu site.

7. Squarespace — A partir de $16/mês

Squarespace

Squarespace

Squarespace é uma ferramenta de construção de website hospedada que facilita a criação de um website para usuários não-técnicos. Você também pode usá-lo para criar uma loja de comércio eletrônico leve.

O Squarespace não é tão flexível como todas essas outras ferramentas, mas esse é na verdade seu ponto de venda. Simplificando as coisas, o Squarespace facilita aos usuários não técnicos a criação de websites básicos.

Entretanto, se você estiver construindo algo além de um blog básico, portfólio ou website de folhetos, você provavelmente vai querer escolher um software CMS mais flexível. Para mais informações, confira este Squarespace vs WordPress comparação em profundidade.

8. dotCMS — Opção Premium e gratuita para a empresa

dotCMS

dotCMS

dotCMS é um CMS de código aberto sem cabeça com uma abordagem API-first. Você pode usar uma IU de arrastar e soltar para modelar diferentes tipos de conteúdo. Por exemplo, um post de blog ou um produto de ecommerce.

Então, você pode usar a API para entregar seu conteúdo a qualquer destino, como um website ou aplicativo.

No backend, você ainda terá as tradicionais características de autoria, bem como a capacidade de criar diferentes papéis e permissões para controlar o acesso ao seu conteúdo.

9. Contentful — A partir de $39/mês para pessoas físicas / A partir de $879/mês para empresas

Contentful

Contentful

Enquanto a maioria dessas outras ferramentas estão focadas em ajudá-lo a criar páginas web, Contentful é construído para o que ele chama de “experiências digitais omnichannel”. Em poucas palavras, isto significa que você pode organizar todo o seu conteúdo em um hub central e depois usá-lo em qualquer canal digital, conforme necessário.

Você será capaz de consultar seu conteúdo usando uma RESTful API e Contentful caches seu conteúdo em CDNs externos para poder entregar cargas úteis API em menos de 100 ms.

Contencioso é um CMS sem cabeça, portanto você precisará de algum conhecimento técnico para implementá-lo.

10. Zephyr — Contato de Vendas

Zephyr

Zephyr

Zephyr é um CMS hospedado na nuvem que se comercializa exclusivamente para agências que constroem sites de clientes. Na verdade, a Zephyr só se licencia para agências, portanto, os indivíduos não podem usar a Zephyr a menos que estejam dispostos a trabalhar com um parceiro de agência.

Por ser um local nebuloso, a Zephyr é capaz de oferecer às agências uma alternativa livre de manutenção para outras soluções de agência, como WordPress ou Drupal.

11. Canvas CMS — Contate Vendas

Canvas

Canvas

Canvas CMS é um CMS baseado em nuvem que vem com um sistema de design de arrastar e soltar, o que possibilita aos usuários não-técnicos projetar um website personalizado.

Todos os projetos que você constrói com Tela são móveis responsivos e AMP prontos, o que dará a seus visitantes móveis uma excelente experiência.

Para usuários mais avançados, a Canvas permite construir estruturas dinâmicas de banco de dados a partir do CMS e também inclui APIs para integrar dados de outras fontes em seu site.

12.  Grav — Grátis

Grav

Grav

Grav é um CMS de código aberto de arquivo plano. A designação “arquivo plano” significa que Grav não requer um banco de dados para operar. Ao invés disso, ele consulta o conteúdo dos arquivos de texto. Isto torna Grav muito leve e fácil de implantar em qualquer lugar, pois tudo o que você precisa fazer é carregar os arquivos de seu site.

Você ainda pode criar tipos de conteúdo dinâmico e filtrar conteúdo, no entanto, e você também poderá usar um editor Markdown para criar conteúdo.

13. Craft CMS — Grátis

Craft CMS

Craft CMS

O Craft CMS é um CMS de código aberto que coloca seu foco em um processo de criação de conteúdo de fácil utilização. Ele também facilita o trabalho com tipos de conteúdo personalizados, com uma ferramenta integrada para projetar um layout de campo personalizado para diferentes tipos de conteúdo.

Precisa de um alojamento de topo, rápido e seguro para o seu novo website? Kinsta fornece servidores rápidos e suporte de classe mundial 24 horas por dia, 7 dias por semana, por especialistas em WordPress. Confira os nossos planos

Para controlar o frontend, você mesmo pode construí-lo usando Twig templates ou usar o Craft CMS em uma configuração sem cabeça com o GraphQL API auto-gerador do Craft CMS.

14. Sitefinity — Contato de vendas

Sitefinity

Sitefinity

Sitefinity é um CMS que se concentra em ajudar os marqueteiros a fornecer conteúdo otimizado e personalizado.

Você pode usar insights para aprender sobre seus clientes e fornecer conteúdo personalizado. Então, você também pode configurar rapidamente novos testes A/B para otimizar seu conteúdo.

Você também pode usar o Sitefinity como um CMS sem cabeça para entregar conteúdo em qualquer lugar e tudo é hospedado na nuvem do Microsoft Azure para confiabilidade e escalabilidade.

15. Shopify — A partir de $29/mês

Shopify

Shopify

Shopify é uma plataforma de comércio eletrônico hospedada. Depois do WooCommerce, é a segunda maneira mais popular de criar uma loja de comércio eletrônico.

A principal vantagem da Shopify é a simplicidade. Por ser uma ferramenta hospedada, você não precisa se preocupar com a segurança ou manutenção de sua loja. Você pode simplesmente se concentrar em encontrar clientes e fazer crescer sua loja.

Você ainda obtém uma boa flexibilidade graças ao mercado Shopify App, mas não terá acesso total ao código fonte subjacente de sua loja.

As empresas que precisam de mais flexibilidade podem optar pelo Shopify Plus.

16. BigCommerce — From $30/mês

BigCommerce

BigCommerce

BigCommerce é outra conhecida plataforma CMS hospedada para lojas de comércio eletrônico. Uma das características de destaque do BigCommerce é sua abordagem multicanal de venda. Você pode vender através de sua própria loja hospedada, Amazon, eBay, e muito mais.

Você pode até mesmo aproveitar algumas das outras opções do CMS nesta lista. Por exemplo, você pode emparelhar o BigCommerce com o WordPress para obter o melhor dos dois mundos.

O BigCommerce oferece um plano Essentials acessível a partir de US$ 30 por mês, bem como planos focados na empresa para organizações maiores.

17. Umbraco CMS — Grátis (Código Aberto), a partir de $39/mês (Versão Hospedada)

Umbraco

Umbraco

Umbraco é um software CMS de código aberto que você mesmo pode hospedar. Ou, você pode usar o serviço de hospedagem pago da Umbraco.

Você pode adicionar conteúdo usando um editor simples, juntamente com recursos úteis, como um editor de formulários embutido. Se necessário, você também pode estender o CMS central com aplicativos Umbraco.

Para usuários mais técnicos, a Umbraco também tem uma oferta de CMS sem cabeça chamada Umbraco Heartcore.

18. Agility CMS — A partir de $47/mês

Agility

Agility

Agility CMS é outro CMS sem cabeça que lhe permite gerenciar o conteúdo de um ponto e entregá-lo em qualquer lugar através de APIs RESTful, GraphQL e JAMstack.

Você ainda tem muitas opções para gerenciar seu conteúdo, incluindo recursos para modelagem de conteúdo, SEO, programação, relações de conteúdo, e muito mais.

Então, o Agility CMS pode garantir que seu conteúdo seja carregado rapidamente, implantando conteúdo via CDNs.

19. Adobe Experience Manager — Contate vendas (Média de $250.000+/ano)

Adobe Experience Manager

Adobe Experience Manager

O Adobe Experience Manager é uma ferramenta focada na empresa que funde um CMS com uma solução de Gerenciamento de Ativos Digitais (DAM).

Você pode usar os Sites Adobe Experience Manager para criar experiências web personalizadas para os visitantes em diferentes canais, ao mesmo tempo em que usa o Adobe Experience Manager Assets para gerenciar todos os ativos digitais de sua marca a partir de um ponto central.

20. Oracle WebCenter Content — A partir de $3.450

Oracle WebCenter Content

Oracle WebCenter Content

O Oracle WebCenter Content é uma ferramenta de gerenciamento de conteúdo empresarial (ECM). Ele não está focado na criação de websites per se. Em vez disso, ele lhe dá um lugar para abrigar conteúdo não estruturado que você pode então entregar a qualquer aplicação (incluindo um website).

É também mais focado no gerenciamento de documentos, imagens, arquivos de mídia ricos e registros, em vez de dar a você um editor de texto para carregar conteúdo como muitas dessas outras ferramentas.

21. Ghost — Grátis, A partir de $29/Mês (Versão Hospedada)

Ghost

Ghost

O Ghost é um CMS rápido escrito com Node.js que é principalmente focado em blogs e publicações.

Para simplificar as coisas, o Ghost também incorporou algumas das características mais importantes que os blogueiros e editores de mídia precisam para rentabilizar seus sites. Por exemplo, você pode criar formulários de opt-in por e-mail e cobrar dos visitantes o acesso ao seu conteúdo com taxas mensais de assinatura.

Entretanto, Fantasma não é uma grande opção se você quiser um CMS que possa ir além de blogs/publicações.

Facilmente cresça e gerencie o conteúdo de seu website com este arredondamento do ✨ 21 melhores opções ✨ CMS para 2020Click to Tweet

Resumo

Como vimos, um CMS ajuda você a gerenciar seu conteúdo e transformá-lo em um website sem a necessidade de editar código toda vez que você quiser adicionar/alterar conteúdo.

Algumas destas ferramentas estão focadas quase exclusivamente em ajudá-lo a lançar um website, enquanto outras estão mais focadas apenas em gerenciar seu conteúdo e permitir que você o implante em qualquer lugar através de APIs (a abordagem CMS sem cabeça).

Se você não for um usuário técnico (ou não tiver uma equipe técnica às suas costas), você provavelmente vai querer escolher ferramentas como WordPress, Drupal, HubSpot CMS, ou Squarespace e ficar longe das opções de CMS sem cabeça.

Entretanto, se você precisar implantar seu conteúdo em vários locais, você pode preferir a flexibilidade de um CMS sem cabeça… se você tiver o conhecimento técnico para usar um.


Economize tempo, custos e otimize o desempenho do seu site com:

  • Ajuda instantânea de especialistas em hospedagem do WordPress, 24/7.
  • Integração do Cloudflare Enterprise.
  • Alcance global com 28 centros de dados em todo o mundo.
  • Otimização com nosso monitoramento integrado de desempenho de aplicativos.

Tudo isso e muito mais em um plano sem contratos de longo prazo, migrações assistidas e uma garantia de 30 dias de devolução do dinheiro. Confira nossos planos ou entre em contato com as vendas com as vendas para encontrar o plano certo para você.