“Qual CDN deve usar para seu site WordPress, Kinsta ou Cloudflare?”. Essa é uma pergunta que é feita constantemente, especialmente por parte de novos usuários que acabaram de migrar para Kinsta. A resposta simples é que ambos satisfazem o que você pretende. Mas a resposta mais detalhada depende das prioridades do seu site, já que a nossa CDN e as ofertas da Cloudflare são na verdade bem diferentes.

Não se preocupe, veremos as vantagens e desvantagens de ambas abaixo, para que possa tomar uma decisão mais informada sobre qual deles funcionará melhor.

O que é uma CDN?

CDN é a abreviação de rede de entrega de conteúdo. Isso é o equivalente a uma rede de servidores (também conhecidos como POPs) estrategicamente localizados em todo o mundo. Eles foram desenhados para hospedar e entregar cópias do conteúdo estático do seu site WordPress, como imagens, CSS e JavaScript. Dependendo da CDN, podem também hospedar conteúdo dinâmico, como streaming de vídeos MP3s.

Kinsta CDN

Kinsta CDN

O principal objetivo de uma CDN é acelerar a apresentação de recursos do seu site WordPress. Eis algumas das coisas que permitem à CDN fazer isso.

Redução da Latência de Rede

Latência de rede diz respeito ao tempo e/ou atraso na transmissão de dados através de uma rede. Dito de outra forma, o tempo necessário para um pacote de dados ir de um ponto a outro. Quanto mais dados forem transmitidos, maior a latência e o tempo de carregamento.

Ao copiar seus ativos para as localizações de servidor (POPs) mais próximos do visitante, isso reduz bastante o tempo de latência da rede. Por exemplo, se o seu site estiver hospedado em um centro de dados no Iowa (EUA) e uma pessoa visitar seu site na Alemanha, os dados necessitariam de viajar milhares de quilômetros. Se estiver usando uma CDN, seus ativos são automaticamente entregues a partir de um local muito mais próximo, como um servidor CDN (POP) em Frankfurt, na Alemanha.

Redução do TTFB

TTFB significa tempo para o primeiro byte. Simplificando, é a mensuração do tempo que o navegador aguarda antes de receber seu primeiro byte de dados do servidor. Quanto mais tempo demora para obter esses dados, mais tempo é necessário para exibir sua página. Um erro comum é fazer esse cálculo após os tempos de pesquisa do DNS, contudo o cálculo original do TTFB na rede inclui sempre a latência da rede.

A CDN consegue reduzir o TTFB principalmente através do cache. O cache é o processo que permite armazenar recursos de uma solicitação e reutilizar esses mesmos recursos para solicitações posteriores. Basicamente, diminui o trabalho necessário para gerar uma visualização de página. O seu host WordPress usa o cache e o mesmo faz uma CDN. Quando os ativos são apresentados a partir do cache da CDN, eles carregam muito rápido para o visitante.

O TTFB do seu site pode variar dependendo da CDN que está usando, algo que abordaremos abaixo.

Mas antes de entrarmos em detalhes sobre as diferenças no TTFB, é importante entender os dois tipos diferentes de redes de distribuição de conteúdo utilizadas habitualmente pelos clientes no Kinsta:

    1. CDN Tradicional com Pull
    2. CDN com Proxy reverso/WAF

1. CDN Tradicional com Pull

A Kinsta CDN é uma CDN tradicional.

As CDN tradicionais com pull colocam em cache uma cópia de todo o seu conteúdo e multimédia, utilizando um subdomínio ou uma URL aleatória para apresentar os ativos, como por exemplo 123.kinstacdn.com. Quando alguém visita seu site WordPress, uma solicitação é primeiramente feita por parte do cliente para seu provedor de hospedagem e depois para a CDN, para encontrar todos os ativos.

domain.com [solicitação → host WordPress]
123.kinstacdn.com/image.png [solicitação → CDN]
123.kinstacdn.com/style.css [solicitação → CDN]
123.kinstacdn.com/scripts.js [solicitação → CDN]

2. Proxy Reverso/WAF CDN

O Cloudflare é uma CDN com proxy reverso/WAF.

Uma CDN com proxy reverso/WAF é ligeiramente diferente de uma CDN tradicional com pull. Apesar de continuar agindo como uma CDN, interceta todas as solicitações recebidas e atua como um servidor intermediário entre o cliente e seu host. Essa é uma das razões pelas quais você tem de mudar seus servidores de nomes e apontar seu DNS para eles. E, ao contrário de uma CDN tradicional, isso normalmente não necessita de um subdomínio ou URL aleatório.

domain.com [solicitação → proxy reverso/WAF CDN → host WordPress] 
domain.com/image.png [solicitação → proxy reverso/WAF CDN] 
domain.com/style.css [solicitação → proxy reverso/WAF CDN] 
domain.com/scripts.js [solicitação → proxy reverso/WAF CDN]

Como Fazer Corretamente um Teste de Velocidade em uma CDN

Antes de analisarmos em detalhe as vantagens e desvantagens da CDN da Kinsta e da CDN do Cloudflare, queremos compartilhar com você algumas dicas sobre a melhor forma de testar a velocidade de um CDN. Muita gente não faz isso corretamente e por isso, nunca conseguem identificar o desempenho real.

Você tem de fazer vários testes devido ao cache

É importante relembrar que CDN é rápida pelo fato de apresentar o seu conteúdo diretamente a partir do cache. Contudo, se acabou de adicionar uma CDN ao seu site ou limpou o cache talvez o conteúdo não esteja em cache quando você executar seu teste de velocidade pela primeira vez. O cache pode também ter expirado.

Muitos usuários executam um teste de velocidade apenas uma vez, o conteúdo pode não estar ainda no cache da CDN e por isso, parece que a CDN está tornando o site mais lento (ou não é identificada qualquer melhoria de desempenho). Nos nossos benchmarks de velocidade CDN, notámos que uma CDN pode realmente diminuir o tempo de carregamento em mais de 50% em alguns casos! Isso depende do local em que você está testando, mas, em qualquer circunstância, deverá notar melhorias de velocidade.

Como você pode identificar uma situação em que a sua CDN não está ainda apresentando o conteúdo a partir do cache? É fácil. Qualquer ferramenta de testes de velocidade mostra o que chamamos de cabeçalhos HTTP (conhecidos também como cabeçalhos de resposta). Esses contêm informações importantes sobre cada solicitação. No exemplo abaixo, usamos o Pingdom.

Quando você analisa seu site WordPress, deve prestar atenção para um dos seus ativos sendo carregando a partir da CDN. Isso pode ser uma imagem ou arquivo CSS/JS. Ao usar a CDN da Kinsta, procure o cabeçalho x-cache. Quando o cache não está sendo usado ainda, apresentará o valor MISS.

Cabeçalho HTTP MISS

Cabeçalho HTTP MISS

Para testar corretamente sua CDN, necessita de ter tudo carregado a partir do cache. Quando isso acontece, o valor do x-cache será HIT. Isso, por vezes, exige a execução do teste de velocidade várias vezes. Percebemos que, normalmente, são necessários dois ou três testes. Algumas ferramentas de teste de velocidade, como o Pingdom, também limitam o tempo entre cada teste (geralmente alguns minutos). Então pode ter que executar seu teste de velocidade, regressar mais tarde, executar ele novamente, etc.

Cabeçalho HTTP HIT

Cabeçalho HTTP HIT

Quando você está usando o Cloudflare, o cabeçalho HTTP é designado por cf-cache-status. Tudo o acima mencionado ainda se aplica, você vai querer executar os testes de velocidade várias vezes até chegar no HIT. Isso significa que ele está apresentado seus ativos do cache do Cloudflare.

cabeçalho HTTP cf-cache-status

cabeçalho HTTP cf-cache-status

A localização do seu teste é muito importante

A localização escolhida para o seu teste de velocidade é importante. A razão é que tudo isso está relacionado com o centro de dados onde seu site WordPress está hospedado. TTFB, latência de rede, tudo isso tem importância.

Então, teste seu site em um local próximo ao seu centro de dados e também em um local distante. Faça testes de velocidade sem a CDN e depois com a CDN. Isso também ajudará você a ver o impacto de uma CDN no seu site WordPress.

Qual é o melhor para o seu site WordPress, Kinsta CDN ou Cloudflare? 🤔 Vamos descobrir. Click to Tweet

Vantagens e Desvantagens da Kinsta CDN

Vejamos agora os prós e contras do CDN da Kinsta. Ela está incluída em todos os planos de hospedagem do WordPress na Kinsta.

Vantagens do CDN da Kinsta

A CDN da Kinsta é alimentada pela KeyCDN, uma CDN tradicional. Um dos principais motivos pelos quais recomendamos geralmente a CDN da Kinsta em vez do CDN do Cloudflare é que ela tem um TTFB muito baixo e não afeta a solicitação para o seu provedor de hospedagem. Você deve lembrar que o Cloudflare é uma CDN com proxy reverso/WAF, o que significa que fica entre seu site e o host. Isso adiciona uma sobrecarga, que provoca um maior TTFB. Você pode contornar isso com as regras do cache de páginas, mas isso nem sempre é simples, e falaremos sobre esse parte mais adiante.

Os recursos do CDN da Kinsta incluem HTTP/2, está habilitada para IPv6 e possui 35 locais ao redor do mundo para turbinar seus ativos. Apesar de o Cloudflare ter mais localizações, o TTFB muito baixo e a facilidade de utilização tornam a CDN da Kinsta uma escolha muito boa se quiser a opção mais rápida e fácil. Você pode ativar a CDN da Kinsta com dois simples passos. Não é necessário alterar servidores de nomes, não precisa abrir qualquer conta extra e nenhum plugin será instalado.

Passo 1

Para ativar a CDN da Kinsta, só precisa de entrar no Painel MyKinsta. Clique no seu site e depois no separador da CDN.

CDN do Kinsta

CDN do Kinsta

Passo 2

Depois clique em “Ativar”. Após alguns minutos, a CDN é automaticamente implementada e seus recursos serão apresentados a partir do cache em todo o mundo. É bem simples assim.

Ativar a CDN do Kinsta

Ativar a CDN do Kinsta

Desvantagens da CDN da Kinsta

O maior problema da CDN da Kinsta é que ele não é um proxy reverso/WAF. Porquê? Porque nem sempre faz um excelente trabalho no que diz respeito a filtrar bots ruins ou tráfego malicioso. Vale a pena lembrar que, em circunstâncias normais, esse tipo de tráfego atinge seu site diretamente, não seus recursos. Portanto, a utilização da CDN da Kinsta normalmente não ajuda a reduzir o tráfego ruim para o seu site. Isso significa que as visitas ao seu site mais elevadas do que se você usasse uma solução de proxy reverso/WAF, como o Cloudflare.

Nós não contabilizamos visitas de usuários reconhecidos como “bots” e fazemos o nosso melhor para filtrar eles dos nossos dados de análise. Contudo, os bots também são conhecidos por falsificar agentes de usuários, situação onde podem parecer legítimos nos nossos registros de acesso. Leia mais sobre a forma como contabilizamos as visitas.

Nós incluímos uma boa largura de banda para CDN em cada plano de hospedagem. Muitos dos nossos clientes jamais ultrapassam esse valor e, por isso, a CDN normalmente é gratuita. Contudo, se você exceder o valor, cobraremos US$0.10/GB. Apesar de isso ser muito barato, pode ser visto como uma desvantagem, já que pode não ser gratuito para você, dependendo do volume de tráfego que recebe e do tipo/tamanho de multimédia em seu site.

Vantagens e Desvantagens do Cloudflare CDN

Vejamos agora as vantagens e desvantagens do Cloudflare CDN.

Vantagens do Cloudflare CDN

O Cloudflare é excelente ao bloquear o tráfego ruim para o seu site. Eles fazem isso há muito tempo e têm dezenas de filtros/regras que pode usar. Se pretende manter suas visitas totais no seu plano de hospedagem Kinsta, usar o Cloudflare pode ser uma grande ajuda! É importante sublinhar que o plano gratuito do Cloudflare não inclui WAF (Web Application Firewall – Firewall de Aplicativos Web). Contudo, consegue ser uma proteção contra alguns tipos de tráfego ruim.

Se pretende manter suas visitas o mais baixo possível, recomendamos usar o plano Cloudflare Pro por US$20/mês, que inclui WAF. Isso diminuirá ainda mais a sua contabilização de visitas. O Cloudflare é ótimo para sites populares e de tráfego elevado que têm maior probabilidade de serem segmentados por bots, scrapers e rastreadores. Veja a diferença nos recursos do plano Cloudflare.

O Cloudflare é rápido e tem o número mais elevado de localizações de servidores (POPs) de qualquer provedor de CDN no mercado. A sua rede consiste em mais de 165 POPs.

Possuem também imensos recursos de desempenho e segurança que pode aproveitar. Um deles, o Cloudflare Railgun, é disponibilizado pela Kinsta como um complemento. Ele está disponível por US$100/mês/site. Isso garante que a conexão entre seu servidor de origem e a rede Cloudflare é o mais rápida possível. Está disponível para clientes com os planos Cloudflare Business ou Enterprise.

Desvantagens do Cloudflare CDN

Agora vejamos as desvantagens do Cloudflare CDN. A primeira é que precisa alterar seus servidores de nomes para apontarem diretamente para o Cloudflare, sendo que na CDN da Kinsta nenhuma alteração de DNS é necessária se o site já estiver hospedado com a gente.

O problema mais comum que os usuários enfrentam com o Cloudflare é que, por padrão, ele terá um TTFB mais alto. Vale a pena lembrar que o Cloudflare é um proxy reverso/WAF, que intercepta todas as solicitações recebidas e age como um servidor intermediário entre o cliente e seu host. Isso significa que ele afeta sua solicitação HTTP inicial, assim como seus recursos. O resultado disso é alguma sobrecarga. Você pode ver abaixo que o TTFB com o Cloudflare (conhecido também como tempo de espera) foi de 141.1 ms.

TTFB elevado com o Cloudflare

TTFB elevado com o Cloudflare

O TTFB é importante? Ele contribui para sua velocidade geral, então é importante sim. Agora, se você der uma olhada em um site usando a CDN da Kinsta, o TTFB na solicitação inicial é de apenas 33.1 ms. É preciso recordar que o CDN lida apenas com ativos, então esse pedido inicial é apresentado diretamente a partir dos servidores Kinsta.

Algumas pessoas podem dizer que o TTFB mais alto com o Cloudflare é insignificante, quando comparado com todas as coisas fantásticas que ele faz para proteger seu site WordPress.

TTFB do Kinsta

TTFB da Kinsta

Apesar de o TTFB com o Cloudflare ser maior, você pode diminuir seu TTFB com as regras de cache de página. Isso basicamente faz com que seu site WordPress seja executado inteiramente a partir do cache do CDN. De forma simples, ele replica o cache de página inteira que oferecemos na Kinsta.

Contudo, a desvantagem disso é que as regras de cache de página podem ser complexas. Você precisa saber exatamente aquilo que deve ser ou não colocado em cache. Coisas como comentários, barra de ferramentas de administração do WordPress, páginas de pagamento de eCommerce são coisas que você terá de configurar corretamente com as regras de cache de páginas.

Também não pode ignorar o cache quando é detectado um cookie, a menos que você esteja usando o plano do Cloudflare Business ou Enterprise. Você precisa lembrar que, na Kinsta, temos regras no nível do servidor para sites eCommerce a fim de ignorar automaticamente o cache quando os cookies woocommerce_items_in_cart ou cookie edd_items_in_cart são detetados, para garantir um processo de pagamento simples e sincronizado. Se implementar regras de cache de página inteira, também precisará configurar isso.

O plano gratuito do Cloudflare tem também apenas três regras de cache de páginas.

Ou seja, se configurar corretamente as regras, o processo é muito rápido. Veja abaixo, com o cache de página completo configurado no Cloudflare, o nosso TTFB ficou abaixo de 20 ms!

TTFB com a regra de cache de página inteira do Cloudflare

TTFB com a regra de cache de página inteira do Cloudflare

Se quiser aplicar a regra de cache de página inteira, recomendamos verificar esses tutoriais:

Se está confuso ou necessita de ajuda, recomendamos contratar um desenvolvedor WordPress para ajudar você.

Pode também encontrar esse aviso nas ferramentas de teste de velocidade quando seu site WordPress estiver no Cloudflare: “Apresente conteúdo estático de um domínio sem cookies”.

Você não pode desativar os cookies nos recursos do Cloudflare. O Cloudflare inclui seu próprio cookie de segurança no cabeçalho. Contudo, esses cookies são muito pequenos e as implicações de desempenho são mínimas. Mas, se usar o Cloudflare, não existe forma de contornar esse aviso. Não receberá esse aviso ao usar o CDN da Kinsta.

Quando usa o Cloudflare, também poderá querer instalar o plugin WordPress. Isso permite fazer a limpeza automática de cache quando publica novo conteúdo. Caso contrário, teria de entrar no painel do Cloudflare para limpar manualmente o cache ou aguardar a expiração dele. Na Kinsta, o cache é eliminado automaticamente quando você faz novas publicações.

É também importante observar que o plano Cloudflare CDN gratuito é de fato mais lento em algumas partes do mundo.

Qual CDN Deve Usar?

Esperamos que agora saiba um pouco mais sobre o CDN da Kinsta e o CDN do Cloudflare, ficando com uma melhor ideia sobre qual deles funcionará mais adequadamente para o seu site. Uma vez mais, ambas são boas opções. Nós temos muitos clientes que estão usando as duas. Recapitulando:

CDN da Kinsta

  • Tem um TTFB muito baixo e é bastante rápido. Se procura um melhor desempenho, recomendamos o CDN da Kinsta.
  • Fácil de usar, pode ser configurado em segundos. Não é necessária qualquer alteração de servidores de nomes, nem precisa de se preocupar com as regras de armazenamento em cache da página.
  • Normalmente é grátis. Se ultrapassar a largura de banda incluída, continua sendo muito barato.
  • Não faz um ótimo trabalho na filtragem de bots ruins ou tráfego malicioso.

CDN da Cloudflare

  • É uma excelente solução para bloquear tráfego ruim. Isso pode ajudar você a manter sua contabilização de visitas reduzida no plano de hospedagem da Kinsta. Recomendamos sempre o plano Cloudflare Pro, que inclui o WAF completo.
  • Tendo em conta que o CDN do Cloudflare é um proxy reverso/WAF, apresenta um TTFB mais alto devido a uma sobrecarga extra.
  • É possível diminuir o TTFB, mas isso exige regras de página. Dependendo da complexidade do site, pode ser complicado configurar e até mesmo exigir um plano Cloudflare maior.
  • O plano gratuito do Cloudflare é mais lento em algumas regiões.
  • É necessário um plugin WordPress se quiser garantir a funcionalidade adequada, como a limpeza automática ao publicar novos conteúdos.
  • Você necessita alterar seus servidores de nomes para apontar o DNS para o Cloudflare.

Se acha que deixámos algo de fora, por favor escreva um comentário abaixo.

5
Shares