A escolha de um framework web como Django vs Laravel é uma das decisões mais cruciais no desenvolvimento web. Ele pode fazer ou quebrar um projeto porque um framework web funciona como um “esqueleto” sobre o qual você construirá seu aplicativo web.

Django e Laravel são dois dos mais proeminentes frameworks da web. Ambos têm excelentes características, funcionalidades e capacidades para suportar e atender às demandas dos usuários em vários setores verticais da indústria.

Este artigo visa resolver este debate comparando Django vs Laravel com base em vários parâmetros como facilidade de aprendizagem, usabilidade, desempenho, segurança, escalabilidade, suporte a banco de dados e microserviços, suporte à comunidade, e muito mais. Mas antes disso, vamos solidificar os conceitos básicos em torno de frameworks web em geral, e depois Django e Laravel.

Pronto? Vamos começar!

O que são frameworks web?

Um framework web é um software framework ou uma abstração sem complexidades. Eles são usados para construir aplicativos web e implementá-las na World Wide Web.

Os frameworks web são projetados para facilitar o desenvolvimento de software, especialmente para novos desenvolvedores web que podem não estar prontos para escrever código a partir do zero. Ao invés disso, eles podem empregar um código reutilizável para construir aplicativos e adicionar recursos a elas. Este código freqüentemente contém um framework pré-modelo e um código padrão.

Graças aos frameworks web, você pode pular diretamente para a lógica do aplicativo e pular os problemas de desenvolvimento de sua infraestrutura de baixo nível. Assim, você será capaz de criar um aplicativo profissional e limpo com facilidade.

Sua escolha de framework web pode quebrar seu projeto 😅 Saiba mais sobre essas duas opções populares aqui ⬇️Clique para Tweetar

Tipos de frameworks: frontend e backend

Essencialmente, existem dois tipos de frameworks web: frontend e backend.

Frameworks frontend

Também conhecidos como frameworks do lado do cliente, os frameworks frontend lidam com problemas do lado do cliente no desenvolvimento web.

Em palavras simples, frameworks frontend lidam com o que o usuário vê ao abrir o aplicativo sem nenhum envolvimento da lógica do aplicativo. Estes frameworks são usados principalmente para melhorar as interfaces do usuário para uma melhor experiência geral do usuário. Você também pode criar muitos recursos animados e aplicativos de página única usando frameworks frontend.

Algumas outras frameworks de frontend populares incluem Angular, Vue.js, e Ember.js. Todos eles são baseados em JavaScript e CSS.

frameworks backend

Também conhecidos como server-side frameworks, os frameworks backend estão associados com o que acontece dentro do servidor ou banco de dados. Estes frameworks são empregados para lidar com todas as “tripas” internas do aplicativo.

Os frameworks backend tratam do armazenamento e gerenciamento de dados, respostas, testes e assim por diante. Eles também estão envolvidos em algumas funcionalidades essenciais, como roteamento, templates, mapeamento orientado a objetos e muito mais.

Estes frameworks ajudam a desenvolver landing pages, páginas web simples e formulários web, para citar alguns. Você pode usá-los para formar dados de saída e aumentar a segurança para mitigar os ataques da web.

Algumas das frameworks populares de backend são Django, Laravel, Ruby on Rails, e Express.js. Eles também são baseados em HTML, JavaScript, e CSS.

Por que usar frameworks web?

Você pode usar frameworks web muitos tipos de aplicativos web. Você pode usá-los para desenvolver blogs, sites, formulários, sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS), e muito mais. Eles fornecem a você a flexibilidade para criar aplicativos alinhados perfeitamente com suas regras de negócios e necessidades dos usuários.

O uso de frameworks web economiza seu tempo, o qual você pode investir melhor em outras áreas vitais. Sem criar tudo do zero ou perder tempo com tarefas de baixo valor agregado e repetitivas, você se libertará para focar em necessidades diferentes, indiscutivelmente mais críticas.

Aqui está a razão pela qual o uso de frameworks web é útil:

  • Mapeamento de URL: Os frameworks da web ajudam no mapeamento de URLs simplificando a indexação do site. Para isso, ele permite que você crie um nome de site claro, atraente e amigável ao SEO. O mapeamento de URL também permite fácil acesso às URLs do site.
  • Segurança: Usar um framework popular vem com excelentes implicações de segurança. Cada um tem uma vasta comunidade de desenvolvedores para fortalecer o framework, identificando brechas de segurança e corrigindo-as rapidamente, tornando seguro para os seus aplicativos.
  • Custo: A maioria dos frameworks web são de código aberto e gratuitos, permitindo que você reduza os custos de desenvolvimento. Você também pode terminar rapidamente muitas tarefas mais rapidamente para acelerar o tempo de comercialização.
  • Eficiência: Todo o processo de desenvolvimento torna-se sem esforço usando um framework, já que você não precisa escrever código para cada componente ou recurso. Você pode usar funções pré-construídas para economizar esforço e tempo.
  • Suporte: Com uma ampla comunidade de desenvolvedores e uma documentação abrangente, você pode entender os frameworks com facilidade. E mesmo que você encontre algumas dificuldades, você pode alcançar outros colegas desenvolvedores e especialistas para esclarecer suas dúvidas.

Com as ferramentas, bibliotecas e frameworks amplamente disponíveis hoje em dia, às vezes torna-se desafiador escolher as corretas. É por isso que é crucial examinar de perto cada framework e conjunto de ferramentas para determinar qual tem a melhor chance de tornar o seu processo de desenvolvimento web fácil, rápido e conveniente.

Verifique a programação do framework web com a qual você se sente confortável em trabalhar e o escopo das ferramentas que ela suporta. Ele deve ajudar você a gerenciar cada tarefa com facilidade.

Django e Laravel são dois dos frameworks web mais populares para o desenvolvimento web. Eles competem um com o outro; portanto, os desenvolvedores às vezes acham difícil escolher entre eles.

Mas não se preocupe – nós criamos um artigo de comparação Django vs Laravel para ajudar você a tomar uma decisão baseada em suas necessidades específicas.

Django vs Laravel: O que são eles?

Antes de entrarmos no modo de comparação, vamos descobrir o que são essas duas estruturas para uma compreensão mais profunda de seus conceitos, tecnicidades e uso.

O que é Django?

Logotipo Django
Logotipo Django

Django é um framework web de código aberto e gratuito baseado em Python. Lançado em 2005, ele é desenvolvido e mantido pela Django Software Foundation. Django tem uma licença BSD com 3 cláusulas, e a última versão lançada é Django 3.2.

Este framework web de alto nível faz com que seja fácil desenvolver os aplicativos web melhores rapidamente com menos código. Django encoraja um design limpo e pragmático para o desenvolvimento rápido de os aplicativos web. Devido à sua sintaxe legível, ele pode economizar o tempo e o esforço dos desenvolvedores. Ele é leve e flexível para uso tanto no desenvolvimento quanto nos testes.

Django trabalha na arquitetura Model-View-Template (MVT) para tornar o design de os aplicativos web esteticamente agradável e altamente funcional. É altamente adaptável a diferentes tipos de projetos em múltiplas indústrias e envolve vários pacotes de recursos pré-fabricados.

É excelente para a criação de os aplicativos complexos. Por ser um framework baseada em Python, ela ajuda a desenvolver produtos para ciência de dados, computação, inteligência artificial (IA) e aprendizagem de máquinas (ML), e outros usos científicos.

Características do Django

  • Gratuito e de código-fonte aberto: Como o Django é gratuito e de código aberto, você só precisa baixá-lo e instalá-lo e depois usá-lo da maneira que você quiser para construir seu aplicativo. Ele minimiza o custo de desenvolvimento e aumenta a conveniência também. Você pode até mesmo contribuir para a correção e codificação de bugs.
  • Simplicidade: Django tem como objetivo facilitar o desenvolvimento de aplicativos e sites complexos e conduzidos por bancos de dados. Seu código de fácil leitura com sintaxe simples é fácil de aprender, especialmente para novos desenvolvedores – sua curva de aprendizado é quase plana, então você não terá muita dificuldade para compreendê-lo e usá-lo em seus aplicativos web.
  • Incrivelmente rápido: Este framework permite aos desenvolvedores levar seus aplicativos do conceito à conclusão em um cronograma mais curto. Ele foi projetado para um desenvolvimento web rápido, para que você possa construir um grande número de aplicativos com tempos de entrega rápidos.
  • Altamente seguro: Django é um framework seguro construído para suportar brechas de segurança, injeção SQL, clickjacking, scripts cruzados e falsificação de pedidos e outros ataques prejudiciais. Ele tem um sistema seguro de autenticação de usuários que fornece segurança para o gerenciamento de senhas e contas de usuários.
  • Escalável: Os aplicativos modernos devem oferecer alta escalabilidade para atender às demandas de tráfego pesado. Django pode escalar rapidamente para suportar o crescimento de sua base de usuários e suportar alto tráfego, mesmo durante períodos de pico.
  • Totalmente funcional: O Django tem dezenas de recursos extras para lidar com atividades de desenvolvimento web. Ele pode cuidar da administração de conteúdo, autenticação de usuários, feeds RSS, mapas do site e outras tarefas fora da caixa.
  • Fácil gerenciamento: A arquitetura altamente flexível do Django fornece fácil gerenciamento das tarefas de desenvolvimento desde a conceitualização até a implantação final. Você também tem uma interface administrativa opcional para criar, atualizar, ler e excluir coisas. Ele usa Python em todo o processo para arquivos, configurações e modelos de dados.
  • Flexibilidade e versatilidade: Você pode construir todos os tipos de produtos de software usando Django, desde sites de uma página até os aplicativos complexos, redes sociais e sistemas de computação científica.
  • Extensibilidade: Django tem um sistema de configuração que permite a você conectar código de terceiros em um projeto se ele se alinhar com convenções de aplicativos reutilizáveis. Há mais de 2.500 pacotes disponíveis para estender a funcionalidade deste framework e incluir soluções adicionais como busca, registro, CMS, consumo e provisão de API, e mais.

Para que o Django é usado?

Django é excelente para projetos que envolvem grandes volumes de conteúdo textual, tráfego pesado, arquivos de mídia e outros projetos baseados na web. Também é eficiente para construir sites de eCommerce, aplicativos financeiros, software de saúde, reservas, transporte, sites de mídia social e aplicativos relacionados a alimentos e bebidas, para citar apenas alguns.

Django é mais freqüentemente usado para criar:

  • Soluções personalizadas de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) para informações internas e sistemas de CRM B2B para gerenciar as comunicações comerciais
  • Lojas de alto tráfego e motores de reserva
  • Aplicativos móveis iOS e Android para suportar aplicativos web
  • Plataformas financeiras que podem calcular e analisar resultados aproximados, dependendo da tolerância ao risco, dados pessoais, etc.
  • Soluções de gerenciamento de documentos e sistemas de avaliação imobiliária
  • Soluções para lidar com questões legais e plataformas que facilitam a comunicação entre uma empresa e seus clientes
  • Recursos separados como sistemas de e-mailing, geradores baseados em algoritmos, painéis de administração, interfaces de gestão de fundos de investimento, ferramentas de análise de dados, sistemas de verificação, e mais

Quem usa o Django?

Organizações de todos os tamanhos, de startups a grandes empresas, alavancam o Django para construir seus aplicativos web. Sua flexibilidade, facilidade de uso e velocidade têm atraído a atenção dos maiores gigantes tecnológicos do mundo.

Gigantes como Instagram, NASA, Spotify, Dropbox, Mozilla, The Washington Post, Reddit, Udemy e Pinterest, todos usam Django, para citar apenas alguns.

O que é Laravel?

Página inicial de Laravel
Página inicial do Laravel

Laravel é um framework web gratuito e de código aberto, baseado em PHP. Ele foi desenvolvido por Taylor Otwell em 2011 e destinado ao desenvolvimento de aplicativos web. Laravel tem a licença MIT, e sua última versão é Laravel 8, lançada em setembro de 2020, com Laravel 9 antecipado em janeiro de 2022.

Laravel tem a arquitetura Model-View-Controller (MVC) e é baseado em outro framework PHP: Symfony. Seu código fonte está hospedado em sua página dedicada ao GitHub. Laravel vem com excelentes recursos para fazer o desenvolvimento web sem esforço para os desenvolvedores e é um dos frameworks web mais populares de hoje.

Você pode usá-lo para construir diferentes tipos de aplicativos e sites de software, desde sites de notícias e CMSs até simples plataformas de rede.

Características do Laravel

Semelhante ao Django, Laravel também tem recursos abrangentes para ajudar os desenvolvedores a criar produtos com facilidade. Algumas das características do Laravel são:

  • Gratuito e de código aberto: Laravel é de código aberto e disponível gratuitamente para uso. A licença do MIT permite que você manipule seu código da forma que os desenvolvedores quiserem para seus produtos. Portanto, o custo de desenvolvimento envolvido é direto para baixo.
  • Expressiva e elegante sintaxe: Sua sintaxe expressiva e elegante é amigável ao desenvolvedor. Você pode construir uma variedade de produtos de software sem se incomodar com coisas pequenas e repetitivas.
  • Pacotes modular: Desde o lançamento do Laravel 3, os pacotes foram incluídos e estão disponíveis para uso fácil dos aplicativos. Além disso, Laravel 4 utiliza o Composer – um gerenciador de dependência para pacotes PHP específicos do Laravel e framework-agnostic – que você pode acessar do Packagist.
  • Artisan CLI: A interface de linha de comando (CLI) no Laravel é chamada Artisan, lançada nom Laravel 3. Ela incorpora vários componentes do Symfony. Ela ajuda no gerenciamento e criação de aplicativos baseados em Laravel com maior eficiência. Ela também gerencia migrações de banco de dados, semeadura, criação de código de placa de caldeira, publicação de ativos de pacotes, e muito mais.
  • Construtor de consultas: Isto fornece acesso direto ao banco de dados e um conjunto de métodos e classes capazes de criar consultas de forma programática. Ele não requer que você escreva consultas SQL diretamente. E você também pode armazenar seletivamente os resultados das consultas executadas.
  • Eloquent ORM: O Eloquent object-relational mapping (ORM) é uma sofisticada implementação de padrão de registro ativo baseado em PHP. Ele permite que você imponha restrições sobre como os objetos do banco de dados estão relacionados. Ele também permite que os desenvolvedores façam consultas a bancos de dados usando a sintaxe PHP ao invés de escrever código SQL.
  • Lógica de aplicativo: Isto é implementado como declarações de rota ou através do uso de controladores. A sintaxe da lógica de aplicativo combina com a do framework Sinatra.
  • Controladores restful: Estes oferecem uma opção para separar a lógica por trás dos pedidos <code>POST</code> e <code>GET</code>.
  • Roteamento reverso: Isto define como rotas e links se relacionam e possibilita o aplicativo automático de mudanças posteriores em links relevantes.
  • Autocarregamento de classe: Fornece carregamento automático da classe PHP sem a necessidade de manter o caminho de inclusão manualmente. O carregamento sob demanda evita que você inclua componentes desnecessários.
  • Mecanismo de modelagem: Combina múltiplos templates usando um modelo de dados para geração de visualização, transpondo os templates para o código em cache para uma melhor performance. É uma ferramenta incrível para a criação de sites dinâmicos e também oferece estruturas de controle, incluindo loops e um mapeador de declarações condicionais internamente.
  • Migração: Estas fornecem controle de versão para esquemas de banco de dados para associar mudanças na base de códigos e layouts de banco de dados. Conseqüentemente, simplifica a implementação e atualizações de aplicativos.

Além de tudo isso, Laravel tem muitas outras características avançadas, como Inversão de Controle (IoC) para gerar novos objetos, testes unitários para detectar e mitigar regressões, paginação automática, Homestead (uma VM Vagrant), Canvas (plataforma de publicação) e coleta preguiçosa para lidar com cargas pesadas de dados.

Para que é usado o Laravel?

Laravel faz do desenvolvimento web uma experiência criativa com sua abundância de recursos e capacidades. Ele facilita as tarefas padrão de desenvolvimento web como cache, autenticação, roteamento e sessões.

Laravel é uma ferramenta poderosa e acessível que você pode usar para construir:

Quem usa Laravel?

As empresas que usam Laravel são de diferentes verticais da indústria, incluindo TI, SaaS, saúde, finanças, entretenimento, viagens e varejo.

Alguns usuários notáveis do Laravel são Toyota Hall of Fame, BBC, UNION, Lenovo, Wikipedia, FedEx, 9GAG, Laracasts, Asgard CMS, e muitos outros.

Django vs Laravel: Uma comparação em profundidade

Na seção anterior, nós falamos tudo sobre Django e Laravel. Agora, vamos começar a comparar esses dois frameworks em vários parâmetros para ajudar você a decidir melhor.

Qual é o mais fácil de aprender?

Comparando Django vs Laravel sobre capacidade de aprendizagem
Comparando Django vs Laravel sobre capacidade de aprendizagem

Comparar Django vs Laravel em termos da curva de aprendizado pode ser subjetivo demais para ser declarado, pois será diferente de pessoa para pessoa. Mas se você comparar a sintaxe e codificação deles, você pode tirar algumas conclusões.

Como Django é um framework web baseada em Python, é fácil de aprender. Python é uma linguagem amigável ao desenvolvedor e fácil de usar, mesmo para iniciantes.

Embora utilize expressões regulares (RegEx) durante o roteamento, o que não é tão fácil para iniciantes, você pode aprendê-lo com algum esforço. Python é projetado para ser legível com formatação limpa, inglês simples e sintaxe simples, em vez de pontuação. Ele usa indentação de espaços em vez de aparelho para dar um visual claro à semântica.

Há menos exceções sintáticas e casos excepcionais com raros ponto-e-vírgula usados na codificação. Todos estes atributos de Python tornaram Django muito fácil de aprender, e há menos chances de erros.

Laravel, por outro lado, tem uma curva de aprendizado íngreme, apesar de ter documentação abrangente e muitas ferramentas, como Laracast. Embora seja intuitivo e os recursos abundantes estejam disponíveis para aprender Laravel, leva um tempo para ser dominado.

Como Laravel é um framework baseada em PHP, ele tem muitas complexidades em comparação com Python. A sintaxe do PHP é similar ao C, C++ e Java, com retornos de funções, loops, e se condições. Mas é sensível a maiúsculas e minúsculas para nomes de variáveis e usa ponto-e-vírgula para terminar declarações. Você deve usar aparelhos, operadores e símbolos para indicar os métodos. Estes atributos PHP tornam Laravel um pouco complexo e leva mais tempo para aprender e dominar.

Vencedor: Django.

Desempenho

Comparando o desempenho de Django vs Laravel
Comparando o desempenho de Django vs Laravel

O desempenho é um dos fatores mais cruciais a serem considerados quando você está desenvolvendo um aplicativo de software. Os usuários esperam que o aplicativo esteja funcionando rapidamente, pois ninguém tem tempo e paciência para lidar com sites e aplicativos que respondem lentamente.

Embora recursos de hardware, espaço de armazenamento, memória, etc., sejam alguns elementos que afetam o desempenho, a escolha da linguagem de programação e da framework web também é um fator significativo.

Portanto, se você quer que seu aplicativo tenha um bom desempenho, é necessário escolher um framework web sólida e focada no desempenho. Ele deve capacitar o aplicativo para que ela possa carregar dentro de 2-3 segundos, no máximo.

Dito isto, Django é de alto desempenho, já que usa Python, que oferece velocidade e desempenho excepcionais. Sua execução e compilação de código são rápidas, permitindo que você acelere seu processo de desenvolvimento web. Ele também torna relativamente fácil detectar e resolver rapidamente problemas em seu código.

No entanto, você pode experimentar uma velocidade reduzida ao seriar/deserializar cadeias JSON, executar solicitações via middleware e mudar as consultas do banco de dados para objetos baseados em Python. Mas você pode contornar esses problemas rapidamente implantando hardware de alto desempenho, identificando os melhores casos de uso e seguindo as melhores práticas de desenvolvimento web.

Agora, quanto ao Laravel, ele é robusto e vem com muitas características embutidas. A disponibilidade de tantos componentes diferentes pode às vezes torná-lo mais lento do que outras frameworks. Para este fim, os desenvolvedores precisam encontrar outras maneiras de acelerar o processo de desenvolvimento. Mas desde o PHP 7, a velocidade e performance do Laravel tem aumentado para torná-lo mais competitivo.

Vencedor: Django.

Arquitetura do aplicativo

Comparando Django vs Laravel Application Architecture
Comparando Django vs Laravel Application Architecture

A arquitetura do aplicativo é uma consideração essencial no desenvolvimento web que permite a você construir seu aplicativo com base em demandas únicas. Ela não deve impor diretrizes rígidas e arquitetura para limitar sua criatividade.

Você vai querer tentar trabalhar com um framework web que possa atuar como um guia ao invés de um método rigoroso. Então, vamos dar uma olhada no Django vs Laravel em termos de arquitetura do aplicativo.

Django segue a arquitetura Model-Template-View (MVT), que é diferente da arquitetura Model-View-Controller (MVC) do Laravel.

MVT é um padrão de projeto que compreende componentes-chave: Model, View e Template.

  • Model é um componente de acesso a dados que ajuda você a lidar com banco de dados e lógica relacionada a dados.
  • View ajuda a executar sua lógica de negócios, interage com modelos que carregam dados e renderiza os modelos.
  • Template é a camada de apresentação que gerencia a interface do usuário.

No Django MVT, o arquivo template contendo Django Template Language e HTML facilita a criação dinâmica do site ao invés de usar controladores no MVC. Como resultado, ele oferece mais conveniência para o gerenciamento de diferentes cenários onde cada usuário pode ter um feed personalizado, como por exemplo, feeds de mídias sociais como o Instagram. Como resultado, o Django é melhor para realizar modificações rapidamente e é adequado para aplicativos de todos os tamanhos.

Laravel, por outro lado, usa MVC, a diferença é que ele usa um “controlador” ao invés de um “modelo” MVC é um padrão de design que compreende três partes – modelo, visualização e controlador – para lidar com aspectos específicos de um processo de desenvolvimento do aplicativo web. Aqui, o controlador funciona como uma interface entre a view e os componentes do modelo para processar chamadas recebidas e lógica de negócios, manipular dados e renderizar a saída.

A arquitetura MVC permite a você dividir inteligentemente as funções do desenvolvedor para realizar um processo de desenvolvimento eficiente. Os frameworks frontend podem trabalhar nas vistas, enquanto os desenvolvedores backend podem trabalhar em sua lógica de controle lado a lado. Ele permite que você controle o aplicativo inteiramente para que você possa facilmente escolher rotas e melhorar sua aparência. Além disso, ele ajuda você a otimizar o SEO do seu aplicativo e faz a reutilização da lógica do aplicativo sem esforço também.

Alternativamente, você pode criar um suporte backend separado e robusto, mas será difícil de modificar e não é adequado para desenvolver aplicativos maiores.

Vencedor: Django.

Escalabilidade

Comparando a escalabilidade de Laravel vs Django
Comparando a escalabilidade do Laravel vs Django

A linguagem de programação ou o framework web que você usa afeta a escalabilidade do seu aplicativo. Isto porque seu aplicativo deve ser escalada com o crescimento do seu negócio para satisfazer as demandas dos usuários e do mercado.

A framework certa lhe dá a capacidade de suportar tráfego pesado, especialmente durante eventos de pico, e a flexibilidade para escalar para cima ou para baixo de acordo com as exigências do seu negócio. Portanto, decidir se Django vs Laravel é melhor para a seu aplicativo é o primeiro passo na sua jornada de desenvolvimento.

Django herda sua escalabilidade da linguagem Python altamente escalável, juntamente com sua capacidade de aprendizagem de máquinas e inteligência artificial. Django trabalha perfeitamente com diferentes tecnologias enquanto mantém ótimos tempos de carregamento e desempenho. Se você deseja usar componentes desacoplados e independentes para criar aplicativos ou implantar modelos ML, Django provará ser útil.

Django facilita várias operações para ajudá-lo a otimizar elementos cruciais para a escalabilidade, tais como CSS, imagens, banco de dados, balanceamento de carga, e muito mais. Além disso, ele ajuda você a criar espaço para escalabilidade adicional, implementando soluções de nuvem e CDN de forma eficaz e sem esforço. Assim, é uma das frameworks mais valorizadas para alcançar escalabilidade a longo prazo.

Por outro lado, Laravel também oferece boa escalabilidade, pois usa PHP para suportar negócios em crescimento. Se você emparelhar Laravel com um excelente balanceador de carga e banco de dados, você pode alcançar uma excelente escalabilidade horizontal. Você também pode escalar seus aplicativos baseados no Laravel para atender às suas necessidades atuais alavancando AWS, MySQL e cache avançado.

No entanto, o PHP oferece menos flexibilidade do que o Python para responder às crescentes demandas e novas tendências. Para esse fim, a escalabilidade do Laravel também é menos impressionante do que a de Django.

Vencedor: Django.

Segurança

Comparando a segurança Django vs Laravel
Comparando a segurança Django vs Laravel

Cyberattacks como ataques DDoS, cross-site scripting (XSS), vírus, malware, phishing scams, etc., se tornaram mais frequentes e representam maiores riscos para o ecossistema online do que no passado. Todas as empresas sofrem perdas consideráveis em termos de dados, confiança dos usuários, reputação e dinheiro quando os ataques cibernéticos ocorrem.

É por isso que você precisa construir um aplicativo que ofereça ótima segurança ideal para proteger os dados da sua empresa e de seus usuários economizando dinheiro. Para isso, você precisa escolher um framework web mais segura.

A segurança do Python é melhor que a do PHP, então com Django, você não terá que se preocupar em construir um aplicativo complexo (ou um excessivamente simplificado). Python está entre as linguagens mais seguras por aí. Ele pode proteger seu aplicativo contra quase todas as ameaças. Então, naturalmente, o Django é um framework web mais seguro.

Django também tem um sistema seguro de autenticação de usuários para gerenciar contas e senhas. Além disso, ele tem medidas para reduzir as chances de erros de segurança comuns, tais como XSS, pedidos entre sites, falsificação, clickjacking, etc.

No lado oposto, 86% dos aplicativos baseados em PHP têm pelo menos uma única vulnerabilidade XSS, enquanto 56% têm pelo menos uma única injeção SQL. Como Laravel usa PHP, é claro que há um maior risco de segurança associado a ele do que Django. Embora a comunidade PHP esteja trabalhando para corrigir esses problemas de segurança, você ainda pode considerar a opção mais segura.

Para seu crédito, Laravel usa senhas que não permitem que sejam salvas na forma de texto simples no banco de dados. Além disso, ele utiliza o “Bcrypt Hashing Algorithm” para criar uma representação criptografada de senhas. Ele também possui mecanismos para proteger os usuários de ciberataques como XSS, injeção SQL, interceptação de dados, cookies prejudiciais, etc.

Entretanto, a framework web mais segura entre Django vs Laravel é Django. Esta é a razão pela qual os grandes como a NASA a usam.

Vencedor: Django.

Facilidade de teste e depuração

Comparando Laravel vs Django na facilidade de teste e depuração
Comparando Laravel vs Django na facilidade de teste e depuração

Nenhum aplicativo é perfeito. Há sempre um ou mais problemas associados aos aplicativos, seja desempenho, segurança, experiência do usuário, ou qualquer outra coisa. E remover esses problemas é necessário para garantir o bom desempenho de um aplicativo.

Para isso, você precisa realizar periodicamente vários testes para encontrar problemas e depurá-los para garantir desempenho, usabilidade, compatibilidade e conformidade com os padrões de IU.

Sua framework web deve ser flexível o suficiente para proporcionar facilidade de testes e depuração sem complexidades. Caso contrário, ele consumirá muito esforço, tempo, dinheiro e abrirá mais brechas de segurança. Portanto, ao comparar Django vs Laravel baseado na facilidade de testes e debugging é vital.

Python é uma linguagem relativamente fácil, então sua depuração não é difícil. Há também depuradores fantásticos disponíveis online para ajudá-lo a testar o código (como o depurador Python, que é especialmente útil para iniciantes).

Portanto, testar um aplicativo baseado em Django não é um grande problema, pois você tem muitas ferramentas disponíveis para simplificar o processo de teste. Para torná-lo mais eficaz e fácil, você pode consultar diretamente a documentação deles para testar o código em diferentes camadas para produzir um aplicativo sólido e livre de bugs.

Por outro lado, Laravel testa seu código em dois níveis diferentes: testes de recursos e testes unitários. Como o Django, você pode passar por sua abrangente documentação de testes para testar o código em vários níveis, incluindo testes simulados.

Além disso, o PHP é um tanto complicado de depurar e pode exigir trabalho extra. Entretanto, você pode usar um depurador PHP (como o XDebug) para facilitar o processo de depuração. Então, se você usar Laravel, você pode ir para muitas das ferramentas de teste disponíveis para ter certeza de que seu aplicativo está livre de erros. Há um vasto número de ferramentas de teste disponíveis para tornar esta parte do seu trabalho conveniente.

Vencedor: É um empate – muitas ferramentas e recursos facilitaram o teste e a depuração tanto no Django quanto no Laravel.

Bibliotecas suportadas

Para um desenvolvimento rápido, você pode integrar a framework web que você escolheu com as bibliotecas que ela suporta. As bibliotecas são códigos reutilizáveis que permitem a você adicionar imediatamente mais recursos e funcionalidades a um aplicativo ou site, ao invés de escrever um novo código para tudo.

Como resultado, você pode economizar um tremendo tempo desenvolvendo o aplicativo, tornando os testes menos complicados, minimizando o custo e implantando o aplicativo mais rapidamente no mercado. É por isso que é essencial entender qual framework web entre Django e Laravel tem melhores bibliotecas.

Django é um framework web “baterias incluídas” que tem uma extensa biblioteca de pacotes. Muitos pacotes auto-contidos oferecem recursos reutilizáveis adequados para projetos de grande alcance. Algumas das bibliotecas baseadas em Python que você pode usar em um projeto Django são Django Rest Framework, Django-cors-headers, Django Filters e Django Storages.

Quanto ao Laravel, ele também tem um bom conjunto de bibliotecas, assim você pode construir vários sites e aplicativos usando-as. Laravel suporta um conjunto impressionante de bibliotecas orientadas a objetos e bibliotecas pré-instaladas, como uma biblioteca de autenticação. Este é um benefício que você não encontrará em outros frameworks como o CodeIgniter e o Symfony.

Além disso, Laravel tem excelentes pacotes para otimizar o desempenho do aplicativo, tais como Spatie, Laravel Debugbar, Confiança e Socialite, para citar alguns.

Vencedor: É um empate. Ambos têm um extenso conjunto de bibliotecas disponíveis.

Suporte do banco de dados

Um banco de dados é um sistema para armazenar todos os arquivos críticos e informações relacionadas a um aplicativo, site ou projeto. Portanto, você vai precisar de um banco de dados eficiente para armazenar os dados do seu projeto e organizá-los de forma eficaz. Isso ajudaria se você também fosse cuidadoso ao acessar os dados ou manipulá-los no banco de dados porque é onde suas informações sensíveis são armazenadas.

A escolha do banco de dados correto é necessária para o seu projeto. O que você vai escolher depende das exigências do seu projeto, e é por isso que vamos comparar Django vs Laravel com base em seus bancos de dados suportados.

Django suporta oficialmente bancos de dados como MySQL, Oracle, MariaDB, PostgreSQL, e SQLite. Além de trabalhar com todos esses bancos de dados sem problemas, ele permite que você adicione outros bancos de dados usando bibliotecas e pacotes de terceiros. Além disso, Django fornece a opção de usar múltiplos bancos de dados simultaneamente se você precisar. Quando se trata de suporte a bancos de dados, Django não vai desapontar.

Laravel, por outro lado, suporta MySQL, PostgreSQL, SQL, e SQLite. Além disso, seu construtor de consultas sem esforço, Eloquent ORM, e SQL raw facilitam o processo de comunicação com todos esses bancos de dados. Ele também permite que você se conecte com múltiplos bancos de dados com mais conveniência. Você não vai encontrar nenhum problema usando bancos de dados com Laravel.

Vencedor: É um empate.

Compatibilidade com microserviços

Microserviços ou Microservices são empregados no desenvolvimento de aplicativos. Eles representam uma abordagem arquitetônica onde um aplicativo é estruturado como um conjunto de serviços menores. Estes serviços são acoplados frouxamente, testáveis, de alta manutenção e organizados em torno das capacidades de um negócio.

Este tipo de arquitetura oferece implantação rápida, confiável e frequente de aplicativos complexas e de grande porte. O benefício que ele proporciona é que sua equipe de desenvolvimento pode criar rapidamente novos componentes e atender às mudanças nas demandas dos usuários de forma oportuna.

Django é compatível com a arquitetura de microserviços. Ele permite uma implantação rápida, versatilidade e segurança embutida. Você pode escalar um projeto Django rapidamente, dividindo-o em microserviços menores com diferentes responsabilidades e funcionalidades. Além disso, o Django é uma excelente escolha para incluir recursos ML e AI em seus aplicativos.

Agora, falando no Laravel, ele também suporta microserviços, como o PHP os suporta. Para Laravel, o aplicativo é dividido em pequenos blocos de construção, cada um tendo suas próprias funções. Estas funções interagem umas com as outras usando APIs que são agnósticas em termos de linguagem. Portanto, o aplicativo se torna compatível com microserviços.

No entanto, você também tem a opção de usar a versão mais leve do Laravel, Lumen, para implementar microserviços de forma eficaz.

Vencedor: Django.

Resultados benchmarking

Para garantir que seu software funcione com o desempenho ideal, estabelecer critérios de benchmarking de desempenho é essencial. O Benchmarking permite que você determine como um aplicativo funciona sob uma determinada carga de trabalho. Ele ajuda você a investigar, medir e verificar seu código de escalabilidade, performance, uso e outros fatores.

Existem diferentes tipos de benchmarking no desenvolvimento de software, tais como benchmarking para carregamento, resistência, ponto de parada e pico. É por isso que nós vamos comparar Django vs Laravel com base no benchmarking.

Django tem muitas ferramentas para realizar benchmarking de desempenho em termos de tempos de resposta, simultaneidade, etc. Você pode usar o django-debug-toolbar para obter insights sobre como o código está funcionando e o tempo que está demorando para isso. Por exemplo, ele pode exibir as consultas SQL geradas a partir da página web e o tempo que leva para cada consulta.

Além disso, você também pode encontrar painéis de terceiros para a barra de ferramentas para relatar os tempos de renderização e o desempenho do cache. Além disso, serviços de terceiros também estão disponíveis para analisar o desempenho da página e relatar sobre ela dos olhos dos clientes HTTP remotos, simulando a experiência real do usuário. Dois exemplos de tais ferramentas são Google PageSpeed e Yslow do Yahoo.

De acordo com este teste de benchmarking de 2018, Django vs Laravel foi comparado com base nos tempos de solicitação. Este teste demonstrou que o tempo de resposta de Django foi de 37.211 ms, enquanto o Laravel foi de 77.995 ms. Django teve um desempenho melhor neste aspecto, e o ASP.NET Web API teve um desempenho ainda melhor.

Resultados de benchmarking para ASP.NET Web API vs Django vs Laravel
Resultados de benchmarking para ASP.NET Web API vs Django vs Laravel

Laravel é comparativamente um framework web com desempenho mais lento. Esta fonte GitHub compara como os frameworks PHP funcionam, onde Laravel “tops” de baixo para cima. Sim, você leu isso direito – o mais lento. Isto é devido a vários fatores, como a falta de um padrão aceito para medir a velocidade do aplicativo. Se é mais lento, então mais lento para quê, ou sob quais novas condições? É por isso que um benchmarking adequado é necessário.

Você pode usar várias ferramentas para otimizar seus aplicativos baseados no Laravel, tais como lojas de eCommerce. Algumas dessas ferramentas são PHP-FPM, Redis, e CDN como o CloudwaysCDN.

Vencedor: Django (Nota: Este resultado de referência não é de um aplicativo de produção real).

Documentação

Se você é um desenvolvedor experiente ou apenas um iniciante, a documentação é a primeira coisa que você deve passar antes de selecionar um framework web ou linguagem de programação para o seu projeto. Uma boa documentação – compreendendo toda a informação organizada corretamente sobre a tecnologia e atualizada freqüentemente ao longo do tempo – funciona como um guia de referência sempre que você estiver preso em algum lugar ou precisar entender um conceito com mais profundidade.

É por isso que é necessário comparar Django vs Laravel com base em sua documentação.

A documentação do Django é fácil de seguir e informativa. Seu conteúdo é minucioso, bem organizado e referenciado, explicando cada conceito com profundidade e exemplos. Se você se deparar com uma terminologia menos comum, você encontrará um link para uma descrição detalhada para melhor compreensão.

A documentação da Django também oferece tutoriais abrangentes e uma referência API fácil de navegar. Além disso, os criadores organizaram seu código fonte para torná-lo facilmente legível. Você vai encontrar guias de caminhada, guias de tópicos, guias de referência e guias de como fazer para diferentes conceitos, problemas e casos de uso.

Você também pode ver referências para cada conceito no modelo, vista e camadas do modelo. A documentação explica ferramentas padrão para aplicativos web, funcionalidades centrais, desempenho e otimização, e muito mais.

Em caso de dúvida, você pode consultar as FAQs, índices e índices em detalhes, ou relatar bugs usando seu rastreador de bilhetes. Em geral, a documentação do Django está entre as melhores e tem excelentes críticas dos desenvolvedores.

Por outro lado, a documentação do Laravel não é tão boa assim. Infelizmente, os editores parecem não a ter mantido para acompanhar adequadamente o aumento das complexidades da estrutura. Apesar de serem longos, os exemplos fornecidos são inadequados (aqueles em Eloquent ORM e API, por exemplo).

Em geral, a documentação do Laravel é um pouco fragmentada e não acompanha as versões mais recentes. Também não é fácil navegar para páginas API relevantes.

Vencedor: Django.

Comunidade de desenvolvedores e suporte

Uma comunidade de desenvolvedores ativa e solidária é sempre útil. Ela ajuda a melhorar a linguagem ou o framework da web com feedback e modificações e ajuda os profissionais a trabalharem em rede e ajudarem uns aos outros. Além disso, uma forte comunidade de desenvolvedores apóia novos desenvolvedores e fornece um local onde eles podem tirar suas dúvidas dos especialistas.

Vamos comparar Django vs Laravel com base em sua comunidade e nível de suporte.

Django tem uma enorme comunidade de desenvolvedores que contribui para melhorar a framework da web. Você pode até mesmo se inscrever na lista de discussão deles e ficar atualizado com tudo o que acontece dentro da comunidade Django. Tem 82k+ membros no Reddit e 25.1k+ garfos, com 58.8+ estrelas no GitHub. A comunidade também é muito ativa e em rápida expansão; você pode encontrá-la em outros canais sociais e sites como Telegrama, Discord, Slack, e Stack Overflow.

Laravel também tem uma fantástica comunidade de desenvolvedores, e como é baseada em PHP, ela atrai uma forte comunidade de desenvolvedores de PHP. Tem 62.2k+ artesãos no Reddit e 8.3k+ garfos, com 24.5k+ estrelas no GitHub. A comunidade combinada do Laravel e PHP é poderosa – desenvolvedores compartilham notícias, podcasts, documentos e repositórios, e você pode encontrar e conhecer membros do grupo em vários outros lugares, como Dev, Laravel.io, Laracasts, e Stack Overflow.

Vencedor: É um empate.

Django REST API vs Laravel REST API

Os desenvolvedores de aplicativos utilizam amplamente interfaces de programação (APIs), um conjunto de protocolos e definições úteis na construção de software do aplicativo e integração. Ele ajuda você a interagir com um sistema para executar uma função específica ou recuperar informações através da compreensão e cumprimento da solicitação.

Agora, uma API RESTful (REST API) também é um tipo de API – uma que se alinha com a arquitetura REST e permite que você interaja com os serviços RESTful. Aqui, REST significa transferência de estado representacional. As APIs atuam como uma base comum entre os usuários e os serviços ou recursos web que eles querem acessar. Além disso, as empresas podem usar as APIs para compartilhar informações e recursos com autenticação, controle e segurança adequados.

Tudo isso exige que você escolha um framework web que tenha melhor suporte para o RESTful API, pois você pode não gostar necessariamente de suas funcionalidades limitadas de outra forma.

Django não oferece nenhum recurso embutido para suportar a construção de API. Portanto, você vai precisar de uma biblioteca para usar as APIs com Django.

Ao contrário, Laravel oferece suporte API embutido. Por padrão, as consultas no Laravel retornam JSON. Esta é a vantagem do Laravel sobre o Django: É evidente, especialmente se você planeja criar APIs para atender às exigências específicas do cliente.

Vencedor: Laravel.

Popularidade e participação de mercado

A popularidade de vários frameworks web
A popularidade de vários frameworks web

De acordo com uma pesquisa da Statista para encontrar as frameworks mais populares em 2021 entre os desenvolvedores, descobriu-se que React encabeçou a lista com 40,1%, enquanto Django assegurou 15% e Laravel 10,1%.

Para ser preciso, o Django alimenta mais e 92k sites e mais de 57k de domínios únicos na internet. É usado por várias indústrias, tais como ciência e educação, alimentos e bebidas, eletrônica e tecnologia de computador, artes e entretenimento, etc. Está difundido globalmente, inclusive em países como os EUA, Canadá, Reino Unido, Rússia, China, Índia, Brasil, etc.

Por outro lado, Laravel suporta mais de 146k de sites e mais de 107k de domínios únicos na web. É popular em verticais da indústria como eletrônica e tecnologia da computação, ciência e educação, artes e entretenimento, direito e governo, e outros em todo o mundo. Os principais países que o utilizam são os EUA, Brasil, Rússia, Japão, Índia, China, etc.

Um relatório da SimilarTech nos diz que Laravel supera Django em participação de mercado, apesar de seu crescimento e de todos os benefícios que vimos que ele oferece. Laravel está assumindo a liderança nos Top 10k, 100k, e 1M sites e nas categorias Web Inteira globalmente.

O uso do Laravel deixa Django para trás em várias verticais da indústria, incluindo eletrônica e tecnologia de computadores, artes e entretenimento, direito e governo, finanças, negócios e serviços ao consumidor. Mas Django está à frente do Laravel em indústrias como ciência e educação e alimentos e bebidas.

Além disso, o Google Trends também tem mostrado Laravel ultrapassando Django da linha do tempo de 2013 a 2020.

Vencedor: Laravel é mais popular do que Django no mundo inteiro.

Oportunidades de carreira e salário

Se você é um aspirante a desenvolvedor web procurando por construção de carreira e crescimento, você pode desejar aprender um framework web ou linguagem de programação com escopos futuros mais brilhantes. E mesmo se você for um desenvolvedor experiente, saber qual framework web dominar primeiro pode ser benéfico e acelerar sua carreira (e seu salário).

A proeminente comunidade de desenvolvedores da Django tornou mais fácil a contratação de desenvolvedores da Django. Seus potenciais recrutadores podem estar encontrá-lo em qualquer lugar e, para isso, você precisa preparar um excelente portfólio com alguma experiência em projetos da Django.

Além disso, com o crescimento da inteligência artificial e da aprendizagem de máquinas, a demanda por aplicativos com essas capacidades também está aumentando. Portanto, Django é uma boa escolha para o crescimento de sua carreira. De acordo com o Talent.com, o salário médio dos desenvolvedores Django nos EUA é de US$ 100k por ano (US$ 51.28/hora). Ao mesmo tempo, posições de nível básico começam em US$ 63.375 por ano, e desenvolvedores experientes da Django ganham cerca de US$ 142.253 por ano.

Falando no Laravel, é excelente para pequenos aplicativos e sites, pois é amigável para iniciantes. Você pode começar com este framework web para ganhar experiência como um desenvolvedor web e gradualmente se aperfeiçoar aprendendo Django ou outros frameworks web para criar aplicativos em uma escala mais ampla.

Além disso, aprender Laravel pode ser vantajoso para iniciantes, pois é popular globalmente em diferentes verticais da indústria. Isso significa que você terá oportunidades mais amplas para conseguir um emprego. O salário médio dos desenvolvedores Laravel nos EUA é de US$ 97,5k por ano (ou US$ 50 por hora). As posições de nível de entrada começam em US$ 75k por ano, enquanto os experientes ganham cerca de US$ 125k por ano.

Vencedor: É um empate.

Django vs Laravel vs WordPress

Gerenciar o conteúdo do seu site se torna sem esforço usando um bom CMS como o WordPress. Mas o WordPress não é a única opção que existe. Você precisa pensar sobre o melhor CMS para usar em seu aplicativo ou site com base em suas necessidades particulares.

De acordo com a W3Techs, 65,2% de todos os sites (cujos sistemas CMS são conhecidos) usam WordPress, comparado com o Django, que só 0,1% dos sites usam.

Participação no mercado WordPress vs Django CMS (Fonte: W3Techs)
Participação de mercado WordPress vs Django CMS (Fonte: W3Techs)

Embora o WordPress abrigue milhões de sites na web, você tem opções como Django CMS ou Laravel CMS que também são poderosos. Então vamos comparar Django vs Laravel vs WordPress com base nas necessidades do CMS.

Primeiro de tudo, WordPress é um CMS completo, enquanto Django e Laravel são ambos frameworks web. O WordPress foi lançado em 2003 e é gratuito e de código aberto. É baseado no MySQL e PHP e tem 55k+ plugins para melhorar as funcionalidades do aplicativo e adicionar mais funcionalidades.

  • Django CMS vs WordPress: O CMS baseado em Django é construído com Python e é similar ao WordPress. Ele permite que você personalize seu conteúdo sem esforço a partir do seu site sem abrir a página de administração. Os benefícios do Django CMS são o rápido desenvolvimento de aplicativos, boa segurança, escalável com pequenos aplicativos plugáveis e versatilidade para gerenciar diferentes tipos de sites, de sites científicos a redes sociais.
    • Você não precisa de nenhuma habilidade de codificação para criar um site com WordPress, mas você precisa ter conhecimento de Python e familiaridade com a arquitetura MVT para o mesmo propósito.
    • Você obtém melhor flexibilidade para mudar o visual e a sensação de seus aplicativos usando Django, mas você só pode mudá-los escolhendo os temas disponíveis com o WordPress.
    • Como há mais de 55k plugins disponíveis com WordPress, adicionar funcionalidades é fácil, mas é difícil com o Django, pois há poucos plugins.
  • Laravel CMS vs WordPress: O CMS baseado em Laravel também usa PHP como WordPress. É completamente customizável e vem com segurança aprimorada, autenticação incorporada, migração rápida de banco de dados, fácil extensibilidade, flexibilidade e suporte para integração out-of-the-box.
    • Comparado ao WordPress, o Laravel CMS é complexo – você precisa de habilidades de codificação em PHP, o que não é necessário para configurar um site no WordPress.
    • As capacidades incorporadas do Laravel CMS são excelentes – muito melhores do que o WordPress. Entretanto, você também pode usar plugins WordPress para adicionar funcionalidades, enquanto tal extensibilidade é limitada no caso do Laravel.
    • Laravel oferece desempenho superior ao do WordPress. Além disso, a escalabilidade, segurança e gerenciabilidade do Laravel são melhores do que o WordPress. Mas se você está planejando criar um pequeno aplicativo ou blog, o WordPress pode ser suficiente.

Vencedor: Prós e contras estão associados a todos estes três – WordPress, Django CMS, e Laravel CMS. Portanto, verifique seus requisitos, nível de habilidades e custo de desenvolvimento para decidir qual CMS melhor se adapta ao seu projeto. Sites menores como blogs podem usar o WordPress, mas se você planeja criar aplicativos maiores, com desempenho e segurança, você pode considerar o uso do Django ou Laravel.

Django vs Laravel: Semelhanças

Similaridades entre Django e Laravel
Similaridades entre Django e Laravel

Embora existam muitas diferenças entre Django e Laravel, eles ainda são semelhantes em muitos aspectos. Aqui está como:

  • Tanto Django quanto Laravel são frameworks web para desenvolvimento de software que economizam seu tempo e esforço ao permitir que você reutilize o código ao invés de escrevê-lo a partir do zero.
  • Eles são gratuitos e de código aberto, então você pode usá-los como quiser em seu projeto e economizar custos de desenvolvimento.
  • Ambos os frameworks enfatizam a legibilidade e escalabilidade do código, assim como a facilidade de distribuição de arquivos.
  • Os dois frameworks da web suportam vários bancos de dados e são bons em autoqueria e sincronização de tabelas a partir de modelos.
  • Eles têm sistemas de modelos com funcionalidades pré-definidas e filtros ricos.
  • Cada um deles tem uma fantástica comunidade de desenvolvedores e suporte.
  • Testar e depurar tanto no Django quanto no Laravel é fácil.
  • Oportunidades de carreira e salários para os desenvolvedores Django e Laravel são promissores.

Django vs Laravel: Diferenças

Agora, vamos resumir as principais diferenças entre Django e Laravel.

Parâmetro Django Laravel
Tipo de framework web Django é baseado em Python. Laravel é baseado em PHP.
Facilidade de aprendizado Django é fácil de aprender e fácil de desenvolver, mesmo para iniciantes. Laravel tem uma curva de aprendizado íngreme com muitas exceções e complexidades de código.
Desempenho Como Django é baseado em Python, é um framework web de alto desempenho com velocidade e desempenho excepcionais. Ele ajuda os desenvolvedores a acelerar o processo de desenvolvimento web devido à rápida compilação da execução do código. Você também será capaz de identificar e depurar problemas rapidamente em seu código. Laravel oferece uma ampla gama de recursos incorporados, o que é útil, resultando em uma performance mais lenta. Isto requer que os desenvolvedores encontrem outras maneiras eficientes de acelerar o processo de desenvolvimento do aplicativo.
Arquitetura do aplicativo Django utiliza a arquitetura Model-Template-View (MVT). Os componentes críticos neste padrão de projeto são: modelo, vista e modelo. Laravel utiliza o Model-View-Controller (MVC). Ele tem três partes – model, view e controller. No desenvolvimento de aplicativos web, este padrão de projeto lida com processos específicos. A diferença entre MVT e MVC é que MVC usa um “controller” enquanto MVT usa um “template”
Escalabilidade Django é um dos frameworks web mais escaláveis. Ele funciona sem falhas com diferentes tecnologias como soluções CDN, computação em nuvem, etc., para permitir mais escalabilidade. Laravel oferece menos escalabilidade do que Django, mas ainda é útil para empresas em crescimento que não precisam de maior escalabilidade nos estágios iniciais.

Além disso, é possível escalar um aplicativo baseado no Laravel implementando tecnologias como caching avançado, AWS, MySQL, para citar algumas.

Segurança Django é um framework web mais segura que utiliza um sistema de autenticação para verificar e gerenciar senhas de usuários, IDs e contas.

Questões de segurança cibernética, como solicitações cruzadas, XSS, clickjacking, falsificação, etc., provavelmente serão reduzidas.

Laravel também usa algumas técnicas de segurança como senhas salgadas e hashed e “Bcrypt Hashing Algorithm”

Ele também pode proteger os usuários de problemas como XSS, injeção SQL, interceptação de dados, cookies prejudiciais, etc., até certo ponto. Mas Laravel ainda oferece menos segurança que o padrão Django dy.

Compatibilidade com Microservices Para oferecer mais versatilidade, maior segurança interna e rápida implementação, Django suporta micro-serviços. Assim como Django, Laravel também suporta micro-serviços. Entretanto, ele requer o Lumen – uma versão mais leve para a implementação.
Documentação Django tem uma documentação informativa e de fácil compreensão com um conteúdo bem organizado e completo. Além disso, tem múltiplas referências cruzadas para explicações detalhadas com exemplos. Falta documentação Laravel com exemplos e explicações minuciosas. Como resultado, os iniciantes podem, às vezes, enfrentar dificuldades para entender os conceitos.
REST API Django não tem suporte API embutido. Portanto, você precisa de uma biblioteca para implementar este recurso. Laravel suporta API embutida, e as consultas retornam JSON por padrão.
Popularidade Apesar de todas as ofertas incríveis, Django não é tão popular como Laravel. A partir de agora, ele suporta mais de 92k sites e mais de 57k de domínios únicos na web. A popularidade do Laravel supera a do Django. A partir de agora, ele suporta mais de 146k sites e mais de 107k domínios únicos na internet.

Django vs Laravel: Qual é o melhor framework para o desenvolvimento web?

O debate sobre Django vs Laravel parece ser interminável. É porque ambos têm pontos sólidos para o desenvolvimento web. Eles têm as melhores características da categoria, funcionalidades e usam casos para atender diferentes verticais da indústria cobrindo startups, pequenas e médias empresas e grandes conglomerados.

Por isso, seria um desafio dizer sem rodeios qual deles é melhor entre os dois. Resume-se a uma escolha baseada nos requisitos do seu projeto e na natureza. E se você estiver preso entre Django vs Laravel, afaste-se e considere qual será mais benéfico para o seu projeto a longo prazo.

Neste artigo, nós comparamos vários atributos de cada CMS, como desempenho, escalabilidade, curva de aprendizado, documentação, banco de dados e suporte a bibliotecas, e mais para ajudá-lo a determinar qual pode ser uma melhor framework web para o seu projeto.

Django é melhor se você já tem alguma experiência trabalhando com ele ou se você já tem familiaridade com Python. Vá para Django se você quiser construir:

  • Plataformas de mídia social dinâmicas e totalmente customizáveis, aplicativos ML- ou AI-integradas, ou CRMs para sites de eCommerce ou mecanismos de reservas
  • Aplicativos B2B grandes e seguras
  • Aplicativo envolvendo ciência de dados
  • Produtos de software relacionados à ciência e educação,Aalimentos e bebidas, etc.

Laravel é melhor se você é um iniciante ou se sente preparado para codificar em PHP. Vá para Laravel se você quiser construir:

  • Um aplicativo em pequena escala ou um site como um blog
  • Layouts interativos do site com conteúdo ressonante
  • Aplicativos avançados com um orçamento limitado (utilize o Laravel’s Blade Template Engine)
  • Aplicativos web customizadas usando CSS e JavaScript
  • Aplicativos SEO-friendly
  • Projetos relacionados a artes, entretenimento, tecnologia, eletrônica, direito, etc.

[tweet=”Django ou Laravel? 🤷‍♀️ Qual é a escolha certa para o seu negócio? Mergulhe nas duas opções neste guia completo ⬇️” user=”kinsta_pt” hashtags=”Django,Laravel”]

Resumo

Django parece ser um vencedor claro por 5 pontos. Entretanto, isso não significa que Django seja melhor do que Laravel! Se fosse, então muito menos desenvolvedores estariam usando Laravel. Curiosamente, Laravel é o framework web PHP mais popular – é ainda mais popular do que Django, apesar do Django ter saído na frente em nossa comparação aqui.

Tanto Django quanto Laravel têm seus prós e contras, e eles trazem diferentes benefícios dependendo das verticais da indústria e do tamanho do negócio. Os sites de grande escala, sensíveis à segurança e ao desempenho e os negócios relacionados à ciência preferem principalmente o Django. Em contraste, empresas de pequena escala, SMB ou desenvolvedores iniciantes podem escolher o Laravel. No entanto, ambos os frameworks suportam aplicativos de todos os tamanhos.

Se você quiser escolher entre Django e Laravel, verifique os requisitos do seu projeto, indústria, tamanho do negócio, orçamento e nível de habilidade dos desenvolvedores antes de tomar uma decisão final sobre qual usar para o seu projeto.

Você ainda tem alguma pergunta sobre Django vs Laravel? Por favor, nos informe na seção de comentários!


Obtenha todos os seus aplicativos, banco de dados e Sites WordPress on-line e sob o mesmo teto. Nossa plataforma de nuvens de alto desempenho e repleta de recursos inclui:

  • Fácil configuração e gerenciamento no painel MyKinsta
  • Suporte especializado 24/7
  • O melhor hardware e rede do Google Cloud Platform, alimentado por Kubernetes para a máxima escalabilidade
  • Integração Cloudflare de nível empresarial para velocidade e segurança
  • Audiência global com centros de dados de até 35 e 275+ PoPs no mundo todo

Teste você mesmo com um desconto de 20 dólares em seu primeiro mês de Hospedagem de Aplicativos ou Hospedagem de Banco de Dados. Explore nossos planos ou entre em contato com as vendas para encontrar seu melhor ajuste.