O Edge Caching salva seu cache Kinsta site/página (que só é salvo no centro de dados do seu site) em qualquer uma das redes globais de mais de 275+ centros de dados do Cloudflare. Quando os visitantes do seu site carregarem seu site em seu navegador, as respostas em cache serão entregues a partir do local mais próximo deles.

O Edge Caching está incluído gratuitamente em todos os planos Kinsta. Ao contrário de algumas soluções de cache similares, não há custo adicional para você, e o Edge Caching não requer um plugin separado.

Habilitando o Edge Caching

Para habilitar o Edge Caching, faça login no MyKinsta e navegue até WordPress Sites > nomedosite > Edge Caching.

O que você deve saber antes de habilitar o Edge Caching

  • Atualmente, o Edge Caching não respeita variações de cache de geolocalização de alcance em pequenos intervalos (próximo ao país, estado, fronteiras da cidade). O cache é armazenado em cada local do PoP com base na localização do visitante que primeiro solicitou essa página específica.
  • As exclusões avançadas de cache do site personalizado (como combinações de cookies e URIs personalizados) não são suportadas pelo Edge Caching.
  • Você pode habilitar o Edge Caching se nossa equipe de suporte não tiver configurado regras de cache personalizadas para o seu site que usam cookies ou geolocalização personalizada no site.

Após ler o que você precisa saber antes de habilitar o Edge Caching, clique no botão Habilitar Edge Caching se estiver tudo bem.

Habilitando o Cache Edge no MyKinsta.
Habilitando o Edge Caching no MyKinsta.

No menu Habilitar Edge Caching modal/pop-up que aparece, clique no botão Habilitar Edge Caching para confirmar que você deseja habilitar.

Confirmar habilitação do Cache Edge no MyKinsta.
Confirmar habilitação do Edge Caching no MyKinsta.

Se detectarmos que regras de cache personalizadas foram adicionadas, um aviso será exibido no método Habilitar Edge Caching. Se tiver certeza de que essas regras não entrarão em conflito com o Edge Caching, você pode continuar clicando no botão Habilitar Edge Caching. Em caso de dúvida, consulte o desenvolvedor para ver se as regras de cache personalizadas do seu site oferecem suporte ao Edge Caching.

Aviso sobre regras de cache personalizadas quando o Caching Edge está habilitado: Parece que você tem regras de cache personalizadas pré-configuradas. As regras personalizadas podem causar problemas em alguns casos quando usadas em conjunto com o Caching Edge. Você quer continuar?
Aviso de regras de cache personalizadas ao habilitar o Edge Caching.

Uma vez que o Edge Caching estiver habilitado, você verá as configurações do Edge Caching.

Configurações do Cache Edge no MyKinsta.
Configurações do Edge Caching no MyKinsta.

Habilitar cache para dispositivos móveis

Se o seu site detecta navegadores para dispositivos móveis e gera páginas com marcação única para esses dispositivos, você pode habilitar um cache para dispositivos móveis separado do conteúdo para usuários desktop. Se você não tiver certeza sobre isso, por favor, consulte primeiro o desenvolvedor do seu site.

Quando o Edge Caching estiver habilitado, você pode ativar o cache para dispositivos móveis no MyKinsta:

  • Selecione Sites WordPress na navegação do lado esquerdo.
  • Selecione o nome de um site para o qual o Edge Caching está habilitado.
  • Selecione o Edge Caching.
Habilitar Edge Caching para dispositivos móveis
Habilitar Edge Caching para dispositivos móveis

Clique no botão Habilitar Cache para dispositivos móveis para tirar vantagem do Cache Edge para dispositivos móveis.

Added:

Limpando o Edge Caching

Há algumas maneiras de você limpar o Edge Caching do seu site. Nota: Caso o seu tema ou um plugin ativo em seu site tem cache incorporado, recomendamos limpar o cache lá primeiro.

Limpando o cache em seu painel de controle WordPress

Acesse o seu painel de controle do WordPress.

Se você precisar limpar o cache do site todo, clique no link Limpar Cache na barra de ferramentas de administração perto do canto superior direito da página. Isso irá limpar tanto o Edge Caching quanto o cache do site.

Limpar cache no WordPress com plugin Kinsta MU.
Limpando o cache no WordPress com plugin Kinsta MU.

Se você gostaria de limpar o cache automaticamente para URLs ou caminhos específicos quando você fizer mudanças em seu site, você pode configurar aqueles nas configurações do plugin Kinsta MU. Clique em Kinsta Cache na barra lateral esquerda e adicione as URLs que você deseja apagar quando as atualizações forem feitas em seu site. Para mais informações, confira nosso guia sobre como adicionar URLs de cache personalizada no plugin Kinsta MU.

Limpando o cache no MyKinsta

Acesse o MyKinsta e vá para WordPress Sites > nomedosite > Edge Caching.

Clique no botão Limpar cache para limpar todo o cache.

Limpar Edge Cache no MyKinsta.
Limpar Edge Caching no MyKinsta.

Se você só precisa limpar URLs ou caminhos específicos, digite a URL no campo Limpar cache de URLs e clique no botão Limpar cache de URLs. Para também limpar o cache de subdiretórios sob a URL, marque a caixa ao lado de Limpar cache de cada subdiretório sob a URL especifica.

Limpando o Cache Edge para URLs específicas.
Limpando o Edge Caching para URLs específicas.

Nota: Isso só elimina o Edge Caching. Se o cache do seu Site também precisar ser limpo, você precisará limpá-lo separadamente indo em Ferramentas > Cache do Site e clicando no botão Limpar cache.

Testando o Edge Caching

Antes de testar seu site com uma ferramenta de teste de velocidade, recomendamos inspecionar os cabeçalhos HTTP de uma página para confirmar que ela esteja carregando a partir do Edge Caching. Abaixo estão algumas maneiras de verificar os cabeçalhos HTTP do seu site.

Verifique o Edge Caching com o verificador de status HTTP e redirecionador Kinsta

Você pode verificar o status HTTP e redirecionar a cadeia de qualquer URL com nosso HTTP status gratuito e verificador de redirecionamento. Usando esta ferramenta, você pode revisar os cabeçalhos de resposta para verificar se o Edge Caching está funcionando.

Escolha uma página que deve ser servida a partir do Edge Caching e copie a URL da barra de endereços do seu navegador. Cole esta URL na ferramenta de verificação de redirecionamento e execute a verificação.

Você deve ver resultados como este:

Edge Cache headers, ki-cache-type e Ki-CFCache-Status, em HTTP status e verificador de redirecionamento
Edge Cache headers, ki-cache-type e Ki-CFCache-Status, em HTTP status e verificador de redirecionamento.

Role para baixo até que você veja o Header Response. Nesta seção, há dois cabeçalhos para verificar os valores de: ki-cache-type e Ki-CF-Cache-Status. O cabeçalho ki-cache-type deve ter um valor de Edge. O cabeçalho Ki-CF-Cache-Status deve ter um valor de HIT ou SAVING.

Verifique o Edge Caching com um navegador web

Você pode usar as ferramentas de desenvolvimento integradas no seu navegador web para verificar se o Edge Caching está funcionando. Para este exemplo, usaremos o Google Chrome para inspecionar os cabeçalhos HTTP para a página inicial do nosso site. Para abrir as ferramentas de desenvolvimento do Chrome, clique com o botão direito do mouse em qualquer lugar da página e clique em Inspecionar.

Inspecione com ferramentas de desenvolvimento de navegador no Chrome.
Inspecione com ferramentas de desenvolvimento de navegador no Chrome.

A seguir, clique na aba Rede e recarregue a página. Enquanto a página carrega, você verá uma lista das solicitações no lado esquerdo da janela de ferramentas do desenvolvedor. Clique na solicitação inicial da página para verificar se o Edge Caching está funcionando corretamente.

Cabeçalhos Cache Edge, tipo ki-cache e Ki-CFCache-Status, na aba Network das ferramentas de desenvolvimento de browser.
Cabeçalhos Edge Caching, tipo ki-cache e Ki-CFCache-Status, na aba Network das ferramentas de desenvolvimento do navegador.

Na aba Header, role para baixo até ver os Header Response. Nesta seção, há dois cabeçalhos para verificar os valores de: ki-cache-type e Ki-CF-Cache-Status. O cabeçalho ki-cache-type deve ter um valor de Edge. O cabeçalho Ki-CF-Cache-Status deve ter um valor de HIT ou SAVING.

Verifique o Edge Caching no Terminal

Se você está familiarizado com o uso do Terminal (linha de comando), você também pode verificar os cabeçalhos HTTP com o comando curl. Use o comando abaixo e substitua a URL no final do comando pela URL do seu site.

curl -L -s -o /dev/null -D - https://kinstaexample.com

Após executar este comando, você deve obter uma resposta como esta:

Cabeçalhos do Cache Edge, tipo ki-cache e Ki-CFCache-Status, na linha de comando.
Cabeçalhos do Edge Caching, tipo ki-cache e Ki-CFCache-Status, na linha de comando.

Há dois cabeçalhos para verificar os valores: ki-cache-type e Ki-CF-Cache-Status. O cabeçalho ki-cache-type deve ter um valor Edge. O cabeçalho Ki-CF-Cache-Status deve ter um valor HIT ou SAVING.

Resolução de problemas do Edge Caching

Se o Edge Caching não estiver funcionando, há algumas coisas que você pode verificar:

  • O valor do cabeçalho X-Kinsta-Cache: O Edge Caching só armazena a resposta se ela já estava em cache no site (cache de página inteira). Se o valor do X-Kinsta-Cache não for HIT, então a página não será colocada em cache no site e não poderá ser colocada em cache pelo Edge Caching.
  • Se você espera que a página esteja em cache e não é uma daquelas normalmente excluídas do cache (por exemplo, wp-admin, cart, my-account, checkout, etc.), você pode contatar nossa equipe de suporte para verificar se a página não contém um modelo de URL excluída ou um cookie nas configurações Nginx do site.
  • O valor do cabeçalho Cache-Control: O Edge Caching respeita os valores comuns neste cabeçalho, incluindo no-cache, que contorna o cache. Este valor do cabeçalho poderia ser adicionado devido a uma configuração ou código dentro do seu tema, ou poderia ser adicionado com um plugin como o HTTP Headers.

Desabilitando o Edge Caching

Após habilitar o Edge Caching, uma marca de seleção verde é mostrada ao lado de Habilitar perto do topo da página. À direita desta seção, você pode clicar no botão Desabilitar para desativar o Edge Caching.

Desabilitando o Cache Edge.
Desabilitando o Edge Caching.

Notas importantes

  1. O Edge Caching será habilitado por padrão em um futuro próximo.
  2. Limpar o Edge Caching em todos os centros de dados do Cloudflare pode levar de 2 a 5 minutos para ser totalmente concluído. Uma vez que você veja o aviso de conclusão no MyKinsta, por favor, aguarde de 2 a 5 minutos para que o cache seja liberado em todos os centros de dados. Se você tem uma página que precisa ser atualizada com mais frequência, nossa equipe de suporte pode ajudar a excluir essa página do Edge Caching.
  3. O Edge Caching pode ser habilitado em sites de produção e em ambientes de teste premium. Ele não pode ser habilitado para ambientes de teste padrão.
  4. O Edge Caching é incompatível com variações de cache de geolocalização de alcance em pequenos intervalos (próximo ao país, estado, fronteiras da cidade) ou exclusões avançadas do Cache de sites personalizados, como combinações de cookies personalizados e URIs.
  5. O Edge Caching serve ao seu site/página do Cache Kinsta, mas não serve ativos estáticos como imagens, arquivos JavaScript e arquivos CSS. O CDN da Kinsta, que é independente do Edge Caching, pode ser habilitado para servir os ativos estáticos do seu site.
  6. Se o CDN da Kinsta estiver habilitado, seu site tem uma camada adicional do Cache sendo gerenciada separadamente do Edge Caching. A limpeza do cache no plugin Kinsta MU não limpa o cache do CDN da Kinsta, que precisa ser limpo separadamente.
  7. As regras de Edge Caching funcionam com sites WordPress, BuddyPress, WooCommerce e Easy Digital Downloads padrão. Conseguimos contornar os URIs e cookies privados mais comuns, então seu painel de controle do WordPress, fóruns, páginas de carrinho, ou em qualquer lugar onde um usuário esteja logado irá automaticamente contornar o cache. Se você estiver usando uma configuração personalizada do WordPress, pode haver seções adicionais do seu site que precisem ignorar o cache ou regras adicionais que precisem ser adicionadas para compatibilidade. Se este for o caso, você pode sempre entrar em contato com nossa equipe de suporte.
  8. O Edge Caching está configurado para expirar a cada 30 dias, mas pode ser mais curto se o Edge Caching não for acessado por algum tempo.
  9. Ao atualizar as páginas no WordPress, não há necessidade de limpar manualmente o cache do Site ou o Edge Caching; ambos serão automaticamente limpos.
  10. Se você usar sua própria conta Cloudflare para o seu site, você pode usar o Edge Caching se você não usar as Otimizações Automáticas de Plataforma (APO) do Cloudflare. Estes dois métodos do cache são incompatíveis, então você vai querer usar um ou o outro, não ambos.
  11. Se você bloqueou IPs maliciosos usando a ferramenta IP Deny no MyKinsta e nem deseja que esses IPs bloqueados sejam movidos para a versão em cache do seu site ou sejam contados nas verificações, não habilite o Edge Caching. Os endereços de IP bloqueados com a ferramenta IP Deny são bloqueados no nível Nginx, não no nível Cloudflare. Como o nível Cloudflare não possui informações detalhadas sobre os endereços IP bloqueados no nível Nginx, quando o Edge Caching está ativado, uma versão em cache do seu site pode ser fornecida ao endereço IP bloqueado a partir do centro de dados do Cloudflare. Se você não se importa se o endereço IP bloqueado atinge a versão em cache do site, você pode habilitar o Edge Caching. Nota: as visitas às páginas em cache são contadas em análises, mesmo que o endereço IP esteja bloqueado no nível Nginx.

Dados de desempenho

Durante nossa fase beta, coletamos dados de desempenho de 91 sites para testar as melhorias de velocidade da nossa nova funcionalidade Edge Caching. Aqui estão os resultados:

  • O tempo médio de carregamento HTML para um site usando nosso cache de páginas (X-Kinsta-Cache: HIT) foi de 0.4909 segundos. O tempo médio de carregamento com o Edge Caching foi de 0,2239 segundos, uma melhoria de 45,6% na velocidade, ou quase cortando o tempo de carregamento de HTML pela metade!
  • A diferença média do TTFB foi de 51% (0,4025 – 0,2069).

Resumo

Se você quer uma maneira de acelerar seu site, experimente o Edge Caching. Ele torna possível servir conteúdo em cache a partir de múltiplos centros de dados com o mínimo de configuração e sem a necessidade de plugins adicionais.