Para cumprir com os regulamentos fiscais, a Kinsta cobra o IVA (Imposto sobre Valor Agregado) aos residentes da UE e do Reino Unido e às empresas sediadas na UE e no Reino Unido. Este artigo mostra como adicionar seu número de imposto no momento da inscrição ou via MyKinsta a qualquer momento após o seu registro conosco. Para ler sobre o que é IVA, como isto o afeta e como Kinsta lida com o IVA, leia nosso guia geral de informações sobre o IVA.

Adicionando um número de IVA durante a inscrição

Durante o processo de inscrição, você pode adicionar seu Número de IVA no campo de ID de Imposto.

Insira o seu número de IVA no campo de ID de Imposto durante a inscrição.
Insira o seu número de IVA no campo de ID de Imposto durante a inscrição.

Cole o seu número de IVA no campo. Note que isto pode assumir muitos formatos, já que cada estado membro determina seu próprio formato. Veja o guia de formato relevante para mais informações:

Quando você clicar fora do campo ou enviar o formulário, seu número de IVA será validado usando o sistema apropriado (VIES para a UE, HMRC para o Reino Unido). Seu Número de IVA somente será aceito se o seu formato for válido e estiver ativo no sistema aplicável. Uma vez que você tenha inserido um Número de IVA válido, o IVA e o valor total serão ajustados – você não será cobrado pelo IVA.

Adicionando um número IVA no MyKinsta

Se você não tinha um Número de IVA no momento da inscrição, poderá adicioná-lo a qualquer momento. No MyKinsta, vá para as Configurações da Conta e clique na aba Detalhes de Cobrança na barra lateral esquerda. Insira o seu Número de IVA no campo de Número de IVA e Salve as alterações. Ele será verificado pelo sistema VIES e salvo no MyKinsta. Se o número for inválido, informaremos você.

Digite seu número de IVA no MyKinsta.
Digite seu número de IVA no MyKinsta.

Meu IVA será reembolsado de faturas anteriores se eu inserir meu número de IVA?

Infelizmente não. Possuir um número de IVA não é suficiente para preencher os requisitos de dados. Você deve ter um número de IVA, e deve fornecê-lo no momento da compra. Isto significa que não podemos reembolsar o IVA de faturas anteriores.